Vacina contra a Hepatite B (Recombinante) - Informações

A vacina contra Hepatite B (recombinante) é uma solução do antígeno da superfície da Hepatite B usada para imunizar pacientes contra a doença. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Vacina contra a Hepatite B (Recombinante), como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Vacina contra a Hepatite B (Recombinante):

  • Nome: Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)
  • Nome em Inglês: Hepatitis B Vaccine (Recombinant)
  • Nome Genérico: Hepatitis B Vaccine (Recombinant)
  • Tipo: Biotech
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Vacina contra hepatite B (recombinante)
  • Fórmula molecular: Não aplicável
  • Peso molecular: Não aplicável
  • Classe terapêutica: Vacina
  • Mecanismo de ação: Estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos contra o vírus da hepatite B
  • Forma de administração: Injeção intramuscular

Vacina contra a Hepatite B (Recombinante) - História, Descoberta e Origem

A vacina contra a Hepatite B (Recombinante) é uma vacina desenvolvida para prevenir a infecção pelo vírus da Hepatite B, uma doença viral que afeta o fígado e pode levar a problemas graves de saúde, como cirrose e câncer hepático.

A Hepatite B é uma doença infecciosa que pode ser transmitida através do contato com sangue, sêmen, fluidos vaginais e outros fluidos corporais de uma pessoa infectada. Ela também pode ser transmitida de mãe para filho durante a gravidez ou parto.

A história da vacina contra a Hepatite B começa na década de 1960, quando o vírus foi descoberto e identificado como o causador da doença. Na época, não havia nenhum tratamento eficaz para a Hepatite B e a doença era considerada um grande problema de saúde pública.

Em 1981, o vírus da Hepatite B foi isolado e os cientistas começaram a trabalhar no desenvolvimento de uma vacina. Em 1986, a primeira vacina contra a Hepatite B foi aprovada e começou a ser utilizada em alguns países. No entanto, essa vacina era produzida a partir do sangue de pessoas infectadas pelo vírus e, por isso, havia o risco de transmissão de outras doenças, como o HIV.

Foi apenas em 1986, que a vacina contra a Hepatite B recombinante foi desenvolvida. Essa vacina é produzida a partir de uma proteína do vírus da Hepatite B, chamada antígeno de superfície da Hepatite B (HBsAg), que é inserida em uma levedura geneticamente modificada para produzir a proteína. Isso torna a vacina mais segura, pois não há risco de transmissão de outras doenças.

A vacina contra a Hepatite B recombinante é administrada em três doses, sendo a primeira ao nascimento, a segunda após um mês e a terceira após seis meses. Ela pode ser aplicada em pessoas de todas as idades, incluindo recém-nascidos, crianças, adultos e idosos.

Desde a sua criação, a vacina contra a Hepatite B recombinante tem sido amplamente utilizada em todo o mundo, contribuindo para a redução significativa da incidência da doença. Ela é considerada uma das vacinas mais eficazes já desenvolvidas, com uma taxa de eficácia de cerca de 95%.

No Brasil, a vacina contra a Hepatite B recombinante é oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é recomendada para todas as crianças e adolescentes, além de grupos de risco, como profissionais de saúde, pessoas que vivem com HIV, usuários de drogas injetáveis, entre outros.

Portanto, a vacina contra a Hepatite B recombinante é uma importante ferramenta de prevenção contra uma doença grave e deve ser valorizada e utilizada por toda a população.

Indicações de uso - Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Vacina contra a Hepatite B (Recombinante):

  • Previne a infecção pelo vírus da Hepatite B
  • Protege contra o desenvolvimento de doenças hepáticas crônicas
  • É recomendada para crianças e adultos
  • Pode ser administrada em conjunto com outras vacinas
  • É aplicada em três doses, com intervalo entre elas
  • Pode ser utilizada como medida preventiva em situações de risco, como em profissionais da saúde e em pessoas que viajam para áreas de alta endemicidade
  • Não possui contraindicações importantes, sendo segura para a maioria das pessoas
  • É disponibilizada gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS)
  • Pode ser encontrada em clínicas particulares de vacinação

Efeitos Colaterais - Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)

  • Dor no local da aplicação
  • Vermelhidão ou inchaço no local da aplicação
  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Náusea
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Perda de apetite
  • Dor muscular
  • Rigidez nas articulações
  • Tontura
  • Reações alérgicas (como urticária, inchaço na garganta ou dificuldade para respirar)
  • Reações neurológicas (como convulsões ou encefalopatia)
  • Reações autoimunes (como artrite ou lúpus)
  • Reações hematológicas (como anemia ou trombocitopenia)
  • Reações hepáticas (como hepatite)
  • Reações renais (como glomerulonefrite)

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Vacina contra a Hepatite B (Recombinante) não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)?

  • Não deve ser administrada em pessoas que já tiveram reações alérgicas graves a doses anteriores da vacina ou a algum componente da fórmula.
  • Pessoas com febre aguda devem adiar a vacinação até a recuperação completa.
  • Em caso de doenças crônicas ou imunossupressão, é importante consultar o médico antes de receber a vacina.
  • Gestantes devem avaliar os riscos e benefícios da vacinação com o médico antes de receber a vacina.
  • Em caso de reação alérgica grave após a administração da primeira dose, não deve ser aplicada a segunda dose da vacina.

Como Usar Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)

A vacina contra Hepatite B (Recombinante) é administrada por injeção intramuscular. Geralmente, são administradas três doses da vacina, com a segunda dose sendo aplicada um mês após a primeira e a terceira dose sendo aplicada seis meses após a primeira dose. Certifique-se de seguir as instruções do seu médico ou profissional de saúde para obter orientações específicas sobre como utilizar a vacina.

Média de Preço do Vacina contra a Hepatite B (Recombinante) - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Vacina contra a Hepatite B (Recombinante) em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 100,00
  • EUA: $40,00
  • Euro: €35,00

Os preços do Vacina contra a Hepatite B (Recombinante) podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Vacina contra a Hepatite B (Recombinante)?

A vacina contra Hepatite B (recombinante) é uma solução do antígeno da superfície da Hepatite B usada para imunizar pacientes contra a doença.

As informações do Vacina contra a Hepatite B (Recombinante) são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese