Uridina - Informações

Uridina é um medicamento utilizado para tratar déficits neuropsiquiátricos associados a doenças cerebrovasculares em combinação com citidina. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Uridina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Uridina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Uridina:

  • Nome: Uridina
  • Nome em Inglês: Uridine
  • Nome Genérico:
  • Tipo: Experimental, Investigational
  • Fórmula Química: C9H12N2O6

Informações Avançadas:

  • Nome químico: 5-ribofuranosil-pyrimidin-2,4(1H,3H)-diona
  • Formula molecular: C9H12N2O6
  • Peso molecular: 244.20 g/mol
  • Classe terapêutica: Nutracêutico
  • Mecanismo de ação: Modulação de neurotransmissores
  • Forma de administração: Oral, intravenosa

Uridina - História, Descoberta e Origem

A uridina é um nucleosídeo composto por uma molécula de ribose ligada a uma base nitrogenada chamada uracila. Ela é encontrada em todas as células do corpo e é essencial para diversas funções biológicas.

A origem da uridina pode ser traçada até a descoberta da ribose, em 1905, por um químico alemão chamado Emil Fischer. Ele isolou a ribose a partir do ácido ribonucleico (RNA) e, posteriormente, outros cientistas descobriram que ela também estava presente no ácido desoxirribonucleico (DNA).

A uridina foi descoberta em 1902 pelo bioquímico alemão Albrecht Kossel. Ele notou que, ao hidrolisar o RNA, obtinha-se uma substância que ele chamou de "uracil ribosídeo". Mais tarde, em 1928, o bioquímico britânico Alexander Todd isolou a uridina e identificou sua estrutura química.

Desde então, a uridina tem sido objeto de muitos estudos e pesquisas. Ela é um componente fundamental do RNA, um dos ácidos nucleicos responsáveis pela transmissão de informações genéticas e pela síntese de proteínas. Além disso, a uridina também está presente em outras moléculas importantes, como o ácido uridínico, que é um intermediário na síntese de nucleotídeos e nucleosídeos.

A uridina também desempenha um papel importante no metabolismo energético. Ela é um componente do trifosfato de uridina (UTP), que é uma fonte de energia para diversas reações celulares. Além disso, a uridina também está envolvida na síntese de fosfolipídios, que são componentes essenciais das membranas celulares.

Além de suas funções biológicas, a uridina também tem propriedades terapêuticas. Ela é usada no tratamento de certas doenças, como a anemia megaloblástica, que é causada por uma deficiência de ácido fólico e vitamina B12. A uridina também pode ser usada para tratar distúrbios do sistema nervoso central, como a epilepsia e a doença de Parkinson.

Em resumo, a uridina é um componente essencial para o funcionamento do organismo humano. Sua descoberta e estudos ao longo dos anos têm contribuído para o avanço da ciência e para o desenvolvimento de novos tratamentos médicos.

Indicações de uso - Uridina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Uridina:

  • É um nucleotídeo essencial para a síntese de RNA
  • Atua no metabolismo das células nervosas, ajudando na formação de novas sinapses e na plasticidade cerebral
  • Auxilia na formação de membranas celulares
  • Pode ser utilizado como suplemento alimentar para melhorar a função cognitiva e a memória
  • Pode ser utilizado no tratamento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson
  • Também pode ser usado em terapias de reposição de nucleotídeos em casos de deficiência genética
  • Pode ser encontrado em alimentos como carnes, ovos, cogumelos e leite

Efeitos Colaterais - Uridina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Uridina

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Tontura
  • Fadiga
  • Insônia
  • Ansiedade
  • Perda de apetite
  • Diarreia
  • Prisão de ventre
  • Erupções cutâneas
  • Coceira
  • Dificuldade para respirar
  • Inchaço no rosto, língua ou garganta
  • Dificuldade para engolir
  • Batimentos cardíacos irregulares
  • Pressão arterial baixa

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Uridina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Uridina?

  • Não é recomendado para pessoas que sofrem de epilepsia ou convulsões;
  • Pode causar insônia em algumas pessoas;
  • Pode causar irritação estomacal em pessoas sensíveis;
  • Não é recomendado para mulheres grávidas ou lactantes;

Como Usar Uridina

A uridina é um nucleosídeo que pode ser consumido como suplemento dietético para proporcionar benefícios cognitivos e de saúde. Por favor, consulte um profissional de saúde antes de consumir uridina em forma de suplemento. Não exceda a dose recomendada e siga as instruções do fabricante do produto.

Média de Preço do Uridina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Uridina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 70,00
  • EUA: $15,00
  • Euro: €12,00

Os preços do Uridina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Uridina?

Uridina é um medicamento utilizado para tratar déficits neuropsiquiátricos associados a doenças cerebrovasculares em combinação com citidina.

As informações do Uridina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese