Ublituximabe - Informações

Ublituximab é um anticorpo monoclonal CD20 direcionado para baixa-fucose usado no tratamento de formas recorrentes de esclerose múltipla. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Ublituximabe, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Ublituximabe

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Ublituximabe:

  • Nome: Ublituximabe
  • Nome em Inglês: Ublituximab
  • Nome Genérico: Ublituximab
  • Tipo: Biotech
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Obexelimab
  • Formula molecular: C6502H10080N1718O2038S46
  • Peso molecular: 146.3 kDa
  • Classe terapêutica: Imunossupressor
  • Mecanismo de ação: Inibidor da resposta imune mediada por células B
  • Forma de administração: Intravenosa

Ublituximabe - História, Descoberta e Origem

O ublituximabe é um medicamento utilizado no tratamento de doenças autoimunes, principalmente a esclerose múltipla.

Sua história começa em 1996, quando pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, começaram a estudar uma proteína encontrada em células B, que são responsáveis por produzir anticorpos no nosso organismo.

Essa proteína, chamada CD20, foi descoberta em células de pacientes com leucemia linfocítica crônica e logo se tornou alvo de estudos para o desenvolvimento de medicamentos para doenças autoimunes, como a esclerose múltipla.

Foi então que, em 2000, a empresa biotecnológica Genentech desenvolveu o ublituximabe, um anticorpo monoclonal que se liga à proteína CD20 presente nas células B, destruindo-as e reduzindo a produção de anticorpos que atacam o próprio organismo.

O ublituximabe foi aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration) em 2008 para o tratamento de linfoma não-Hodgkin, uma forma de câncer que afeta as células B. Porém, logo se mostrou eficaz também no tratamento de doenças autoimunes, como a esclerose múltipla.

Atualmente, o ublituximabe é comercializado sob o nome de marca Ubrelvyx, e é utilizado para tratar a esclerose múltipla recorrente-remitente, uma forma da doença em que os sintomas aparecem em surtos e períodos de remissão.

Apesar de ainda ser uma opção relativamente nova no tratamento da esclerose múltipla, o ublituximabe tem se mostrado eficaz e seguro, podendo ser administrado por via intravenosa a cada seis meses.

Com o avanço das pesquisas e o desenvolvimento de novos medicamentos, a expectativa é que o ublituximabe continue sendo aprimorado e utilizado no tratamento de outras doenças autoimunes, proporcionando uma melhor qualidade de vida para os pacientes.

Indicações de uso - Ublituximabe

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Ublituximabe:

  • Tratamento de leucemia linfocítica crônica
  • Tratamento de linfomas não Hodgkin
  • Tratamento de artrite reumatoide
  • Tratamento de esclerose múltipla
  • Tratamento de púrpura trombocitopênica idiopática
  • Tratamento de doença do enxerto contra hospedeiro
  • Tratamento de doenças autoimunes
  • Indicado para pacientes que não responderam a outros tratamentos
  • Pode ser utilizado em combinação com outros medicamentos

Efeitos Colaterais - Ublituximabe

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Ublituximabe

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Fadiga
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Dor abdominal
  • Dor nas costas
  • Dor muscular
  • Tontura
  • Insônia
  • Febre
  • Calafrios
  • Perda de apetite
  • Erupção cutânea
  • Coceira
  • Reações no local da injeção
  • Infecções respiratórias
  • Infecções urinárias
  • Infecções do trato respiratório superior
  • Infecções do trato urinário
  • Infecções do trato gastrointestinal
  • Aumento do risco de infecções
  • Reações alérgicas
  • Dificuldade de respirar
  • Inchaço no rosto, língua ou garganta
  • Dor no peito
  • Desmaio
  • Confusão mental
  • Alterações na visão
  • Alterações no ritmo cardíaco
  • Insuficiência cardíaca
  • Problemas renais
  • Problemas hepáticos
  • Problemas no sistema nervoso central
  • Problemas no sistema imunológico

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Ublituximabe não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Ublituximabe?

  • Reações alérgicas graves, incluindo anafilaxia
  • Infecções graves, incluindo pneumonia, septicemia e infecções oportunistas
  • Doenças cardíacas, incluindo insuficiência cardíaca e arritmias
  • Reativação de vírus latentes, como herpes zoster e hepatite B
  • Distúrbios hematológicos, como anemia, leucopenia e trombocitopenia
  • Distúrbios pulmonares, como pneumonite e fibrose pulmonar
  • Distúrbios renais, como insuficiência renal e síndrome nefrótica
  • Distúrbios oculares, como uveíte e conjuntivite
  • Distúrbios endócrinos, como hipotireoidismo e hipertireoidismo
  • Distúrbios gastrointestinais, como diarreia e náuseas
  • Distúrbios neurológicos, como encefalite e neuropatia periférica
  • Distúrbios cutâneos, como rash e dermatite
  • Gravidez e amamentação
  • Uso concomitante com outras terapias imunossupressoras

Como Usar Ublituximabe

Ublituximab é um medicamento utilizado para o tratamento de certos tipos de câncer, como leucemia linfocítica crônica. Ele é administrado por via intravenosa, geralmente em um ambiente hospitalar ou clínica médica especializada. O medicamento funciona como um anticorpo monoclonal, que se liga a proteínas específicas nas células cancerígenas e as destrói, ajudando assim a diminuir o crescimento do tumor e a reduzir os sintomas da doença. O médico determinará a dosagem e o protocolo de administração adequados para cada paciente, com base em fatores como o tipo e estágio do câncer, a resposta individual do paciente e possíveis efeitos colaterais. O tratamento com ublituximab pode ser combinado com outras terapias, tais como quimioterapia, imunoterapia ou terapia alvo, como parte de um plano de tratamento individualizado. É importante seguir rigorosamente as instruções do médico para a administração do medicamento e estar atento a possíveis efeitos colaterais, informando ao profissional de saúde sobre qualquer alteração na saúde durante o tratamento.

Média de Preço do Ublituximabe - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Ublituximabe em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 7.000,00
  • EUA: $12,000.00
  • Euro: €10,000.00

Os preços do Ublituximabe podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Ublituximabe?

Ublituximab é um anticorpo monoclonal CD20 direcionado para baixa-fucose usado no tratamento de formas recorrentes de esclerose múltipla.

As informações do Ublituximabe são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese