Tesamorelina - Informações

O Tesamorelin é um análogo do fator liberador de hormônio de crescimento (GRF) usado para reduzir o excesso de gordura abdominal em pacientes com HIV que desenvolveram lipodistrofia. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Tesamorelina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Tesamorelina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Tesamorelina:

  • Nome: Tesamorelina
  • Nome em Inglês: Tesamorelin
  • Nome Genérico: Tesamorelin
  • Tipo: Biotech
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Tesamorelin
  • Formula molecular: C211H366N72O67S1
  • Peso molecular: 5135.89 g/mol
  • Classe terapêutica: Peptídeo
  • Mecanismo da ação: Estimulação do hormônio do crescimento
  • Forma de administração: Injeção subcutânea

Tesamorelina - História, Descoberta e Origem

Tesamorelina é um hormônio sintético que atua como um agonista do hormônio liberador de gonadotropina (GnRH). Ela é usada principalmente para tratar a puberdade precoce central em crianças e para estimular a produção de hormônios sexuais em mulheres com infertilidade.

A história da tesamorelina começa na década de 1970, quando os pesquisadores descobriram que o hormônio liberador de gonadotropina (GnRH) poderia ser usado para tratar a puberdade precoce central, um distúrbio hormonal que faz com que as crianças atinjam a puberdade muito cedo. No entanto, o uso do GnRH na forma pura apresentava alguns efeitos colaterais, como a supressão da produção de hormônios sexuais e a interrupção do crescimento ósseo.

Em meados da década de 1980, os pesquisadores começaram a desenvolver análogos do GnRH, que são compostos químicos semelhantes ao hormônio natural, mas com uma ação mais prolongada e específica. Foi nesse contexto que a tesamorelina foi criada. Ela é derivada do GnRH e possui uma estrutura química semelhante, mas com algumas modificações que a tornam mais estável e eficaz.

Em 2003, a tesamorelina foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos para o tratamento da puberdade precoce central em crianças. Desde então, tem sido amplamente utilizada em todo o mundo para esse fim. Mais recentemente, a tesamorelina também tem sido utilizada para estimular a produção de hormônios sexuais em mulheres com infertilidade, especialmente em casos de síndrome dos ovários policísticos (SOP).

Além disso, a tesamorelina tem sido estudada em ensaios clínicos para outras condições, como a síndrome de Turner, que é uma condição genética que afeta o desenvolvimento sexual em mulheres, e a lipodistrofia, um distúrbio metabólico que resulta em uma distribuição anormal de gordura no corpo.

Em resumo, a tesamorelina é um hormônio sintético que tem sido amplamente utilizado para tratar a puberdade precoce central em crianças e para estimular a produção de hormônios sexuais em mulheres com infertilidade. Seu desenvolvimento foi um marco importante no tratamento dessas condições e continua sendo uma área de pesquisa ativa para outras possíveis aplicações.

Indicações de uso - Tesamorelina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Tesamorelina:

  • Aumentar a produção de hormônio do crescimento em indivíduos com deficiência deste hormônio
  • Tratar a puberdade precoce central em crianças
  • Melhorar a massa muscular e a densidade óssea em pacientes com sarcopenia
  • Auxiliar no tratamento de doenças relacionadas ao envelhecimento, como osteoporose e sarcopenia
  • Indicado para pacientes com HIV que apresentam perda de massa muscular
  • Pode ser utilizado como terapia de reposição hormonal em mulheres na menopausa
  • Auxilia na regulação do metabolismo e no controle do peso
  • Pode ser utilizado como tratamento para distúrbios do sono, como a apneia do sono
  • Pode ser indicado para melhorar a fertilidade em mulheres com problemas de ovulação
  • Pode ser utilizado como coadjuvante no tratamento de transtornos psicológicos, como a depressão e a ansiedade

Efeitos Colaterais - Tesamorelina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Tesamorelina

  • Aumento da frequência cardíaca
  • Pressão arterial elevada
  • Tonturas
  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Inchaço nos braços e pernas
  • Dor muscular
  • Sensação de calor ou rubor facial
  • Alterações no humor
  • Insônia
  • Erupções cutâneas
  • Coceira
  • Reações no local da injeção

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Tesamorelina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Tesamorelina?

  • Não deve ser utilizado por pessoas com hipersensibilidade à tesamorelina ou a qualquer outro componente da fórmula;
  • Não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que estejam amamentando;
  • Não é recomendado para crianças e adolescentes menores de 18 anos;
  • Pacientes com histórico de câncer de mama, próstata ou outros tipos de câncer hormônio-dependentes devem evitar o uso deste medicamento;
  • Pacientes com doenças cardíacas, renais ou hepáticas graves devem evitar o uso deste medicamento;
  • Pessoas com distúrbios hormonais ou endócrinos devem consultar um médico antes de utilizar a tesamorelina;
  • Pacientes com histórico de convulsões devem evitar o uso deste medicamento;
  • Pessoas com hipertensão arterial ou diabetes devem ser monitoradas de perto durante o uso da tesamorelina;
  • O uso concomitante com outros medicamentos que afetam o sistema endócrino deve ser evitado, pois pode causar interações e efeitos adversos;
  • O uso prolongado da tesamorelina pode aumentar o risco de desenvolvimento de diabetes ou complicações relacionadas à doença;
  • Pessoas com histórico de problemas psiquiátricos devem ser monitoradas de perto durante o uso deste medicamento;
  • O uso da tesamorelina pode interferir nos resultados de exames laboratoriais, por isso é importante informar ao médico antes de realizar qualquer tipo de teste;
  • Pessoas com histórico de alergias devem ser cuidadosamente monitoradas durante o uso deste medicamento;

Como Usar Tesamorelina

A tesamorelina é um peptídeo sintético que é administrado por injeção subcutânea. Siga sempre as instruções do seu médico ou profissional de saúde quanto à dosagem, frequência e forma de administração. Não faça alterações no uso da tesamorelina sem consultar primeiro o seu médico.

Média de Preço do Tesamorelina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Tesamorelina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 750,00
  • EUA: US$ 300,00
  • Euro: €270,00

Os preços do Tesamorelina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Tesamorelina?

O Tesamorelin é um análogo do fator liberador de hormônio de crescimento (GRF) usado para reduzir o excesso de gordura abdominal em pacientes com HIV que desenvolveram lipodistrofia.

As informações do Tesamorelina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese