Terlipressina - Informações

O Terlipressin é um medicamento utilizado para tratar sangramentos causados por varizes esofágicas. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Terlipressina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Terlipressina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Terlipressina:

  • Nome: Terlipressina
  • Nome em Inglês: Terlipressin
  • Nome Genérico: Terlipressin
  • Tipo: Biotech
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Terlipressin
  • Fórmula molecular: C52H74N16O15S2
  • Peso molecular: 1227.37 g/mol
  • Classe terapêutica: Vasopressina sintética
  • Mecanismo de ação: Agonista do receptor de vasopressina
  • Forma de administração: Injeção intravenosa

Terlipressina - História, Descoberta e Origem

A terlipressina é um medicamento que pertence à classe dos vasopressores, ou seja, é capaz de aumentar a pressão sanguínea ao contrair os vasos sanguíneos. Ele é utilizado principalmente para tratar casos de hipotensão (pressão arterial baixa) e choque séptico (infecção generalizada). A história da terlipressina começa na década de 1930, quando os pesquisadores descobriram que a vasopressina, um hormônio produzido pelo hipotálamo, tinha propriedades vasoconstritoras. Isso significa que ela era capaz de contrair os vasos sanguíneos e aumentar a pressão arterial. No entanto, a vasopressina possuía uma duração de ação muito curta, o que limitava seu uso como medicamento. Em 1958, pesquisadores conseguiram sintetizar uma versão sintética da vasopressina, que foi chamada de 8-lisina vasopressina. Essa nova substância apresentava uma duração de ação maior e era mais potente do que a vasopressina natural. No entanto, ainda era necessário encontrar uma forma de prolongar ainda mais sua ação para que pudesse ser utilizada com mais eficácia no tratamento de condições como a hipotensão. Foi somente em 1975 que a terlipressina foi desenvolvida. Ela é uma forma modificada da 8-lisina vasopressina, com uma cadeia lateral de lisina adicionada. Essa modificação permitiu que a terlipressina tivesse uma duração de ação ainda maior, chegando a até 6 horas, o que a tornou uma opção mais viável para o tratamento de condições que exigem o aumento da pressão arterial. A terlipressina é administrada por via intravenosa e atua estimulando os receptores de vasopressina nos vasos sanguíneos, causando sua contração. Isso resulta em um aumento da pressão arterial e melhora do fluxo sanguíneo para os órgãos vitais. Além disso, ela também pode ser utilizada no tratamento de sangramentos gastrointestinais, pois sua ação vasoconstritora ajuda a reduzir o fluxo de sangue para a região afetada. Apesar de ser um medicamento eficaz, a terlipressina pode causar alguns efeitos colaterais, como náuseas, vômitos, dor abdominal e alterações no ritmo cardíaco. Por isso, seu uso deve ser sempre acompanhado por um profissional de saúde e sua dose deve ser individualizada para cada paciente. Em resumo, a terlipressina é um medicamento importante para o tratamento de condições que exigem o aumento da pressão arterial. Sua história e desenvolvimento mostram como a ciência e a pesquisa médica estão em constante evolução, buscando sempre novas formas de tratar e melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Indicações de uso - Terlipressina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Terlipressina:

  • Medicamento utilizado para tratar hipotensão grave e choque
  • Indicado para pacientes com síndrome hepatorenal tipo 1
  • Pode ser usado em casos de hemorragia digestiva alta
  • Pode ser utilizado em pacientes com sepse
  • Ajuda a aumentar a pressão arterial e a circulação sanguínea
  • Reduz a pressão dentro dos vasos sanguíneos no abdômen
  • Pode ser administrado por via intravenosa ou intra-arterial
  • Deve ser utilizado com cautela em pacientes com problemas cardíacos
  • Pode causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos e dor abdominal
  • Deve ser utilizado apenas sob prescrição médica e com acompanhamento adequado

Efeitos Colaterais - Terlipressina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Terlipressina

  • Taquicardia
  • Hipertensão
  • Náusea
  • Vômito
  • Dor de cabeça
  • Dor no peito
  • Fraqueza
  • Insônia
  • Ansiedade
  • Palpitações

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Terlipressina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Terlipressina?

  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipersensibilidade à terlipressina ou a qualquer outro componente da fórmula.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com infarto do miocárdio recente ou em pacientes com doença vascular coronariana.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipertensão arterial grave ou não controlada.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com doença vascular cerebral.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com doença renal ou hepática grave.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com glaucoma de ângulo fechado.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com feocromocitoma.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipertireoidismo não controlado.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com diabetes mellitus não controlado.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com insuficiência cardíaca congestiva descompensada.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com síndrome do desconforto respiratório agudo.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com distúrbios hemorrágicos.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com tromboflebite.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com aneurisma cerebral ou dissecção aórtica.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipovolemia grave.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipotensão arterial.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipertensão intracraniana.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com doenças do sistema nervoso central.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com doenças pulmonares graves.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com história de alergia a medicamentos semelhantes à terlipressina.

Como Usar Terlipressina

É importante seguir as instruções do seu médico ao usar terlipressina. Geralmente, este medicamento é administrado por injeção, e a dosagem e a frequência devem ser seguidas conforme prescrito. Certifique-se de ler e entender as informações fornecidas na bula do medicamento e seguir as orientações do seu médico ou profissional de saúde.

Média de Preço do Terlipressina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Terlipressina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil - R$ 400,00
  • EUA - $100,00
  • Euro - €90,00

Os preços do Terlipressina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Terlipressina?

O Terlipressin é um medicamento utilizado para tratar sangramentos causados por varizes esofágicas.

As informações do Terlipressina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese