Temozolomida - Informações

O temozolomide é um agente alquilante usado para tratar o glioblastoma multiforme e o astrocitoma anaplásico refratário. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Temozolomida, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Temozolomida

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Temozolomida:

  • Nome: Temozolomida
  • Nome em Inglês: Temozolomide
  • Nome Genérico: Temozolomide
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C6H6N6O2

Informações Avançadas:

  • Nome químico: 3-Methyl-(triazen-1-yl)imidazole-4-carboxamide
  • Formula molecular: C6H6N6O2
  • Peso molecular: 194.15 g/mol
  • Classe terapêutica: Agente alquilante
  • Mecanismo de ação: Inibe a síntese de DNA por metilação
  • Forma de administração: Administração oral ou intravenosa

Temozolomida - História, Descoberta e Origem

A temozolomida é um medicamento utilizado no tratamento de câncer, especificamente em tumores cerebrais malignos como o glioblastoma multiforme e o astrocitoma anaplásico. Foi desenvolvida na década de 1980, mas só foi aprovada para uso clínico em 1999.

A origem da temozolomida está relacionada com a descoberta do composto ativo dacarbazina, que também é utilizado no tratamento de câncer. A dacarbazina foi descoberta em 1964 pela empresa farmacêutica alemã Hoffmann-La Roche, e foi aprovada para uso clínico em 1975.

Em 1980, pesquisadores da mesma empresa realizaram modificações na molécula da dacarbazina, resultando em um novo composto: a temozolomida. Diferente de seu precursor, a temozolomida é capaz de atravessar a barreira hematoencefálica, que protege o sistema nervoso central, e atingir o tumor cerebral.

Após anos de estudos e testes clínicos, a temozolomida foi aprovada para uso clínico em 1999, inicialmente para tratamento de tumores cerebrais em adultos. Posteriormente, em 2005, foi aprovada também para uso pediátrico.

Hoje, a temozolomida é considerada um dos principais tratamentos para câncer cerebral, sendo utilizada em combinação com outros medicamentos e terapias para aumentar sua eficácia. Seu mecanismo de ação envolve a inibição do crescimento e proliferação de células tumorais, induzindo a morte dessas células.

Apesar de ser um medicamento eficaz, a temozolomida pode causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos, fadiga, queda de cabelo e diminuição da contagem de glóbulos brancos. Por isso, seu uso deve ser sempre acompanhado por um médico especialista e os pacientes devem ser monitorados de perto durante o tratamento.

Em resumo, a temozolomida é um medicamento que surgiu a partir de pesquisas e modificações em uma droga já existente, e hoje é um importante tratamento para câncer cerebral, oferecendo esperança e melhor qualidade de vida para os pacientes que enfrentam essa doença tão grave.

Indicações de uso - Temozolomida

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Temozolomida:

  • Tratamento de câncer cerebral, como glioblastoma multiforme e astrocitoma anaplásico
  • Pode ser utilizado sozinho ou em combinação com outros medicamentos
  • Ação citotóxica, ou seja, destrói células cancerígenas
  • É um quimioterápico oral, o que facilita o tratamento para o paciente
  • Pode ser utilizado em adultos e crianças
  • Indicado para pacientes que já passaram por cirurgia e radioterapia, mas ainda apresentam tumores cerebrais ativos
  • Uso restrito e controlado, pois pode causar efeitos colaterais graves, como supressão da medula óssea e danos ao fígado
  • É um medicamento de alta tecnologia, com ação específica no DNA das células cancerígenas
  • Pode ser utilizado em conjunto com terapias alternativas, como a imunoterapia
  • Possui protocolos de tratamento estabelecidos, que são seguidos pelos médicos para garantir a eficácia e segurança do uso

Efeitos Colaterais - Temozolomida

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Temozolomida

  • Náusea
  • Vômito
  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Perda de apetite
  • Constipação
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Dor nas articulações
  • Alterações na visão
  • Tontura
  • Insônia
  • Confusão mental
  • Mudanças de humor
  • Aumento da sensibilidade à luz
  • Perda de cabelo
  • Alterações na pressão arterial
  • Diminuição da contagem de células sanguíneas
  • Sangramento ou hematomas incomuns

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Temozolomida não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Temozolomida?

  • Não deve ser usado em pacientes com hipersensibilidade conhecida ao Temozolomida ou a qualquer componente da fórmula.
  • Pode causar danos ao feto em mulheres grávidas.
  • Não deve ser utilizado durante a amamentação, pois pode ser excretado no leite materno e causar danos ao bebê.
  • Pacientes com distúrbios sanguíneos, como baixa contagem de plaquetas ou glóbulos brancos, devem evitar o uso deste medicamento.
  • Pode aumentar o risco de infecções, por isso não deve ser usado em pacientes com infecções ativas.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com problemas renais ou hepáticos graves.
  • Pode interagir com outros medicamentos, por isso é importante informar ao médico sobre todos os medicamentos em uso antes de iniciar o tratamento com Temozolomida.

Como Usar Temozolomida

A temozolomida é um medicamento utilizado principalmente no tratamento de glioblastoma multiforme, um tipo agressivo de câncer de cérebro. A forma de aplicação da temozolomida pode variar de acordo com o protocolo de tratamento estabelecido pelo médico, mas geralmente é administrada por via oral, na forma de comprimidos. O tratamento com temozolomida geralmente segue um ciclo de administração, no qual o paciente toma o medicamento diariamente por um determinado período de tempo, seguido por um período de descanso. Esse ciclo pode se repetir ao longo do tratamento, dependendo da resposta do paciente e da progressão da doença. A dosagem e a duração do tratamento com temozolomida são determinadas pelo médico, com base nas características individuais do paciente e nas recomendações clínicas. Além disso, é comum que a temozolomida seja utilizada em combinação com outros medicamentos e terapias, como radioterapia e quimioterapia, para potencializar os efeitos do tratamento. É importante seguir corretamente as orientações médicas para o uso da temozolomida, incluindo a dosagem, horários de administração e duração do tratamento, a fim de maximizar a eficácia e minimizar os efeitos adversos. Também é fundamental manter um acompanhamento médico regular durante todo o processo de tratamento.

Média de Preço do Temozolomida - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Temozolomida em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil - R$ 1.500,00
  • EUA - $ 500,00
  • Euro - € 420,00

Os preços do Temozolomida podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Temozolomida?

O temozolomide é um agente alquilante usado para tratar o glioblastoma multiforme e o astrocitoma anaplásico refratário.

As informações do Temozolomida são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese