Sulfato de glicina ferrosa - Informações

O sulfato de glicina ferroso é um suplemento de ferro indicado no tratamento da deficiência de ferro e anemia por deficiência de ferro. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Sulfato de glicina ferrosa, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Sulfato de glicina ferrosa

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Sulfato de glicina ferrosa:

  • Nome: Sulfato de glicina ferrosa
  • Nome em Inglês: Ferrous glycine sulfate
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C4H10FeN2O8S

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Ferrous glycine sulfate
  • Formula molecular: C4H12FeN2O10S2
  • Peso molecular: 354.03 g/mol
  • Classe terapêutica: Suplemento de ferro
  • Mecanismo de ação: Aumenta os níveis de ferro no organismo
  • Forma de administração: Oral

Sulfato de glicina ferrosa - História, Descoberta e Origem

O sulfato de glicina ferrosa é um composto químico que combina o ferro com o aminoácido glicina e o íon sulfato. Ele é conhecido por suas propriedades medicinais e é amplamente utilizado como suplemento alimentar para prevenir e tratar a anemia por deficiência de ferro.

A história do sulfato de glicina ferrosa remonta ao século XIX, quando o médico e químico francês Pierre Jean Robiquet descobriu a glicina e a isolou pela primeira vez em 1820. Ele também foi o primeiro a sintetizar o sulfato de glicina ferrosa em 1855, tornando-se o primeiro composto químico a combinar o ferro com um aminoácido.

O sulfato de glicina ferrosa foi inicialmente utilizado para tratar a anemia em pacientes com deficiência de ferro, uma condição que causa fadiga, fraqueza e falta de energia. Sua eficácia foi comprovada em estudos clínicos e, desde então, tornou-se um dos medicamentos mais prescritos no tratamento da anemia por deficiência de ferro.

Além de suas propriedades medicinais, o sulfato de glicina ferrosa também é utilizado na indústria alimentícia como aditivo alimentar. Ele é adicionado a alimentos enriquecidos, como cereais e pães, para aumentar o teor de ferro e melhorar a nutrição de pessoas com risco de anemia.

O sulfato de glicina ferrosa é facilmente absorvido pelo organismo e tem baixa toxicidade, o que o torna um suplemento seguro e eficaz. No entanto, é importante seguir as orientações médicas e não exceder a dose recomendada, pois o excesso de ferro no organismo pode causar problemas de saúde.

Em resumo, o sulfato de glicina ferrosa é um importante composto químico que desempenha um papel fundamental no tratamento e prevenção da anemia por deficiência de ferro. Sua história e origem estão diretamente ligadas ao avanço da química e da medicina, e seu uso continua sendo uma ferramenta essencial na melhoria da saúde e nutrição das pessoas.

Indicações de uso - Sulfato de glicina ferrosa

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Sulfato de glicina ferrosa:

  • Tratamento de anemia por deficiência de ferro
  • Suplementação de ferro em casos de anemia
  • Prevenção de anemia em gestantes e lactantes
  • Melhora da imunidade e resistência do organismo
  • Auxílio no transporte e armazenamento de oxigênio no sangue
  • Contribuição para a formação de hemoglobina e células vermelhas do sangue
  • Combate à fadiga e fraqueza
  • Manutenção da saúde cardiovascular e prevenção de doenças relacionadas à deficiência de ferro
  • Ajuda na recuperação após cirurgias e doenças que causam perda de sangue
  • Melhora no desempenho físico e cognitivo

Efeitos Colaterais - Sulfato de glicina ferrosa

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Sulfato de glicina ferrosa

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Constipação
  • Perda de apetite
  • Dor no estômago
  • Reações alérgicas (coceira, erupções cutâneas, inchaço)
  • Urina com coloração escura
  • Fezes escuras
  • Dificuldade para dormir
  • Fadiga
  • Irritabilidade
  • Dificuldade de concentração
  • Tontura
  • Alterações no paladar
  • Doença do refluxo gastroesofágico
  • Úlceras gástricas
  • Interações medicamentosas

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Sulfato de glicina ferrosa não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Sulfato de glicina ferrosa?

  • Não deve ser utilizado por pessoas com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com anemia não causada por deficiência de ferro;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com doenças hepáticas agudas ou crônicas;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com doenças renais graves;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com úlcera péptica ativa;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com porfiria;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com talassemia maior;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com intoxicação por ferro;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com infecções agudas;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com alergia a medicamentos contendo sulfato ferroso.

Como Usar Sulfato de glicina ferrosa

O sulfato de glicina ferrosa é uma substância utilizada principalmente como suplemento de ferro para tratar a deficiência de ferro no organismo. Ele é utilizado em forma de comprimidos, cápsulas ou soluções líquidas e é administrado por via oral. A dose e a frequência de administração do sulfato de glicina ferrosa variam de acordo com a gravidade da deficiência de ferro e a recomendação médica. Geralmente, é recomendado tomar o suplemento com o estômago vazio para melhor absorção, porém, em alguns casos, pode ser necessário ingeri-lo junto com alimentos para minimizar possíveis efeitos colaterais, como irritação gástrica. É importante seguir as instruções do médico ou do rótulo do produto e nunca exceder a dose recomendada, pois o excesso de ferro pode causar efeitos adversos. Além disso, o uso de sulfato de glicina ferrosa pode interagir com alguns medicamentos e alimentos, sendo essencial informar ao médico sobre todos os medicamentos e suplementos utilizados. Em resumo, o sulfato de glicina ferrosa é utilizado para combater a deficiência de ferro no organismo e melhora dos níveis sanguíneos deste elemento, mas deve ser utilizado conforme orientação médica para evitar efeitos indesejados.

Média de Preço do Sulfato de glicina ferrosa - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Sulfato de glicina ferrosa em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 15,00
  • EUA: $ 5.00
  • Euro: € 4.00

Os preços do Sulfato de glicina ferrosa podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Sulfato de glicina ferrosa?

O sulfato de glicina ferroso é um suplemento de ferro indicado no tratamento da deficiência de ferro e anemia por deficiência de ferro.

As informações do Sulfato de glicina ferrosa são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese