Sulfassalazina - Informações

A sulfassalazina é um salicilato usado para tratar a doença de Crohn, colite ulcerativa e artrite reumatoide. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Sulfassalazina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Sulfassalazina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Sulfassalazina:

  • Nome: Sulfassalazina
  • Nome em Inglês: Sulfasalazine
  • Nome Genérico: Sulfasalazine
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C18H14N4O5S

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Sulfassalazina
  • Formula molecular: C18H14N4O5S
  • Peso molecular: 398.39 g/mol
  • Classe terapêutica: Agente anti-inflamatório não esteroide
  • Mecanismo de ação: Inibe a produção de prostaglandinas e leucotrienos
  • Forma de administração: Oral
  • Outros: É utilizada no tratamento de doenças inflamatórias intestinais, como a colite ulcerativa e a doença de Crohn

Sulfassalazina - História, Descoberta e Origem

Sulfassalazina é um medicamento utilizado principalmente no tratamento de doenças inflamatórias intestinais, como a colite ulcerativa e a doença de Crohn. Também pode ser usado para tratar outras condições inflamatórias, como a artrite reumatoide e a espondilite anquilosante.

A origem da sulfassalazina remonta ao final do século XIX, quando o químico alemão Julius Friedrich Lehmann sintetizou pela primeira vez o ácido salicílico. Anos depois, em 1908, o químico alemão Arthur Eichengrün descobriu que a combinação do ácido salicílico com o ácido sulfanílico resultava em uma substância mais eficaz no tratamento da artrite reumatoide.

No entanto, foi apenas em 1940 que a sulfassalazina foi desenvolvida como um medicamento, pelo médico alemão Gerhard Domagk. Ele observou que a combinação do ácido salicílico e do ácido sulfanílico resultava em uma substância com propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, que se tornou conhecida como sulfassalazina.

A sulfassalazina começou a ser utilizada no tratamento da artrite reumatoide e, posteriormente, foi descoberto que também era eficaz no tratamento de doenças inflamatórias intestinais. Isso se deve ao fato de que a sulfassalazina é convertida em ácido 5-aminosalicílico (5-ASA) no corpo, uma substância que ajuda a reduzir a inflamação no trato gastrointestinal.

Hoje em dia, a sulfassalazina é um medicamento amplamente utilizado no tratamento de doenças inflamatórias intestinais e outras condições inflamatórias. No entanto, seu uso pode estar associado a efeitos colaterais, como náuseas, vômitos, diarreia e reações alérgicas. Portanto, é importante que o medicamento seja prescrito e monitorado por um médico, para garantir que os benefícios superem os riscos potenciais.

Indicações de uso - Sulfassalazina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Sulfassalazina:

  • Tratamento de doenças inflamatórias intestinais, como a colite ulcerativa e a doença de Crohn
  • Tratamento de artrite reumatoide
  • Tratamento de espondilite anquilosante
  • Alívio de sintomas como dor, inchaço e rigidez nas articulações
  • Redução da inflamação no intestino
  • Prevenção de recorrências de doenças inflamatórias intestinais
  • Controle dos sintomas e melhora da qualidade de vida dos pacientes
  • Indicado para adultos e crianças com mais de 6 anos de idade
  • Pode ser utilizado em conjunto com outros medicamentos, como anti-inflamatórios e corticosteroides
  • Não deve ser utilizado por pacientes alérgicos a sulfonamidas ou salicilatos
  • É necessário acompanhamento médico durante o uso do medicamento

Efeitos Colaterais - Sulfassalazina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Sulfassalazina

Efeitos Colaterais do Sulfassalazina

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Dor abdominal
  • Perda de apetite
  • Diarreia
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Fadiga
  • Aumento da sensibilidade à luz
  • Erupções cutâneas
  • Alopecia (queda de cabelo)
  • Reações alérgicas
  • Diminuição da contagem de glóbulos brancos
  • Diminuição da contagem de plaquetas
  • Distúrbios hepáticos
  • Distúrbios renais
  • Distúrbios respiratórios

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Sulfassalazina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Sulfassalazina?

  • Reação alérgica a sulfassalazina ou a outros medicamentos contendo sulfonamidas
  • Doença hepática
  • Doença renal
  • Porfiria
  • Doença do sangue
  • Asma
  • Deficiência de G6PD (glicose-6-fosfato desidrogenase)
  • Úlceras no trato digestivo
  • Insuficiência cardíaca
  • Gravidez ou amamentação
  • Interações com outros medicamentos, incluindo anticoagulantes, metotrexato e probenecida

Como Usar Sulfassalazina

A sulfassalazina é geralmente tomada por via oral, com ou sem alimentos, conforme prescrito pelo médico. É importante seguir as instruções do médico e a dosagem prescrita. Além disso, é essencial beber bastante água ao tomar sulfassalazina para evitar desidratação. Não tome mais do que a dose prescrita e informe o médico sobre quaisquer sintomas adversos.

Média de Preço do Sulfassalazina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Sulfassalazina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 50,00
  • EUA: $30,00
  • Euro: €25,00

Os preços do Sulfassalazina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Sulfassalazina?

A sulfassalazina é um salicilato usado para tratar a doença de Crohn, colite ulcerativa e artrite reumatoide.

As informações do Sulfassalazina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese