Salicilato de fenila - Informações

O salicilato de fenila é um composto orgânico com atividade anti-inflamatória e analgésica. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Salicilato de fenila, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Salicilato de fenila

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Salicilato de fenila:

  • Nome: Salicilato de fenila
  • Nome em Inglês: Phenyl salicylate
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C13H10O3

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Salicilato de fenila
  • Formula molecular: C13H10O3
  • Peso molecular: 214.22 g/mol
  • Classe terapêutica: Analgésico, anti-inflamatório
  • Mecanismo de ação: Inibição da síntese de prostaglandinas
  • Forma de administração: Tópica, oral

Salicilato de fenila - História, Descoberta e Origem

O salicilato de fenila é um composto químico utilizado principalmente como um aditivo alimentar e também como um componente em produtos de higiene e beleza. Sua origem remonta ao século XIX, quando foi descoberto pelo químico alemão Johann Andreas Buchner em 1834.

Buchner, que também é conhecido por ter isolado a ureia pela primeira vez, obteve o salicilato de fenila a partir da destilação de ácido salicílico em presença de óxido de zinco. Ele notou que o produto dessa reação possuía um forte odor doce e característico, o que o levou a chamá-lo de "fenil salicílico".

No entanto, o composto só recebeu o nome de salicilato de fenila em 1853, quando o químico francês Charles Frédéric Gerhardt o sintetizou pela primeira vez a partir do fenol e do anidrido salicílico. A partir daí, o salicilato de fenila começou a ser utilizado em diversos produtos, especialmente na indústria de perfumaria.

Além disso, o salicilato de fenila também é conhecido por suas propriedades antissépticas e anti-inflamatórias, o que o torna um ingrediente comum em cremes e loções para a pele. Ele também pode ser encontrado em alguns medicamentos, como analgésicos e antitérmicos.

Apesar de ser amplamente utilizado, o salicilato de fenila pode causar reações alérgicas em algumas pessoas, especialmente quando aplicado topicamente em grandes quantidades. Por isso, é importante sempre verificar a presença desse composto em produtos antes de utilizá-los, especialmente se você possui alguma sensibilidade a ele.

Em resumo, o salicilato de fenila é um composto químico com diversas aplicações e uma história interessante. Sua descoberta e síntese foram marcos importantes na química orgânica, e seu uso continua sendo relevante até os dias de hoje.

Indicações de uso - Salicilato de fenila

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Salicilato de fenila:

  • Tratamento de dores de cabeça
  • Alívio de dores musculares e articulares
  • Redução de febre
  • Tratamento de inflamações
  • Alívio de dores de dente
  • Tratamento de acne
  • Prevenção de doenças cardiovasculares
  • Tratamento de artrite
  • Prevenção de coágulos sanguíneos
  • Tratamento de doenças autoimunes, como lúpus e artrite reumatoide

Efeitos Colaterais - Salicilato de fenila

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Salicilato de fenila

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Vertigem
  • Tontura
  • Suor excessivo
  • Pele vermelha ou inchada
  • Sangramento nas gengivas
  • Úlceras na boca
  • Zumbido nos ouvidos
  • Problemas de audição
  • Confusão mental
  • Perda de apetite
  • Insônia
  • Irritação na pele
  • Alergia
  • Dificuldade para respirar

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Salicilato de fenila não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Salicilato de fenila?

  • Não deve ser utilizado por pacientes com hipersensibilidade ao salicilato de fenila ou a outros salicilatos.
  • Deve ser evitado por pacientes com úlceras gástricas ou duodenais.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com distúrbios hemorrágicos, como hemofilia ou trombocitopenia.
  • Deve ser evitado por pacientes com problemas renais ou hepáticos graves.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com asma, rinite ou outras alergias respiratórias.
  • Deve ser evitado por pacientes com doenças cardiovasculares, como insuficiência cardíaca ou hipertensão arterial.
  • Não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou lactantes, a menos que seja recomendado pelo médico.

Como Usar Salicilato de fenila

O salicilato de fenila é comumente utilizado como um agente aromatizante em produtos como pastas de dente, enxaguantes bucais, cremes e loções. Como composto sintético, é importante seguir as instruções de uso fornecidas pelo fabricante do produto em que o salicilato de fenila está presente. Geralmente, ele é utilizado topicamente e não deve ser ingerido. Certifique-se de ler atentamente o rótulo do produto e seguir as orientações de uso. Em caso de dúvida, é recomendável consultar um profissional de saúde.

Média de Preço do Salicilato de fenila - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Salicilato de fenila em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 20,00
  • EUA: $5,00
  • Euro: €4,00

Os preços do Salicilato de fenila podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Salicilato de fenila?

O salicilato de fenila é um composto orgânico com atividade anti-inflamatória e analgésica.

As informações do Salicilato de fenila são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese