Rimantadina - Informações

A Rimantadina é um inibidor da síntese de RNA utilizado para prevenir infecções por influenza A. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Rimantadina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Rimantadina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Rimantadina:

  • Nome: Rimantadina
  • Nome em Inglês: Rimantadine
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C12H21N

Informações Avançadas:

  • Nome químico: 1-(1-adamantyl)ethylamine
  • Formula molecular: C12H21N
  • Peso molecular: 179.30 g/mol
  • Classe terapêutica: Antiviral
  • Mecanismo de ação: Inibição da replicação viral
  • Forma de administração: Oral

Rimantadina - História, Descoberta e Origem

Rimantadina é um medicamento antiviral usado no tratamento e prevenção da gripe. Foi desenvolvido na União Soviética na década de 1960 por uma equipe de cientistas liderada por Leonid Ivanovich Kiselev. Foi originalmente chamado de "1-(1-adamantil)etilamina" e foi sintetizado a partir de um composto químico chamado adamantano, que é encontrado no petróleo.

Sua estrutura química foi modificada várias vezes para melhorar sua eficácia e reduzir os efeitos colaterais. Em 1976, foi aprovado para uso na União Soviética sob o nome comercial "Rimantadine". Em 1985, foi aprovado nos Estados Unidos sob o nome comercial "Flumadine".

A Rimantadina é um inibidor da M2, uma proteína encontrada na superfície do vírus da gripe. Ela funciona bloqueando a entrada do vírus nas células saudáveis do corpo, impedindo assim sua replicação e propagação. Além disso, também estimula o sistema imunológico para produzir anticorpos contra o vírus da gripe.

Desde sua criação, a Rimantadina tem sido usada para tratar e prevenir a gripe em todo o mundo. No entanto, seu uso tem sido limitado devido ao desenvolvimento de cepas de vírus da gripe resistentes a ela. Além disso, pode causar efeitos colaterais como náuseas, tonturas e insônia.

Atualmente, a Rimantadina é recomendada apenas para o tratamento de infecções por vírus da gripe A em pessoas que não podem receber a vacina contra a gripe ou que apresentam risco de complicações graves da gripe. É importante notar que a Rimantadina não é eficaz contra outros tipos de vírus, como o vírus da gripe B ou o vírus da gripe suína (H1N1).

Apesar de suas limitações, a Rimantadina continua sendo uma opção importante no tratamento da gripe, especialmente em casos graves ou em situações onde a vacinação não é possível. Além disso, sua criação e desenvolvimento são um marco importante na história da medicina e no combate às doenças virais.

Indicações de uso - Rimantadina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Rimantadina:

  • Tratamento da gripe;
  • Tratamento da influenza;
  • Prevenção da influenza;
  • Tratamento de infecções respiratórias causadas pelo vírus da influenza;
  • Tratamento de infecções do sistema nervoso central causadas por vírus;
  • Prevenção de infecções do sistema nervoso central causadas por vírus;
  • Tratamento de infecções do sistema nervoso central causadas por vírus;
  • Prevenção de infecções do sistema nervoso central causadas por vírus.

Efeitos Colaterais - Rimantadina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Rimantadina

  • Desconforto gastrointestinal
  • Náusea
  • Vômito
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Fadiga
  • Dor abdominal
  • Perda de apetite
  • Insônia
  • Tremores

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Rimantadina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Rimantadina?

  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes presentes na formulação.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com insuficiência renal grave (clearance de creatinina < 10 mL/min).
  • Não deve ser utilizado em pacientes com epilepsia ou outras doenças do sistema nervoso central.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com história de convulsões ou transtornos convulsivos.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com histórico de comportamento anormal ou psicose.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com glaucoma de ângulo fechado ou história de glaucoma.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com distúrbios do ritmo cardíaco.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com doenças hepáticas graves.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com doenças respiratórias graves.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com úlceras gástricas ou duodenais ativas.

Como Usar Rimantadina

A rimantadina é geralmente utilizada para prevenir e tratar a gripe causada pelo vírus da influenza. É importante seguir as orientações do médico ou as instruções da bula do medicamento para a dosagem e duração do tratamento específicas para o seu caso. Normalmente, a rimantadina é administrada por via oral, com ou sem alimentos, conforme indicado pelo médico. Também é importante tomar o medicamento exatamente como prescrito, mesmo se os sintomas melhorarem antes do término do tratamento. Se houver dúvidas sobre como usar a rimantadina, é essencial consultar um profissional de saúde.

Média de Preço do Rimantadina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Rimantadina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 20,00
  • EUA: $ 5.00
  • Euro: € 4.00

Os preços do Rimantadina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Rimantadina?

A Rimantadina é um inibidor da síntese de RNA utilizado para prevenir infecções por influenza A.

As informações do Rimantadina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese