Resina - Informações

O Rosin é um extrato do Rosin utilizado nos testes de alergia. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Resina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Resina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Resina:

  • Nome: Resina
  • Nome em Inglês: Rosin
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Colofônia
  • Formula molecular: C20H30O2
  • Peso molecular: 302.45 g/mol
  • Classe terapêutica: Não aplicável
  • Mecanismo de ação: Inibidor de protease
  • Forma de administração: Tópica (emplastro)

Resina - História, Descoberta e Origem

A resina é um material orgânico produzido por diversas plantas, principalmente árvores, com a função de proteger o tronco e os galhos de possíveis danos causados por insetos, fungos e outros agentes externos. Além disso, a resina também é responsável por impedir a perda excessiva de água pelas plantas e por auxiliar na cicatrização de feridas.

A origem da resina é bastante antiga, sendo utilizada desde a pré-história por diversas civilizações. Os egípcios, por exemplo, utilizavam a resina para embalsamar corpos e na produção de perfumes e incensos. Já os gregos e romanos a utilizavam na construção de navios, como impermeabilizante e para impermeabilizar tecidos.

No entanto, foi com a descoberta da América que a resina ganhou ainda mais importância. Os nativos americanos utilizavam a resina de diversas plantas, como o pinheiro e o cedro, para a produção de medicamentos, cosméticos e até mesmo na alimentação.

Com o passar dos séculos, a resina foi se tornando cada vez mais importante na indústria, sendo utilizada em diversos produtos, como vernizes, tintas, plásticos, adesivos, entre outros. Além disso, a resina também é utilizada na produção de papel, sendo responsável por dar brilho e resistência às fibras de celulose.

Atualmente, a resina é um material amplamente utilizado em diversas áreas, sendo uma das principais matérias-primas da indústria química. Ela é extraída de forma sustentável de diversas espécies de árvores, principalmente das coníferas, e é um recurso renovável, o que a torna uma opção mais sustentável em relação a outros materiais sintéticos.

Além disso, a resina também possui propriedades benéficas para a saúde, sendo utilizada na fabricação de medicamentos, principalmente para o tratamento de doenças respiratórias, como a asma. Também é utilizada em produtos de higiene bucal, como cremes dentais e enxaguantes, devido às suas propriedades antissépticas e anti-inflamatórias.

Portanto, a resina é um material de origem natural e versátil, que possui uma longa história de uso e continua sendo importante para diversas aplicações na sociedade moderna, desde a indústria até a medicina.

Indicações de uso - Resina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Resina:

  • Serve para fazer moldes e modelos em processos de fundição
  • Pode ser utilizada em processos de impressão 3D
  • É usada como matéria-prima para produção de plásticos
  • Pode ser utilizada na fabricação de tintas, vernizes e adesivos
  • É um componente importante na produção de cosméticos e produtos de higiene
  • Indicada para uso em artesanatos e trabalhos manuais
  • Pode ser usada na confecção de joias e bijuterias
  • É um material resistente e durável
  • Disponível em diversas cores e formas
  • Pode ser utilizada em diversos tipos de superfícies, como madeira, metal e plástico

Efeitos Colaterais - Resina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Resina

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Tontura
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Prisão de ventre
  • Perda de apetite
  • Alterações no paladar
  • Erupções cutâneas
  • Coceira
  • Inchaço nos lábios, língua ou rosto
  • Dificuldade para respirar
  • Aumento da pressão arterial
  • Alterações no ciclo menstrual
  • Fadiga
  • Insônia
  • Ansiedade
  • Depressão

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Resina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Resina?

  • Alergia à resina
  • Problemas respiratórios
  • Problemas de pele

Como Usar Resina

A resina pode ser usada de várias maneiras, dependendo do tipo de resina e do objetivo desejado. Algumas das formas mais comuns de usar resina incluem: 1. Como revestimento protetor: A resina epóxi pode ser aplicada em superfícies para criar uma camada protetora e brilhante. 2. Para fabricação de peças: Resinas termofixas podem ser usadas para moldar peças industriais, artesanais e decorativas. 3. Em impressão 3D: Algumas resinas são projetadas para serem usadas em impressoras 3D de tecnologia estereolitografia (SLA) e de polimerização por luz (DLP). 4. Como adesivo: Alguns tipos de resinas podem ser usados como adesivos fortes e duráveis. É importante seguir as instruções do fabricante ao usar a resina, e considerar também as medidas de segurança necessárias, como uso de luvas, máscara e ventilação adequada, se for o caso.

Média de Preço do Resina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Resina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 50,00
  • EUA: $20.00
  • Euro: €15.00

Os preços do Resina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Resina?

O Rosin é um extrato do Rosin utilizado nos testes de alergia.

As informações do Resina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese