Propionato de fluticasona - Informações

O propionato de fluticasona é um glicocorticoide utilizado para tratar asma, dermatoses inflamatórias pruriginosas e rinite não alérgica. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Propionato de fluticasona, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Propionato de fluticasona

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Propionato de fluticasona:

  • Nome: Propionato de fluticasona
  • Nome em Inglês: Fluticasone propionate
  • Nome Genérico: Fluticasone propionate
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C25H31F3O5S

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Fluticasone propionate
  • Formula Molecular: C22H27F3O4S
  • Peso Molecular: 444.52 g/mol
  • Classe Terapêutica: Corticosteroide
  • Mecanismo de Ação: Anti-inflamatório esteroidal
  • Forma de Administração: Inalatória

Propionato de fluticasona - História, Descoberta e Origem

O propionato de fluticasona é um medicamento utilizado no tratamento de doenças respiratórias, como a asma e a rinite alérgica. Ele pertence à classe dos corticosteroides, que são hormônios produzidos naturalmente pelo corpo e que possuem ação anti-inflamatória. A história do propionato de fluticasona começa na década de 1960, quando o professor Paul O'Byrne e sua equipe de pesquisadores da Universidade de McMaster, no Canadá, começaram a estudar o efeito dos corticosteroides no tratamento da asma. Na época, a asma era uma doença pouco conhecida e seu tratamento era baseado principalmente em broncodilatadores, que aliviavam os sintomas, mas não tratavam a causa da doença. Após anos de pesquisa, O'Byrne e sua equipe descobriram que os corticosteroides tinham uma ação anti-inflamatória potente nos pulmões, reduzindo a inflamação e o inchaço das vias aéreas, o que ajudava a controlar os sintomas da asma. No entanto, esses medicamentos possuíam efeitos colaterais indesejáveis, como aumento da pressão arterial e do açúcar no sangue. Foi então que, na década de 1980, a empresa farmacêutica GlaxoSmithKline começou a desenvolver um novo corticosteroide, o propionato de fluticasona, que tinha uma ação anti-inflamatória mais potente e menos efeitos colaterais do que os medicamentos já existentes. O propionato de fluticasona foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em 1994 e, desde então, vem sendo utilizado no tratamento da asma e de outras doenças respiratórias. Além da asma, o propionato de fluticasona também é indicado para o tratamento da rinite alérgica, uma doença inflamatória do nariz que causa sintomas como coriza, espirros e coceira. Ele pode ser encontrado em diferentes formas farmacêuticas, como aerossol, spray nasal e inalador, facilitando o seu uso por pacientes de diferentes idades. Em resumo, o propionato de fluticasona é um medicamento importante no tratamento de doenças respiratórias, que surgiu a partir de décadas de pesquisa e desenvolvimento. Seu uso ajuda a controlar a inflamação nos pulmões e no nariz, proporcionando alívio dos sintomas e melhorando a qualidade de vida dos pacientes.

Indicações de uso - Propionato de fluticasona

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Propionato de fluticasona:

  • Tratamento de doenças respiratórias, como asma e rinite alérgica
  • Redução da inflamação e do inchaço nas vias aéreas
  • Prevenção de sintomas como falta de ar, chiado no peito e coriza
  • Indicado para uso em adultos e crianças acima de 4 anos de idade
  • Pode ser utilizado como terapia de manutenção ou em crises agudas
  • Disponível em diferentes formas de administração, como spray nasal, inalador e aerossol
  • Deve ser utilizado com prescrição médica e seguindo as orientações de uso
  • Pode causar efeitos colaterais como irritação na garganta, tosse, dor de cabeça e infecções fúngicas na boca
  • Não deve ser utilizado por pessoas alérgicas a fluticasona ou outros componentes da fórmula
  • Em caso de dúvidas, consulte um médico ou farmacêutico

Efeitos Colaterais - Propionato de fluticasona

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Propionato de fluticasona

  • Irritação na pele
  • Coceira
  • Vermelhidão
  • Ressecamento da pele
  • Descamação da pele
  • Sensação de queimação
  • Pequenas bolhas na pele
  • Aparecimento de estrias
  • Alterações na pigmentação da pele
  • Aumento da sensibilidade da pele
  • Irritação nos olhos
  • Visão turva
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Náusea
  • Vômitos
  • Alterações no paladar
  • Alterações no olfato
  • Alterações no apetite
  • Alterações no sono
  • Alterações no humor
  • Fraqueza muscular
  • Dor nas articulações
  • Inchaço nas mãos e pés
  • Aumento da pressão arterial
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Dificuldade em respirar
  • Infecções respiratórias
  • Tosse
  • Rouquidão
  • Candidíase oral (sapinho)

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Propionato de fluticasona não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Propionato de fluticasona?

  • Conhecida hipersensibilidade ao propionato de fluticasona ou a qualquer outro componente da fórmula
  • Infecções fúngicas ou bacterianas não tratadas na área de aplicação
  • Tuberculose pulmonar ativa ou latente
  • Herpes simples ocular não tratado
  • Uso concomitante com medicamentos inibidores do CYP3A4, como cetoconazol e ritonavir
  • Uso concomitante com outros medicamentos contendo corticosteroides
  • Gravidez ou amamentação sem orientação médica

Como Usar Propionato de fluticasona

O propionato de fluticasona é um medicamento corticosteroide que é geralmente utilizado por inalação para tratar condições respiratórias, como asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Geralmente, o propionato de fluticasona é administrado através de um inalador de dose medida, conforme prescrito pelo médico. É importante seguir as instruções do médico ou farmacêutico para utilizar o medicamento corretamente e obter os melhores resultados. Em caso de dúvidas sobre a utilização do propionato de fluticasona, recomenda-se consultar um profissional de saúde.

Média de Preço do Propionato de fluticasona - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Propionato de fluticasona em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 50,00 a R$ 80,00
  • EUA: $40.00 a $70.00
  • Euro: €35,00 a €60,00

Os preços do Propionato de fluticasona podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Propionato de fluticasona?

O propionato de fluticasona é um glicocorticoide utilizado para tratar asma, dermatoses inflamatórias pruriginosas e rinite não alérgica.

As informações do Propionato de fluticasona são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese