Molsidomina - Informações

Molsidomine é um vasodilatador de longa duração usado para tratar a angina pectoris, incluindo em associação com a insuficiência cardíaca esquerda e o infarto agudo do miocárdio. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Molsidomina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Molsidomina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Molsidomina:

  • Nome: Molsidomina
  • Nome em Inglês: Molsidomine
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C9H14N4O4

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Molsidomine
  • Fórmula Molecular: C9H12N4O4
  • Peso Molecular: 232.22 g/mol
  • Classe Terapêutica: Vasodilatador coronariano
  • Mecanismo de Ação: Liberação de óxido nítrico, vasodilatação
  • Forma de Administração: Comprimidos

Molsidomina - História, Descoberta e Origem

Molsidomina é um medicamento vasodilatador que é usado para tratar doenças cardíacas, como a angina. É um derivado do composto orgânico nitrofuran e atua aumentando a produção de óxido nítrico no organismo. Isso ajuda a relaxar os músculos lisos dos vasos sanguíneos, permitindo que eles se dilatem e aumentando o fluxo sanguíneo para o coração.

A história da molsidomina começa na década de 1970, quando cientistas da empresa farmacêutica alemã Boehringer Ingelheim estavam pesquisando novos compostos orgânicos que poderiam ter propriedades vasodilatadoras. Eles descobriram que o nitrofuran, que já era usado como antibiótico, também tinha propriedades vasodilatadoras, mas seu uso como medicamento cardiovascular era limitado devido a seus efeitos colaterais.

Então, os cientistas fizeram algumas modificações na estrutura química do nitrofuran, criando a molsidomina. Os estudos pré-clínicos mostraram que a molsidomina tinha uma ação vasodilatadora mais potente e menos efeitos colaterais do que o nitrofuran original.

Em 1980, a molsidomina foi lançada no mercado europeu sob o nome comercial de Corvasal, e logo se tornou um medicamento amplamente utilizado para tratar a angina. Com o passar dos anos, novos estudos foram feitos para investigar outros possíveis benefícios da molsidomina, como seu efeito protetor no coração e sua ação anti-inflamatória.

Hoje, a molsidomina é comercializada em vários países com diferentes nomes comerciais, como Molsin, Molsicor e Molsigard. É considerada uma opção eficaz e segura para o tratamento da angina, e continua sendo objeto de estudos para potenciais novas aplicações terapêuticas.

Indicações de uso - Molsidomina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Molsidomina:

  • Tratamento de angina de peito;
  • Prevenção de ataques cardíacos;
  • Controle de hipertensão arterial;
  • Redução da pressão arterial;
  • Alívio de dores no peito;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Ajuda no controle de insuficiência cardíaca;
  • Prevenção de doenças cardiovasculares;
  • Tratamento de angina instável;
  • Adjuvante no tratamento de insuficiência renal crônica.

Efeitos Colaterais - Molsidomina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Molsidomina

  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Náusea
  • Vômitos
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Perda de apetite
  • Insônia
  • Fadiga
  • Palpitações
  • Pressão arterial baixa
  • Arritmia cardíaca
  • Reações alérgicas
  • Fraqueza muscular
  • Confusão mental

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Molsidomina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Molsidomina?

  • Pacientes com hipersensibilidade à Molsidomina
  • Pacientes com histórico de angina instável
  • Pacientes com insuficiência cardíaca grave
  • Pacientes com hipotensão arterial
  • Pacientes com doença arterial coronariana grave

Como Usar Molsidomina

A molsidomina é um medicamento que atua como um vasodilatador, ou seja, ele relaxa e dilata os vasos sanguíneos, o que melhora o fluxo sanguíneo em todo o corpo. Este medicamento é utilizado para tratar a angina de peito crônica, uma condição em que há uma redução do fluxo sanguíneo para o coração devido ao estreitamento dos vasos sanguíneos. A molsidomina é geralmente administrada por via oral na forma de comprimidos, e a dose e a frequência de administração devem ser prescritas por um médico, levando em consideração a condição clínica do paciente. É importante seguir rigorosamente a prescrição médica e não interromper o tratamento sem orientação, para garantir a eficácia e a segurança do medicamento. Além disso, a molsidomina pode causar efeitos colaterais e interações com outros medicamentos, por isso é importante informar o médico sobre qualquer outro medicamento ou condição de saúde antes de iniciar o tratamento com molsidomina. Em resumo, a molsidomina é usada como medicamento para tratar a angina de peito crônica, e seu uso deve ser feito sob orientação médica para garantir a segurança e eficácia do tratamento.

Média de Preço do Molsidomina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Molsidomina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 60,00
  • EUA: $ 20,00
  • Euro: € 15,00

Os preços do Molsidomina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Molsidomina?

Molsidomine é um vasodilatador de longa duração usado para tratar a angina pectoris, incluindo em associação com a insuficiência cardíaca esquerda e o infarto agudo do miocárdio.

As informações do Molsidomina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese