Milbemicina oxima - Informações

Medicamento antiparasitário para cães e gatos. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Milbemicina oxima, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Milbemicina oxima

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Milbemicina oxima:

  • Nome: Milbemicina oxima
  • Nome em Inglês: Milbemycin oxime
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C63H88N2O14

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: milbemicina oxima
  • Fórmula Molecular: C32H45NO7
  • Peso Molecular: 555.7 g/mol
  • Classe Terapêutica: Antiparasitário
  • Mecanismo de Ação: Atua como agente antiparasitário, interferindo no funcionamento dos canais de íons de cloro dos insetos e nematódeos
  • Forma de Administração: Via oral

Milbemicina oxima - História, Descoberta e Origem

A milbemicina oxima é um composto químico utilizado como agente antiparasitário em medicamentos para animais, em especial cães e gatos. Sua origem remonta à década de 1970, quando pesquisadores da empresa farmacêutica japonesa Kitasato sintetizaram a substância a partir de um composto natural encontrado em uma bactéria do solo.

A partir daí, a milbemicina oxima foi aprimorada e utilizada em diversos medicamentos veterinários para o tratamento de parasitas intestinais, como vermes e protozoários. Seu mecanismo de ação consiste em interferir no sistema nervoso dos parasitas, causando paralisia e morte dos mesmos.

Além de ser eficaz contra parasitas intestinais, a milbemicina oxima também é utilizada para o controle de pulgas e carrapatos, sendo um componente comum em medicamentos antipulgas para cães e gatos. Sua ação é prolongada e pode durar até um mês, o que torna o tratamento mais prático e conveniente para os donos de animais de estimação.

Apesar de ser amplamente utilizada em medicamentos veterinários, a milbemicina oxima também é considerada segura para uso em animais, com baixos índices de efeitos colaterais. No entanto, é importante seguir as recomendações de dosagem e consultar um médico veterinário antes de administrar qualquer tipo de medicamento em seu animal de estimação.

Em resumo, a milbemicina oxima é um composto químico de origem natural que se mostrou eficaz no tratamento de parasitas em animais, oferecendo uma opção segura e prática para a saúde e bem-estar dos pets. Seu uso tem sido amplamente difundido e continuará a ser uma ferramenta importante no combate a parasitas em animais de estimação.

Indicações de uso - Milbemicina oxima

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Milbemicina oxima:

  • Prevenção e tratamento de dirofilariose em cães
  • Prevenção e tratamento de verminoses em cães (vermes intestinais)
  • Prevenção e tratamento de sarnas de ouvido em cães
  • Prevenção e tratamento de sarna sarcóptica em cães
  • Prevenção e tratamento de sarna demodécica em cães
  • Prevenção e tratamento de infecções por pulgas em cães
  • Prevenção e tratamento de infecções por carrapatos em cães
  • Indicado para cães com mais de 6 semanas de idade e pesando mais de 0,5kg
  • Pode ser utilizado em cães gestantes e lactantes
  • Deve ser administrado mensalmente para prevenção de dirofilariose e mensal ou trimestralmente para verminoses e sarnas
  • Pode ser encontrado em forma de comprimidos ou solução oral

Efeitos Colaterais - Milbemicina oxima

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Milbemicina oxima

  • Diarreia
  • Náusea
  • Vômito
  • Perda de apetite
  • Dor abdominal
  • Fadiga
  • Tontura
  • Dor de cabeça
  • Coceira
  • Urticária
  • Inflamação da pele
  • Reações alérgicas
  • Alterações no fígado
  • Alterações na função renal
  • Alterações na pressão arterial
  • Alterações no sistema nervoso central

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Milbemicina oxima não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Milbemicina oxima?

  • Reações alérgicas graves em animais sensíveis ao medicamento
  • Administração em animais com menos de 6 semanas de idade
  • Administração em animais com menos de 0,5 kg de peso
  • Administração em animais com doença cardíaca ou renal grave
  • Administração em animais com histórico de convulsões
  • Administração em animais que estejam tomando outros medicamentos que possam interagir com a milbemicina oxima

Como Usar Milbemicina oxima

Milbemicina oxima é um medicamento para uso veterinário e deve ser administrado de acordo com a prescrição e as instruções do médico veterinário. Geralmente, é administrado por via oral, mas a dosagem e a frequência dependem do tipo e do peso do animal. Certifique-se de seguir rigorosamente as instruções do seu veterinário e nunca administre este medicamento sem orientação profissional.

Média de Preço do Milbemicina oxima - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Milbemicina oxima em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$45,00
  • EUA: $9.00
  • Euro: €8.00

Os preços do Milbemicina oxima podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Milbemicina oxima?

Medicamento antiparasitário para cães e gatos.

As informações do Milbemicina oxima são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese