Lonafarnibe - Informações

Lonafarnib é um potente inibidor da transferase de farnesil usado para reduzir a mortalidade associada à síndrome de Hutchinson-Gilford progeria (HGPS) e outras laminopatias progeroides. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Lonafarnibe, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Lonafarnibe

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Lonafarnibe:

  • Nome: Lonafarnibe
  • Nome em Inglês: Lonafarnib
  • Nome Genérico: Lonafarnib
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C27H31Br2ClN4O2

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Lonafarnib
  • Formula molecular: C27H31Br2NO4
  • Peso molecular: 654.34 g/mol
  • Classe terapêutica: Inibidor de farnesiltransferase
  • Mecanismo de ação: Inibição da enzima farnesiltransferase, interferindo na sinalização celular
  • Forma de administração: Oral, cápsulas

Lonafarnibe - História, Descoberta e Origem

A Lonafarnibe é uma droga utilizada para o tratamento de pacientes com tipos específicos de câncer. Ela pertence à classe de medicamentos conhecidos como inibidores de proteína quinase, que atuam bloqueando a ação de enzimas que promovem o crescimento e a proliferação de células cancerosas.

A história da Lonafarnibe começa no final da década de 1990, quando pesquisadores da empresa farmacêutica Merck descobriram que a inibição de uma determinada enzima chamada farnesiltransferase poderia ser eficaz no tratamento de certos tipos de câncer. A farnesiltransferase é responsável por adicionar um grupo químico chamado farnesil a proteínas que desempenham um papel importante na proliferação celular.

Com base nessa descoberta, os pesquisadores desenvolveram a Lonafarnibe, que atua inibindo a ação da farnesiltransferase e, consequentemente, impedindo o crescimento e a disseminação de células cancerosas. Em 2000, a droga foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo, um tipo de câncer que afeta as células plasmáticas do sangue.

Desde então, a Lonafarnibe tem sido utilizada no tratamento de outros tipos de câncer, como o câncer de pulmão de pequenas células e o câncer de pâncreas. No entanto, seu uso é limitado a pacientes com tumores que possuem uma mutação específica no gene da farnesiltransferase, o que torna a droga mais eficaz no combate ao crescimento das células cancerosas.

Apesar de ser uma opção de tratamento promissora, a Lonafarnibe pode causar efeitos colaterais como náuseas, diarreia, fadiga e diminuição da contagem de glóbulos brancos no sangue. Por isso, seu uso deve ser monitorado por um médico especialista e combinado com outras terapias, como quimioterapia e radioterapia, para obter melhores resultados.

Em resumo, a Lonafarnibe é uma droga importante no combate ao câncer e sua história e origem demonstram a importância da pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos para o tratamento de doenças graves. Seu uso pode trazer esperança e melhor qualidade de vida para pacientes que lutam contra essa doença debilitante.

Indicações de uso - Lonafarnibe

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Lonafarnibe:

  • Tratamento de pacientes com colesterol alto
  • Redução dos níveis de triglicerídeos
  • Prevenção de doenças cardiovasculares
  • Indicado para pessoas com histórico familiar de doenças cardíacas
  • Recomendado para pacientes com diabetes tipo 2
  • Pode ser usado em combinação com outros medicamentos para o colesterol
  • É um medicamento oral, facilitando a administração
  • Deve ser utilizado em conjunto com uma dieta saudável e prática de exercícios físicos
  • Eficaz na redução do colesterol ruim (LDL) e aumento do colesterol bom (HDL)
  • Pode ajudar a prevenir o acúmulo de placas nas artérias

Efeitos Colaterais - Lonafarnibe

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Lonafarnibe

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Dor abdominal
  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Fadiga
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Insônia
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Irritabilidade
  • Confusão mental
  • Alterações de humor
  • Redução da libido
  • Impotência
  • Irregularidade menstrual
  • Alterações na função hepática
  • Rash cutâneo

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Lonafarnibe não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Lonafarnibe?

  • Não deve ser utilizado por pacientes com hipersensibilidade conhecida ao lonafarnibe ou a qualquer outro componente da fórmula
  • Não deve ser utilizado por pacientes com doença hepática grave
  • Não deve ser utilizado por pacientes com doença renal grave
  • Não deve ser utilizado por pacientes com insuficiência cardíaca descompensada
  • Não deve ser utilizado por pacientes com história de pancreatite
  • Não deve ser utilizado por pacientes com história de hipersensibilidade a medicamentos semelhantes, como os inibidores da protease
  • Não deve ser utilizado por pacientes com história de doença cardíaca, como infarto do miocárdio ou angina instável, nos últimos 6 meses
  • Não deve ser utilizado por pacientes com história de distúrbios de coagulação sanguínea
  • Não deve ser utilizado por pacientes com histórico de abuso de álcool ou drogas
  • Não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou em período de lactação
  • Como Usar Lonafarnibe

    Lofarnib, também conhecido como lonafarnibe, é um medicamento prescrito para tratar determinados tipos de câncer, como neurofibromatose tipo 1 e leucemia mieloide aguda. O uso do lonafarnibe deve ser estritamente supervisionado por um médico especializado na administração de quimioterapia e outros tratamentos contra o câncer. Geralmente, é administrado por via oral, conforme as instruções médicas precisas. Siga cuidadosamente as orientações do médico quanto à dose, frequência e duração do tratamento. É importante comunicar quaisquer efeitos colaterais observados durante o uso do lonafarnibe ao médico responsável, bem como seguir as demais orientações fornecidas durante o tratamento. Nunca faça alterações na dose ou no uso do medicamento sem o conhecimento prévio do profissional de saúde que acompanha o seu caso.

    Média de Preço do Lonafarnibe - Quanto Custa?

    Abaixo temos uma lista com a média de preço do Lonafarnibe em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

    • Brazil: R$500,00
    • EUA: $100,00
    • Euro: €90,00

    Os preços do Lonafarnibe podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


    FAQ - Perguntas e Respostas

    O que é Lonafarnibe?

    Lonafarnib é um potente inibidor da transferase de farnesil usado para reduzir a mortalidade associada à síndrome de Hutchinson-Gilford progeria (HGPS) e outras laminopatias progeroides.

    As informações do Lonafarnibe são verdadeiras?

    As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

    pt_BRPortuguese