Lomitapida - Informações

Lomitapida é um inibidor da proteína de transferência de triglicerídeos microsomais usado para reduzir o colesterol associado à hipercolesterolemia familiar homozigótica (HoFH), diminuindo o risco de eventos cardiovasculares, como infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Lomitapida, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Lomitapida

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Lomitapida:

  • Nome: Lomitapida
  • Nome em Inglês: Lomitapide
  • Nome Genérico: Lomitapide
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C39H37F6N3O2

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Lomitapide
  • Formula Molecular: C29H37NF3O6S
  • Peso Molecular: 540.687 g/mol
  • Classe Terapêutica: Inibidor da síntese de apolipoproteína B
  • Mecanismo da Ação: Reduz a produção hepática de LDL
  • Forma de Administração: Oral, em cápsulas

Lomitapida - História, Descoberta e Origem

Lomitapida é um medicamento utilizado para tratar a hipercolesterolemia familiar homozigótica, uma doença genética que causa altos níveis de colesterol no sangue. Esta condição aumenta significativamente o risco de desenvolver doenças cardiovasculares, como ataques cardíacos e derrames.

A história da lomitapida remonta aos anos 70, quando pesquisadores descobriram que a administração de altas doses de vitamina A podia reduzir os níveis de colesterol no sangue. A partir dessa descoberta, cientistas começaram a desenvolver medicamentos que imitavam os efeitos da vitamina A.

No final dos anos 90, a empresa farmacêutica Aegerion Pharmaceuticals começou a desenvolver o lomitapida, que inicialmente era conhecido como BMS-201038. As pesquisas e testes clínicos mostraram que o medicamento era eficaz no tratamento da hipercolesterolemia familiar homozigótica, e em 2012 ele foi aprovado pela FDA (Food and Drug Administration) dos Estados Unidos.

O lomitapida age inibindo a produção de colesterol no fígado, que é o órgão responsável por produzir a maior parte do colesterol presente no organismo. Ele age bloqueando uma enzima chamada MTP (microsomal triglyceride transfer protein), que é essencial para a produção de colesterol e outras gorduras no fígado.

Atualmente, o lomitapida é comercializado em forma de cápsulas e é prescrito para pacientes com hipercolesterolemia familiar homozigótica que não respondem aos tratamentos convencionais, como estatinas e mudanças na dieta. O medicamento deve ser combinado com uma dieta com baixo teor de gordura e outros medicamentos para reduzir ainda mais os níveis de colesterol no sangue.

Apesar de ser um medicamento eficaz, o lomitapida pode causar efeitos colaterais graves, como danos no fígado, problemas intestinais e redução nos níveis de vitaminas lipossolúveis (vitaminas A, D, E e K). Por isso, seu uso deve ser monitorado de perto por um médico e seus benefícios devem ser avaliados em relação aos riscos potenciais.

Em resumo, o lomitapida é um medicamento importante no tratamento da hipercolesterolemia familiar homozigótica, mas seu uso deve ser feito com cautela e sob supervisão médica. Com o avanço das pesquisas e desenvolvimento de novos medicamentos, espera-se que, no futuro, seja possível tratar essa condição genética de forma mais eficaz e segura.

Indicações de uso - Lomitapida

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Lomitapida:

  • Tratamento da hipercolesterolemia familiar homozigótica, uma doença genética rara que causa altos níveis de colesterol no sangue
  • Redução do risco de doenças cardiovasculares, como infarto e acidente vascular cerebral
  • Controle do colesterol alto em pacientes que não respondem adequadamente a outras terapias
  • Prevenção de eventos cardiovasculares em pacientes com doença cardíaca coronária
  • Indicado para pacientes adultos acima de 18 anos
  • Deve ser utilizado em conjunto com uma dieta pobre em gorduras e outros tratamentos para redução do colesterol
  • Não deve ser utilizado durante a gravidez ou lactação
  • Requer acompanhamento médico regular e exames de sangue para monitorar os níveis de colesterol e possíveis efeitos colaterais
  • Pode causar efeitos colaterais como náusea, vômito, diarreia, dor abdominal e elevação de enzimas hepáticas
  • Não deve ser utilizado em pacientes com doença hepática grave

Efeitos Colaterais - Lomitapida

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Lomitapida

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Diarreia
  • Dor abdominal
  • Fadiga
  • Tontura
  • Vômito
  • Perda de apetite
  • Dor muscular
  • Erupção cutânea

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Lomitapida não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Lomitapida?

  • Doença hepática grave
  • Uso concomitante com medicamentos que inibem o CYP3A4
  • Hipersensibilidade à lomitapida ou a qualquer um dos componentes da fórmula
  • Gestação e amamentação
  • Pacientes com valores elevados de transaminases hepáticas

Como Usar Lomitapida

Lomitapida é um medicamento prescrito para tratar níveis elevados de colesterol. Siga as instruções do seu médico e as instruções da bula cuidadosamente. Geralmente, a dosagem recomendada é uma vez ao dia, com ou sem alimentos. Não altere a dosagem sem consultar o seu médico. Este medicamento geralmente é usado em combinação com uma dieta com baixo teor de gordura e outros tratamentos para reduzir o colesterol. Esteja ciente de possíveis efeitos colaterais e avise o seu médico se sentir quaisquer sintomas adversos.

Média de Preço do Lomitapida - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Lomitapida em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 4.000
  • EUA: $2,000
  • Euro: €1,800

Os preços do Lomitapida podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Lomitapida?

Lomitapida é um inibidor da proteína de transferência de triglicerídeos microsomais usado para reduzir o colesterol associado à hipercolesterolemia familiar homozigótica (HoFH), diminuindo o risco de eventos cardiovasculares, como infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral.

As informações do Lomitapida são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese