Levosalbutamol - Informações

O Levosalbutamol é um agonista do receptor beta-2 adrenérgico utilizado para tratar DPOC e asma. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Levosalbutamol, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Levosalbutamol

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Levosalbutamol:

  • Nome: Levosalbutamol
  • Nome em Inglês: Levosalbutamol
  • Nome Genérico: Levosalbutamol
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C13H21NO3

Informações Avançadas:

  • Nome químico: (R)-4-[2-(tert-butilamino)-1-hidroxietil]-2-(hidroximetil)fenol
  • Fórmula molecular: C13H21NO3
  • Peso molecular: 239.31 g/mol
  • Classe terapêutica: Agonista dos receptores beta-2 adrenérgicos de curta duração
  • Mecanismo de ação: Aumenta o diâmetro dos bronquíolos, facilitando a respiração
  • Forma de administração: Inalação por nebulização ou aerossol

Levosalbutamol - História, Descoberta e Origem

O Levosalbutamol é um medicamento que pertence à classe dos β2-agonistas de curta duração, utilizado principalmente para tratar doenças respiratórias como asma e bronquite. Ele é uma versão do salbutamol que contém apenas o isômero ativo levógiro, enquanto o salbutamol contém uma mistura de isômeros levógiro e dextrógiro.

O levosalbutamol foi desenvolvido para ser mais eficaz e seguro que o salbutamol, pois o isômero levógiro tem uma afinidade maior pelos receptores β2, que são responsáveis pela dilatação dos brônquios e alívio dos sintomas respiratórios. Além disso, ele tem uma meia-vida mais longa no organismo, o que permite um efeito mais prolongado.

O medicamento foi aprovado pela primeira vez na Índia em 1996 e desde então tem sido utilizado em diversos países, incluindo o Brasil. Ele é comercializado em diferentes formas, como comprimidos, xaropes e aerossóis, e pode ser encontrado com nomes comerciais como Xopenex, Levolin e Levotuss.

Além do tratamento de doenças respiratórias, o levosalbutamol também pode ser usado para prevenir a broncoconstrição induzida por exercícios físicos e para o tratamento de outras condições, como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e a fibrose cística.

Assim como outros medicamentos, o levosalbutamol pode causar alguns efeitos colaterais, como tremores, taquicardia e dor de cabeça. Por isso, é importante seguir as orientações médicas e não exceder as doses recomendadas.

Em resumo, o Levosalbutamol é um medicamento importante no tratamento de doenças respiratórias, que se diferencia por conter apenas o isômero ativo levógiro e ser mais eficaz e seguro que o salbutamol. Seu uso deve ser sempre acompanhado por um profissional de saúde para garantir um tratamento adequado e seguro.

Indicações de uso - Levosalbutamol

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Levosalbutamol:

  • Medicamento broncodilatador
  • Indicado para o tratamento de doenças respiratórias como asma, bronquite e enfisema
  • Também pode ser usado para prevenir a falta de ar durante atividades físicas ou exposição a alérgenos
  • Pode ser encontrado em forma de xarope, comprimido ou solução para inalação
  • Sua ação é rápida, aliviando os sintomas em poucos minutos
  • Deve ser utilizado apenas sob prescrição médica e seguindo as orientações de dosagem e frequência
  • Pode causar efeitos colaterais como taquicardia, tremores e nervosismo
  • Não deve ser utilizado por pessoas com histórico de hipersensibilidade a algum dos componentes da fórmula
  • Em caso de superdosagem, procurar imediatamente um serviço médico de emergência

Efeitos Colaterais - Levosalbutamol

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Levosalbutamol

  • Tremores nas mãos
  • Agitação
  • Batimentos cardíacos acelerados
  • Dificuldade para dormir
  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Palpitações
  • Dor no peito
  • Dificuldade para respirar
  • Tontura
  • Alterações de humor
  • Dor muscular
  • Irritação na garganta
  • Boca seca
  • Erupções cutâneas

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Levosalbutamol não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Levosalbutamol?

  • Alérgico ao Levosalbutamol
  • Bloqueadores Beta
  • Diuréticos
  • Inibidores da Monoaminoxidase (IMAO)
  • Outros medicamentos para tratamento de asma ou problemas respiratórios

Como Usar Levosalbutamol

O Levosalbutamol é um medicamento usado para tratar doenças respiratórias como a asma e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Geralmente é administrado por inalação, usando um nebulizador ou um inalador de dose medida. A dose recomendada e a frequência de uso variam de acordo com a prescrição médica, por isso é importante seguir as orientações do médico ou do folheto informativo que acompanha o medicamento. É fundamental entender e seguir corretamente as instruções de uso, para obter o máximo benefício e minimizar os efeitos colaterais. Sempre consulte um profissional de saúde antes de usar este medicamento.

Média de Preço do Levosalbutamol - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Levosalbutamol em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 40,00
  • EUA: $15,00
  • Euro: €12,00

Os preços do Levosalbutamol podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Levosalbutamol?

O Levosalbutamol é um agonista do receptor beta-2 adrenérgico utilizado para tratar DPOC e asma.

As informações do Levosalbutamol são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese