Levonorgestrel - Informações

O Levonorgestrel é um progestagênio encontrado em contraceptivos orais e DIU, e em doses mais altas em contraceptivos de emergência. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Levonorgestrel, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Levonorgestrel

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Levonorgestrel:

  • Nome: Levonorgestrel
  • Nome em Inglês: Levonorgestrel
  • Nome Genérico: Levonorgestrel
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C21H28O2

Informações Avançadas:

  • Nome químico: 18-Methyl-17-ethynyl-19-nortestosterone
  • Formula molecular: C21H28O2
  • Peso molecular: 312.45 g/mol
  • Classe terapêutica: Contraceptivo oral de emergência
  • Mecanismo de ação: Inibe ou retarda a ovulação
  • Forma de administração: Comprimidos

Levonorgestrel - História, Descoberta e Origem

O levonorgestrel é um hormônio sintético usado em contraceptivos orais combinados, como pílulas anticoncepcionais. Ele pertence a uma classe de medicamentos chamados progestágenos e é um dos hormônios mais usados em todo o mundo para prevenir a gravidez. A história do levonorgestrel começa na década de 1950, quando pesquisadores estavam procurando por uma forma mais eficaz de contraceptivo. Nessa época, as pílulas anticoncepcionais ainda eram pouco desenvolvidas e tinham muitos efeitos colaterais. Foi então que, em 1957, o médico Gregory Pincus e o químico Carl Djerassi desenvolveram o primeiro contraceptivo hormonal, chamado Enovid. Esse medicamento continha altas doses de estrogênio e progestágeno e foi aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration) dos Estados Unidos para uso como contraceptivo. No entanto, logo foi percebido que as altas doses de hormônios do Enovid causavam muitos efeitos colaterais, como náuseas, dores de cabeça e aumento de peso. Isso levou à busca por um progestágeno mais potente e com menos efeitos colaterais. Foi então que, em 1963, o levonorgestrel foi sintetizado pela primeira vez pelo químico Frank Colton e sua equipe na empresa Wyeth Pharmaceuticals. O levonorgestrel foi aprovado pelo FDA em 1970 e logo se tornou um dos progestágenos mais usados em contraceptivos orais. Além disso, ele também é utilizado em outros métodos contraceptivos, como o DIU hormonal e o implante subcutâneo. A origem do levonorgestrel é sintética, ou seja, ele é produzido em laboratório a partir de substâncias químicas. Ele é um derivado do hormônio progesterona, produzido naturalmente pelo corpo feminino durante o ciclo menstrual. O levonorgestrel tem uma estrutura molecular ligeiramente diferente da progesterona, o que o torna mais potente e com menos efeitos colaterais. Além de sua função como contraceptivo, o levonorgestrel também é usado no tratamento de condições como a endometriose e a síndrome dos ovários policísticos. Ele age no organismo de diversas formas, como inibindo a ovulação, tornando o muco cervical mais espesso e alterando o revestimento do útero para torná-lo menos propício à implantação de um óvulo fertilizado. Em resumo, o levonorgestrel é um hormônio sintético usado em diversos métodos contraceptivos e também no tratamento de condições ginecológicas. Sua história remonta à década de 1950, quando foi desenvolvido como uma alternativa mais eficaz e com menos efeitos colaterais aos contraceptivos hormonais da época. Hoje, é um dos hormônios mais utilizados no mundo para prevenir a gravidez e melhorar a saúde feminina.

Indicações de uso - Levonorgestrel

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Levonorgestrel:

  • Previne a gravidez não planejada
  • Indicado para uso emergencial após relação sexual desprotegida ou falha no método contraceptivo
  • Pode ser usado até 5 dias após a relação sexual
  • Não é indicado para uso regular como método contraceptivo
  • Não protege contra doenças sexualmente transmissíveis
  • Pode causar efeitos colaterais como náusea, vômito, dor de cabeça e alterações no ciclo menstrual
  • Deve ser utilizado apenas quando necessário e sob orientação médica
  • Não deve ser usado por mulheres com alergia a algum dos componentes da fórmula
  • Pode ter sua eficácia reduzida por certos medicamentos, como anticonvulsivantes e antibióticos

Efeitos Colaterais - Levonorgestrel

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Levonorgestrel

  • Náusea
  • Vômito
  • Dor abdominal
  • Fadiga
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Mudanças de humor
  • Dor ou sensibilidade nos seios
  • Sangramento vaginal irregular
  • Aumento ou diminuição da libido
  • Aumento de peso
  • Mudanças na pele, como acne ou manchas escuras
  • Alterações no ciclo menstrual
  • Retenção de líquidos
  • Alergia ao medicamento

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Levonorgestrel não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Levonorgestrel?

  • Gravidez
  • Hipersensibilidade ao levonorgestrel ou a qualquer componente da fórmula
  • Trombose venosa profunda ou embolia pulmonar ativa
  • Doença arterial coronariana ou cerebrovascular
  • Doença hepática grave
  • Tumores hepáticos
  • Sangramento vaginal anormal sem diagnóstico
  • Distúrbios trombóticos ou tromboembólicos
  • Porfiria
  • Transtornos tromboembólicos
  • Neoplasias dependentes de estrogênio
  • Uso concomitante com medicamentos que afetam o metabolismo hepático do levonorgestrel

Como Usar Levonorgestrel

O levonorgestrel é um contraceptivo de emergência que pode ser usado após a relação sexual desprotegida. Para usá-lo, tome a dose recomendada o mais rápido possível após a relação sexual e siga as instruções do fabricante ou médico. É importante procurar orientação médica antes de usar qualquer medicamento.

Média de Preço do Levonorgestrel - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Levonorgestrel em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 15,00
  • EUA: $30.00
  • Euro: €25.00

Os preços do Levonorgestrel podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Levonorgestrel?

O Levonorgestrel é um progestagênio encontrado em contraceptivos orais e DIU, e em doses mais altas em contraceptivos de emergência.

As informações do Levonorgestrel são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese