Levoleucovorina - Informações

A levoleucovorina é um analógico de folato usado após altas doses de metotrexato para osteossarcoma, para reduzir os efeitos tóxicos dos análogos de folato e com 5-fluorouracil no tratamento paliativo de câncer colorretal metastático avançado. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Levoleucovorina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Levoleucovorina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Levoleucovorina:

  • Nome: Levoleucovorina
  • Nome em Inglês: Levoleucovorin
  • Nome Genérico: Levoleucovorin
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C20H23N7O7

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Levoleucovorin
  • Fórmula Molecular: C20H23N7O7
  • Peso Molecular: 473.44 g/mol
  • Classe Terapêutica: Agente antineoplásico
  • Mecanismo de Ação: Atua como um co-fator da redução dos folatos
  • Forma de Administração: Injeção intravenosa ou intramuscular

Levoleucovorina - História, Descoberta e Origem

A Levoleucovorina, também conhecida como leucovorina levógira, é um medicamento utilizado no tratamento de câncer. Ela é uma forma ativa de ácido folínico, uma vitamina do complexo B que é essencial para a produção de células sanguíneas e para o funcionamento adequado do sistema nervoso. A história da Levoleucovorina começa na década de 1940, quando o ácido folínico foi isolado pela primeira vez. Sua importância para o tratamento de anemias megaloblásticas foi reconhecida, mas foi apenas nos anos 1950 que os pesquisadores descobriram sua eficácia no tratamento de câncer. O ácido folínico mostrou-se capaz de reduzir os efeitos colaterais da quimioterapia, como a supressão da medula óssea, permitindo que os pacientes recebessem doses mais altas de medicamentos contra o câncer. No entanto, o ácido folínico é composto por duas formas, a levógiro e a dextrógira. A forma levógiro é a mais ativa e a mais eficaz no tratamento do câncer, mas era difícil de ser isolada e produzida em grandes quantidades. Foi somente em 1985 que a Levoleucovorina foi sintetizada em laboratório, tornando-se a opção mais utilizada no tratamento de câncer. Além do tratamento de câncer, a Levoleucovorina também é utilizada no tratamento de outras doenças, como a artrite reumatoide e a psoríase. Ela também é utilizada como antídoto para o envenenamento por metotrexato, um medicamento utilizado no tratamento de câncer e outras doenças autoimunes. Hoje, a Levoleucovorina é um medicamento amplamente utilizado e sua eficácia tem sido comprovada em diversos estudos clínicos. Ela é considerada um dos principais avanços no tratamento de câncer, permitindo doses mais altas de quimioterapia e melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Seu uso tem contribuído para o aumento das taxas de sobrevivência e para o controle da doença em diversas formas de câncer, fazendo dela uma importante aliada na luta contra essa doença.

Indicações de uso - Levoleucovorina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Levoleucovorina:

  • Tratamento de câncer de cólon e reto
  • Tratamento de câncer de mama
  • Tratamento de câncer de pâncreas
  • Tratamento de linfoma não-Hodgkin
  • Tratamento de leucemia
  • Prevenção e tratamento de toxicidade causada por metotrexato
  • Prevenção e tratamento de toxicidade causada por metotrexato em pacientes com artrite reumatoide
  • Prevenção e tratamento de toxicidade causada por metotrexato em pacientes com psoríase
  • Prevenção e tratamento de toxicidade causada por metotrexato em pacientes com artrite psoriásica

Efeitos Colaterais - Levoleucovorina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Levoleucovorina

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômito
  • Diarreia
  • Perda de apetite
  • Constipação
  • Alterações no paladar
  • Fadiga
  • Insônia
  • Tontura
  • Dor abdominal
  • Febre
  • Aumento da sensibilidade à luz
  • Erupção cutânea
  • Coceira
  • Alterações na visão
  • Boca seca
  • Dor muscular ou nas articulações
  • Alterações no cabelo
  • Alterações no peso

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Levoleucovorina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Levoleucovorina?

  • Não deve ser usado por pacientes com alergia à levoleucovorina ou a qualquer um dos componentes da fórmula
  • Deve ser usado com cautela em pacientes com problemas renais ou hepáticos
  • Pode causar reações alérgicas graves em alguns pacientes
  • Não deve ser usado durante a gravidez ou amamentação, a menos que seja estritamente necessário
  • Pode interagir com outros medicamentos, por isso é importante informar ao médico sobre todos os medicamentos em uso antes de iniciar o tratamento com levoleucovorina
  • Deve ser evitado em pacientes com deficiência de folato
  • Pode aumentar o risco de infecções em pacientes com sistema imunológico enfraquecido

Como Usar Levoleucovorina

A levoleucovorina é um medicamento prescrito que é administrado como uma injeção intravenosa. É importante seguir as instruções do médico ou profissional de saúde para a dosagem correta e o intervalo de administração. Geralmente, a levoleucovorina é administrada em um ambiente clínico, como um hospital ou consultório médico, por profissionais de saúde treinados. É essencial seguir as diretrizes do seu médico e não fazer ajustes na dosagem ou no uso sem consultá-los primeiro.

Média de Preço do Levoleucovorina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Levoleucovorina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 600,00
  • EUA: $150
  • Euro: €130

Os preços do Levoleucovorina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Levoleucovorina?

A levoleucovorina é um analógico de folato usado após altas doses de metotrexato para osteossarcoma, para reduzir os efeitos tóxicos dos análogos de folato e com 5-fluorouracil no tratamento paliativo de câncer colorretal metastático avançado.

As informações do Levoleucovorina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese