Lapatinibe - Informações

Lapatinibe é um agente antineoplásico e inibidor da tirosina quinase utilizado para o tratamento de câncer de mama avançado ou metastático HER-positivo em pacientes que já receberam tratamentos quimioterápicos anteriores. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Lapatinibe, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Lapatinibe

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Lapatinibe:

  • Nome: Lapatinibe
  • Nome em Inglês: Lapatinib
  • Nome Genérico: Lapatinib
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C29H26ClFN4O4S

Informações Avançadas:

  • Nome químico: N-{3-chloro-4-[(3-fluorophenyl)methoxy]phenyl}-6-[5-({[2-(methylsulfonyl)ethyl]amino}methyl)-2-furanyl]-4-quinazolinamine
  • Formula molecular: C29H26ClFN4O4S
  • Peso molecular: 581.06 g/mol
  • Classe terapêutica: Antineoplásico
  • Mecanismo de ação: Inibidor da tirosina quinase
  • Forma de administração: Oral

Lapatinibe - História, Descoberta e Origem

Lapatinibe é um medicamento utilizado no tratamento do câncer de mama. Ele foi desenvolvido pela empresa farmacêutica GlaxoSmithKline e aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em 2007.

A história do lapatinibe começa na década de 1990, quando pesquisadores da GlaxoSmithKline iniciaram estudos para identificar uma nova classe de medicamentos que pudessem inibir a atividade da proteína HER2, presente em quantidades excessivas em alguns tipos de câncer de mama. Essa proteína é responsável por estimular o crescimento e a proliferação das células cancerígenas.

Após anos de pesquisa e testes, os cientistas da GlaxoSmithKline conseguiram desenvolver uma molécula que inibia a atividade da proteína HER2 de forma seletiva, sem afetar outras proteínas importantes para o funcionamento do organismo. Essa molécula foi batizada de lapatinibe.

O lapatinibe mostrou-se eficaz no tratamento de alguns tipos de câncer de mama, especialmente aqueles que apresentam altos níveis de HER2. Ele é utilizado em combinação com outros medicamentos, como a capecitabina, em pacientes que não respondem bem à terapia com trastuzumabe, outro medicamento utilizado para inibir a atividade da proteína HER2.

Além do câncer de mama, o lapatinibe também está sendo estudado para o tratamento de outros tipos de câncer, como o câncer de pulmão e o câncer de cabeça e pescoço. Seu mecanismo de ação se mostrou promissor também em outras doenças, como a esclerose múltipla e a doença de Parkinson.

Apesar de ser um medicamento bastante eficaz, o lapatinibe pode causar alguns efeitos colaterais, como náuseas, diarreia e fadiga. Por isso, é importante que o uso desse medicamento seja acompanhado por um médico especialista e que os pacientes estejam cientes dos possíveis efeitos adversos.

Em resumo, o lapatinibe é um medicamento desenvolvido com o objetivo de inibir a atividade da proteína HER2 e, consequentemente, combater o câncer de mama. Sua história é marcada por anos de pesquisa e desenvolvimento, e ele continua sendo estudado para o tratamento de outras doenças além do câncer. Seu uso pode trazer benefícios significativos para pacientes que lutam contra essa doença tão devastadora.

Indicações de uso - Lapatinibe

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Lapatinibe:

  • Tratamento do câncer de mama avançado ou metastático;
  • Indicado para mulheres com câncer de mama positivo para o receptor de fator de crescimento epidérmico humano 2 (HER2);
  • Pode ser utilizado em combinação com outros medicamentos, como o capecitabina, para aumentar a eficácia do tratamento;
  • Ajuda a diminuir o crescimento e a disseminação das células cancerígenas;
  • Reduz o risco de recorrência do câncer de mama após a cirurgia;
  • Pode ser administrado oralmente, facilitando o tratamento em casa;
  • Não causa queda de cabelo, um dos efeitos colaterais comuns da quimioterapia;
  • Pode melhorar a qualidade de vida das pacientes, reduzindo os sintomas da doença;
  • É um medicamento aprovado pela ANVISA e seguro quando utilizado conforme prescrição médica.

Efeitos Colaterais - Lapatinibe

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Lapatinibe

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Fadiga
  • Perda de apetite
  • Dor de estômago
  • Tontura
  • Aumento da sensibilidade à luz
  • Alterações no paladar
  • Alterações na pele
  • Queda de cabelo
  • Fraqueza muscular
  • Insônia
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Infecções respiratórias
  • Alterações na função hepática
  • Alterações na função renal

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Lapatinibe não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Lapatinibe?

  • Não deve ser utilizado por pacientes com alergia ao lapatinibe ou a qualquer outro componente da fórmula;
  • Pacientes com insuficiência hepática grave devem evitar o uso de lapatinibe;
  • O medicamento não é recomendado para uso durante a gravidez ou lactação, pois pode causar danos ao feto ou ao bebê em desenvolvimento;
  • Pacientes com histórico de problemas cardíacos, como insuficiência cardíaca, arritmias ou angina, devem evitar o uso de lapatinibe;
  • O lapatinibe pode interagir com outros medicamentos, como inibidores do CYP3A4, e causar efeitos adversos;
  • Pacientes com problemas renais devem ter cautela ao utilizar o lapatinibe, pois o medicamento pode afetar a função renal;
  • Pessoas com idade avançada podem ser mais sensíveis aos efeitos colaterais do lapatinibe e devem ser monitoradas de perto durante o tratamento;
  • O uso de lapatinibe pode aumentar o risco de desenvolvimento de infecções, portanto, pacientes com histórico de infecções devem ter cautela ao utilizar o medicamento;
  • Pessoas com histórico de problemas pulmonares, como doença pulmonar intersticial, devem evitar o uso de lapatinibe;
  • O lapatinibe pode causar efeitos colaterais gastrointestinais, como náusea, vômito, diarreia e perda de apetite, portanto, pacientes com histórico de problemas gastrointestinais devem ter cautela ao utilizar o medicamento.

Como Usar Lapatinibe

Lapatinibe é um medicamento usado no tratamento do câncer de mama. Ele é administrado por via oral, geralmente uma vez ao dia, com ou sem alimentos, conforme orientação médica. É importante seguir rigorosamente as instruções do médico e não exceder a dose prescrita. Além disso, é fundamental informar ao médico sobre qualquer outro medicamento que esteja tomando, para evitar interações medicamentosas. Em caso de dúvidas sobre o uso do Lapatinibe, é recomendado buscar orientação médica.

Média de Preço do Lapatinibe - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Lapatinibe em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 1.500,00
  • EUA: $350,00
  • Euro: €300,00

Os preços do Lapatinibe podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Lapatinibe?

Lapatinibe é um agente antineoplásico e inibidor da tirosina quinase utilizado para o tratamento de câncer de mama avançado ou metastático HER-positivo em pacientes que já receberam tratamentos quimioterápicos anteriores.

As informações do Lapatinibe são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese