Labetalol - Informações

O Labetalol é um antagonista alfa e beta adrenérgico usado no tratamento da hipertensão, angina e síndrome de hiperatividade simpática. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Labetalol, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Labetalol

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Labetalol:

  • Nome: Labetalol
  • Nome em Inglês: Labetalol
  • Nome Genérico: Labetalol
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C19H24N2O3

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: (R*,S*)-2-hidroxi-3-[4-(2-hidroxietil)fenoxi]metil-1,2,3-propanotriol
  • Fórmula Molecular: C19H24N2O3
  • Peso Molecular: 328.406 g/mol
  • Classe Terapêutica: Bloqueador alfa e beta-adrenérgico
  • Mecanismo de Ação: Inibição dos receptores adrenérgicos alfa e beta no corpo humano, resultando na vasodilatação e redução da pressão arterial
  • Forma de Administração: Comprimidos via oral ou injeção intravenosa

Labetalol - História, Descoberta e Origem

Labetalol é um medicamento utilizado para tratar a hipertensão arterial, também conhecida como pressão alta. Ele é um bloqueador de receptores beta-adrenérgicos, que atua no sistema nervoso simpático para reduzir a frequência cardíaca e a pressão arterial.

A história do Labetalol começa na década de 1960, quando pesquisadores da Universidade de Michigan nos Estados Unidos começaram a trabalhar em um medicamento que pudesse tratar a hipertensão sem causar efeitos colaterais indesejados, como os observados em outros medicamentos da época. Em 1975, o Labetalol foi aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration) dos EUA e se tornou o primeiro beta-bloqueador a ser utilizado no tratamento da hipertensão.

O Labetalol é uma combinação de dois isômeros, ou seja, duas moléculas com a mesma fórmula química, mas com estruturas diferentes. Esses isômeros são chamados de S(-) e R(+), e cada um possui uma ação específica no organismo. O isômero S(-) é responsável por bloquear os receptores beta-1, que estão presentes principalmente no coração, reduzindo a frequência cardíaca e a força de contração do músculo cardíaco. Já o isômero R(+) bloqueia os receptores beta-2, que estão presentes nos vasos sanguíneos, causando a dilatação e consequentemente a redução da pressão arterial.

Além do tratamento da hipertensão, o Labetalol também é utilizado em casos de emergência médica, como na crise hipertensiva, em que a pressão arterial está extremamente elevada e pode causar danos aos órgãos. Ele também é indicado para pacientes com insuficiência cardíaca, pois ajuda a reduzir a sobrecarga no coração e melhorar a função cardíaca.

Apesar de ser um medicamento seguro e eficaz, o Labetalol pode causar alguns efeitos colaterais, como tontura, fadiga, náusea, diarreia e reações alérgicas. Por isso, é importante sempre seguir as orientações médicas e informar ao profissional de saúde sobre qualquer efeito indesejado durante o tratamento.

Em resumo, o Labetalol é um medicamento importante e amplamente utilizado no tratamento da hipertensão, que teve sua origem na década de 1960 e continua sendo uma opção eficaz para o controle da pressão arterial elevada.

Indicações de uso - Labetalol

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Labetalol:

  • Para que serve:
    • Tratamento de hipertensão arterial;
    • Prevenção de angina de peito;
    • Tratamento de insuficiência cardíaca;
    • Prevenção de infarto do miocárdio;
    • Tratamento de taquicardia;
    • Tratamento de arritmias cardíacas.
  • Indicações:
    • Pessoas com pressão arterial elevada;
    • Pessoas com histórico de angina de peito;
    • Pessoas com insuficiência cardíaca;
    • Pessoas com risco de infarto do miocárdio;
    • Pessoas com taquicardia;
    • Pessoas com arritmias cardíacas.

Efeitos Colaterais - Labetalol

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Labetalol

  • Pressão arterial baixa
  • Fadiga
  • Tontura
  • Náusea
  • Dor de cabeça
  • Sonolência
  • Visão turva
  • Boca seca
  • Diarreia
  • Vômitos
  • Insônia
  • Inchaço nas mãos e pés
  • Bradicardia (batimentos cardíacos lentos)
  • Arritmia cardíaca
  • Dificuldade para respirar
  • Reações alérgicas (erupções cutâneas, coceira, urticária)
  • Confusão mental
  • Depressão
  • Impotência sexual
  • Perda de cabelo

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Labetalol não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Labetalol?

  • Hipersensibilidade ao Labetalol ou a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Asma brônquica grave ou história de broncoespasmo;
  • Insuficiência cardíaca descompensada;
  • Bloqueio cardíaco de segundo ou terceiro grau;
  • Bradicardia grave;
  • Choque cardiogênico;
  • Hipotensão arterial grave;
  • Feocromocitoma não tratado;
  • Distúrbios graves da circulação periférica;
  • Insuficiência hepática grave;
  • Insuficiência renal grave.

Como Usar Labetalol

Para usar Labetalol, siga as instruções do seu médico ou as indicações da bula. Normalmente, é tomado por via oral, com ou sem alimentos. A dosagem e a frequência do medicamento serão prescritas pelo médico, de acordo com a sua condição médica. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar o médico primeiro.

Média de Preço do Labetalol - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Labetalol em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 60,00
  • EUA: $15.00
  • Euro: €13.00

Os preços do Labetalol podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Labetalol?

O Labetalol é um antagonista alfa e beta adrenérgico usado no tratamento da hipertensão, angina e síndrome de hiperatividade simpática.

As informações do Labetalol são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese