Isoniazida - Informações

A isoniazida é um antibiótico usado para tratar infecções micobacterianas; mais comumente utilizada em combinação com outros agentes antimicobacterianos para o tratamento de tuberculose ativa ou latente. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Isoniazida, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Isoniazida

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Isoniazida:

  • Nome: Isoniazida
  • Nome em Inglês: Isoniazid
  • Nome Genérico: Isoniazid
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C6H7N3O

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Isonicotinohydrazid
  • Formula Molecular: C6H7N3O
  • Peso Molecular: 137.14 g/mol
  • Classe Terapêutica: Antibiótico, Antituberculoso
  • Mecanismo de Ação: Inibe a síntese de ácidos micólicos na parede celular das micobactérias
  • Forma de Administração: Oral, Intravenosa

Isoniazida - História, Descoberta e Origem

A Isoniazida é uma medicação usada no tratamento da tuberculose. Esta doença é causada por uma bactéria chamada Mycobacterium tuberculosis, que afeta principalmente os pulmões, mas também pode atingir outros órgãos do corpo. A história da Isoniazida começa em 1912, quando o bacteriologista alemão Gerhard Domagk descobriu as propriedades antibacterianas da sulfonamida, um composto sintético. Isso levou à pesquisa de outros compostos que pudessem combater a tuberculose, uma doença que na época era uma das principais causas de morte em todo o mundo. Em 1952, os cientistas Selman Waksman e Albert Schatz descobriram a estreptomicina, o primeiro antibiótico eficaz contra a tuberculose. No entanto, com o tempo, descobriu-se que a bactéria causadora da doença desenvolvia resistência a esse medicamento. Foi então que, em 1956, um grupo de pesquisadores liderados pelo bioquímico americano William Feldman descobriu a Isoniazida. A Isoniazida, também conhecida como INH, é um medicamento que age inibindo a síntese da parede celular das bactérias, o que as impede de se multiplicarem e se espalharem pelo corpo. Sua eficácia foi comprovada em estudos clínicos e, em 1956, foi aprovada pelo FDA (Food and Drug Administration) para o tratamento da tuberculose. Com o uso da Isoniazida, houve uma grande redução no número de casos de tuberculose e, consequentemente, na taxa de mortalidade causada pela doença. Além disso, esse medicamento também é usado no tratamento de outras infecções causadas por bactérias, como a hanseníase e a micobacteriose atípica. Apesar de sua eficácia, a Isoniazida pode causar alguns efeitos colaterais, como náuseas, vômitos, dor de cabeça e alterações no fígado. Por isso, seu uso deve ser sempre acompanhado por um médico e é importante seguir corretamente as orientações de dosagem e duração do tratamento. Atualmente, a Isoniazida é um medicamento essencial no tratamento da tuberculose e é incluída na lista de medicamentos essenciais da Organização Mundial da Saúde (OMS). Sua descoberta e desenvolvimento foram fundamentais para o controle e redução dessa doença que, até hoje, ainda é um problema de saúde pública em muitos países.

Indicações de uso - Isoniazida

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Isoniazida:

  • Tratamento da tuberculose
  • Prevenção da tuberculose em casos de exposição a pacientes infectados
  • Tratamento de infecções causadas por micobactérias atípicas
  • Tratamento de infecções por Mycobacterium avium em pacientes com AIDS
  • Indicada para o tratamento de infecções por micobactérias resistentes a outros antibióticos

Efeitos Colaterais - Isoniazida

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Isoniazida

  • Náusea
  • Vômito
  • Dor abdominal
  • Perda de apetite
  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Tontura
  • Ondas de calor
  • Irritação no estômago
  • Insônia
  • Dor nas articulações
  • Formigamento ou dormência nas mãos ou pés
  • Icterícia (coloração amarelada da pele e dos olhos)
  • Aumento da sensibilidade à luz solar
  • Alergia na pele
  • Problemas no fígado
  • Neuropatia periférica (lesão nos nervos periféricos)
  • Reações alérgicas graves (anafilaxia)

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Isoniazida não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Isoniazida?

  • Pessoas com hipersensibilidade conhecida à isoniazida ou a qualquer componente da fórmula;
  • Pacientes com doença hepática ativa ou histórico de doença hepática causada por isoniazida;
  • Pacientes com histórico de reações tóxicas graves à isoniazida;
  • Pacientes com doença hepática aguda, incluindo hepatite viral aguda;
  • Pacientes com histórico de neuropatia periférica induzida por isoniazida;
  • Pacientes com histórico de alergia a outros medicamentos da classe das hidrazidas, como a rifampicina ou a pirazinamida;
  • Uso concomitante com medicamentos que possam causar hepatotoxicidade, como o álcool, carbamazepina e fenitoína;
  • Pacientes com doenças crônicas, como diabetes, insuficiência renal ou HIV, que possam aumentar o risco de toxicidade da isoniazida;
  • Gestantes e lactantes, a menos que os benefícios superem os riscos potenciais;
  • Crianças menores de 2 anos de idade, a menos que seja estritamente necessário e sob supervisão médica.

Como Usar Isoniazida

A isoniazida é um medicamento usado no tratamento da tuberculose. Geralmente, é tomada uma vez ao dia em jejum, pelo menos uma hora antes das refeições ou duas horas após as refeições. É importante seguir as instruções do médico e completar o curso de tratamento prescrito, mesmo que os sintomas melhorem antes. Também é importante evitar consumir álcool enquanto estiver tomando isoniazida, pois pode aumentar o risco de problemas hepáticos. É fundamental sempre consultar um profissional de saúde para obter orientações personalizadas e corretas sobre o uso desse medicamento.

Média de Preço do Isoniazida - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Isoniazida em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 20,00
  • EUA: $5.00
  • Euro: €4.00

Os preços do Isoniazida podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Isoniazida?

A isoniazida é um antibiótico usado para tratar infecções micobacterianas; mais comumente utilizada em combinação com outros agentes antimicobacterianos para o tratamento de tuberculose ativa ou latente.

As informações do Isoniazida são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese