Hidrato de cloral - Informações

O hidrato de cloral é um hipnótico leve usado para fins experimentais que foi anteriormente utilizado para o tratamento da insônia. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Hidrato de cloral, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Hidrato de cloral

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Hidrato de cloral:

  • Nome: Hidrato de cloral
  • Nome em Inglês: Chloral hydrate
  • Nome Genérico: Chloral hydrate
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C2H3Cl3O2

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Trichloroethanal
  • Fórmula molecular: C2H3Cl3O2
  • Peso molecular: 147.388 g/mol
  • Classe terapêutica: Sedativo, hipnótico
  • Mecanismo de ação: Potencializa a ativação do receptor GABAA
  • Forma de administração: Oral, intravenosa

Hidrato de cloral - História, Descoberta e Origem

O hidrato de cloral é um composto químico que é utilizado como sedativo e hipnótico. Ele é um dos primeiros sedativos a serem descobertos e utilizados na medicina. O hidrato de cloral é um líquido incolor com um odor doce, mas amargo. Ele é solúvel em água e álcool e é geralmente administrado por via oral.

A história do hidrato de cloral remonta ao século XIX, quando foi sintetizado pela primeira vez em 1832 pelo químico alemão Justus von Liebig. Ele descobriu que, ao reagir o ácido clorídrico com o álcool etílico, era produzido um líquido que tinha propriedades sedativas. Ele chamou essa substância de "hidrato de cloral" devido à presença de cloro em sua estrutura química.

No final do século XIX, o hidrato de cloral começou a ser utilizado como sedativo e hipnótico em pacientes com distúrbios do sono. Ele foi considerado uma alternativa mais segura e eficaz aos sedativos anteriores, como o ópio e a morfina. No entanto, seu uso excessivo e prolongado pode levar à dependência e a efeitos colaterais graves, como distúrbios hepáticos e renais.

Com o avanço da medicina e o desenvolvimento de novos medicamentos, o hidrato de cloral foi gradualmente substituído por outras opções de tratamento. No entanto, ele ainda é utilizado em algumas situações específicas, como em cirurgias pediátricas e em casos de insônia severa. Além disso, o hidrato de cloral também é utilizado na indústria química como um solvente e na produção de outros compostos químicos.

Em resumo, o hidrato de cloral tem uma longa história como sedativo e hipnótico, mas seu uso foi diminuindo com o passar dos anos devido a preocupações com sua segurança e eficácia. No entanto, ele ainda é uma opção de tratamento em certas situações e continua sendo um composto químico importante na indústria. É sempre importante seguir as recomendações médicas e utilizar qualquer medicamento com cautela e responsabilidade.

Indicações de uso - Hidrato de cloral

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Hidrato de cloral:

  • Tratamento de insônia
  • Alívio de dores agudas
  • Redução de ansiedade
  • Indicado para casos de convulsões
  • Uso em procedimentos médicos para sedação
  • Tratamento de agitação e delírios em pacientes psiquiátricos
  • Alívio de sintomas de abstinência em dependentes de álcool
  • Uso em casos de enurese noturna
  • Tratamento de pesadelos recorrentes em crianças
  • Redução de sintomas de síndrome de abstinência de opioides

Efeitos Colaterais - Hidrato de cloral

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Hidrato de cloral

  • Náusea
  • Vômito
  • Dor abdominal
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Sonolência
  • Confusão mental
  • Agitação
  • Ansiedade
  • Irritabilidade
  • Insônia
  • Alterações no humor
  • Palpitações
  • Pressão baixa
  • Respiração lenta
  • Reações alérgicas
  • Diminuição da produção de saliva
  • Boca seca
  • Visão turva
  • Urina escura
  • Pele amarelada
  • Febre
  • Convulsões
  • Coma

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Hidrato de cloral não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Hidrato de cloral?

  • Não deve ser usado em pacientes com hipersensibilidade ao hidrato de cloral ou a qualquer outro componente da fórmula;
  • Não deve ser utilizado em pacientes com insuficiência hepática, insuficiência renal ou insuficiência cardíaca grave;
  • Deve ser evitado em pacientes com histórico de abuso de álcool ou drogas;
  • Não deve ser utilizado em pacientes com miastenia gravis ou outras doenças neuromusculares;
  • Pode causar sonolência e diminuir os reflexos, por isso deve-se ter cuidado ao dirigir ou operar máquinas;
  • Deve ser evitado em pacientes com glaucoma ou doenças oculares graves;
  • Pode interagir com outros medicamentos, por isso é importante informar o médico sobre qualquer outro medicamento em uso;
  • Pode causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos, tonturas, dor de cabeça, entre outros;
  • Deve ser utilizado com cautela em pacientes idosos, pois podem ser mais sensíveis aos efeitos do medicamento;
  • Deve ser evitado em mulheres grávidas ou amamentando, a menos que seja estritamente necessário e sob orientação médica.

Como Usar Hidrato de cloral

O hidrato de cloral é um composto químico que tem sido amplamente usado como sedativo e hipnótico, embora seu uso tenha diminuído devido a preocupações com seus efeitos colaterais. Ele geralmente é administrado por via oral, na forma de líquido ou cápsula. O hidrato de cloral é comumente utilizado em ambientes hospitalares para sedar pacientes antes de procedimentos cirúrgicos ou para induzir o sono em situações clínicas específicas. No entanto, seu uso é limitado devido aos efeitos adversos, como irritação gastrointestinal, sonolência prolongada, distúrbios respiratórios e possibilidade de overdose. É importante notar que o uso do hidrato de cloral deve ser estritamente supervisionado por profissionais de saúde qualificados, e os pacientes devem ser monitorados de perto devido aos riscos associados ao seu uso. Além disso, devido aos avanços em medicamentos mais seguros e eficazes para sedação e indução do sono, o uso de hidrato de cloral tem diminuído ao longo do tempo.

Média de Preço do Hidrato de cloral - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Hidrato de cloral em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil - R$ 50,00
  • EUA - $ 10,00
  • Euro - € 8,00

Os preços do Hidrato de cloral podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Hidrato de cloral?

O hidrato de cloral é um hipnótico leve usado para fins experimentais que foi anteriormente utilizado para o tratamento da insônia.

As informações do Hidrato de cloral são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese