Galantamina - Informações

A galantamina é um inibidor da colinesterase usado para controlar a demência leve a moderada associada à doença de Alzheimer. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Galantamina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Galantamina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Galantamina:

  • Nome: Galantamina
  • Nome em Inglês: Galantamine
  • Nome Genérico: Galantamine
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C17H21NO3

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Galantamine
  • Fórmula molecular: C17H21NO3
  • Peso molecular: 287.35 g/mol
  • Classe terapêutica: Inibidor da acetilcolinesterase
  • Mecanismo de ação: Aumenta a concentração de acetilcolina no cérebro, melhorando a função cognitiva
  • Forma de administração: Oral (cápsulas, comprimidos) ou tópica (patch transdérmico)

Galantamina - História, Descoberta e Origem

A galantamina é um composto químico utilizado para tratar a doença de Alzheimer. Ela foi descoberta em 1957 por pesquisadores búlgaros que estavam procurando por um tratamento para a poliomielite, uma doença viral que afeta o sistema nervoso e pode causar paralisia.

No entanto, a galantamina só ganhou destaque na década de 1990, quando pesquisadores franceses e alemães iniciaram estudos para investigar seus efeitos no cérebro. Eles descobriram que a substância era capaz de aumentar os níveis de acetilcolina, um neurotransmissor importante para a memória e aprendizagem.

Com base nesses resultados, a galantamina foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em 2001 para o tratamento da doença de Alzheimer leve a moderada. Desde então, tem sido utilizada em diversos países ao redor do mundo para ajudar pacientes com a doença a melhorar a memória e a cognição.

Além de sua descoberta como possível tratamento para a poliomielite e sua aprovação para o Alzheimer, a galantamina também tem sido estudada para outras condições neurológicas, como o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e a esquizofrenia. No entanto, ainda são necessárias mais pesquisas para confirmar sua eficácia nessas áreas.

Em termos de origem, a galantamina é encontrada naturalmente em algumas plantas, como o narciso e a flor-da-morte, sendo extraída principalmente das raízes dessas plantas. No entanto, para uso medicinal, é produzida em laboratório por meio de síntese química.

Em resumo, a galantamina é uma substância importante no tratamento da doença de Alzheimer e tem sido alvo de muitos estudos e pesquisas para entender melhor seus efeitos e possíveis aplicações em outras condições neurológicas. Sua origem natural e sintética a tornam uma opção viável para pacientes que precisam de ajuda para melhorar sua memória e cognição.

Indicações de uso - Galantamina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Galantamina:

  • Tratamento da doença de Alzheimer;
  • Previne e retarda a perda de memória em pacientes com Alzheimer;
  • Auxilia no aumento da concentração e da capacidade cognitiva;
  • Trata a demência vascular;
  • Reduz os sintomas de depressão em pacientes com Alzheimer;
  • Melhora a qualidade de vida dos pacientes com Alzheimer e seus cuidadores;
  • Estimula a produção de acetilcolina, neurotransmissor essencial para a memória;
  • Pode ser usado em conjunto com outros medicamentos para o tratamento do Alzheimer;
  • Pode ser utilizado em pacientes de todas as idades;
  • É seguro e bem tolerado pela maioria dos pacientes;
  • Pode ser encontrado em diferentes formas farmacêuticas, como comprimidos e solução oral.

Efeitos Colaterais - Galantamina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Galantamina

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômito
  • Diarreia
  • Perda de apetite
  • Boca seca
  • Tontura
  • Insônia
  • Fadiga
  • Ansiedade
  • Confusão mental
  • Alucinações
  • Reações cutâneas
  • Dificuldade de coordenação motora
  • Pressão baixa
  • Problemas cardíacos
  • Problemas respiratórios
  • Convulsões
  • Reações alérgicas

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Galantamina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Galantamina?

  • Não deve ser utilizado por pacientes com hipersensibilidade à galantamina ou a qualquer um dos componentes da fórmula.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com doença hepática grave.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com doença renal grave.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com problemas cardíacos graves, como arritmias.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com história de convulsões.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com úlcera péptica ativa ou histórico de sangramento gastrointestinal.
  • Não deve ser utilizado por pacientes com asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).
  • Não deve ser utilizado por pacientes com hipotensão.
  • Pode interferir com a ação de outros medicamentos, por isso é importante informar ao médico sobre todos os medicamentos em uso antes de iniciar o tratamento com galantamina.
  • Não é recomendado o uso em mulheres grávidas ou lactantes, a menos que seja absolutamente necessário e sob orientação médica.

Como Usar Galantamina

A galantamina é um medicamento utilizado no tratamento da doença de Alzheimer. Deve ser tomada conforme as orientações do médico, geralmente associada a uma refeição. É importante seguir a dose prescrita e a frequência correta, para garantir a eficácia e minimizar os efeitos colaterais. Além disso, é fundamental informar o médico sobre outros medicamentos que esteja tomando, pois podem ocorrer interações medicamentosas. Nunca ajuste a dose ou interrompa o uso sem aconselhamento médico.

Média de Preço do Galantamina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Galantamina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 150,00
  • EUA: $50,00
  • Euro: €45,00

Os preços do Galantamina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Galantamina?

A galantamina é um inibidor da colinesterase usado para controlar a demência leve a moderada associada à doença de Alzheimer.

As informações do Galantamina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese