Fospropofol - Informações

Fospropofol é um sedativo Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Fospropofol, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Fospropofol

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Fospropofol:

  • Nome: Fospropofol
  • Nome em Inglês: Fospropofol
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C13H21O5P

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: 2,6-diisopropilfenol fosfato
  • Formula Molecular: C13H19O5P
  • Peso Molecular: 290.262 g/mol
  • Classe Terapêutica: Hipnótico
  • Mecanismo de Ação: Potencializa a atividade do ácido gama-aminobutírico (GABA) no cérebro
  • Forma de Administração: Injeção intravenosa

Fospropofol - História, Descoberta e Origem

O fospropofol é um medicamento sedativo e hipnótico que é usado para induzir e manter a anestesia geral durante procedimentos cirúrgicos. Também é conhecido pelo nome comercial Lusedra.

A substância foi descoberta e desenvolvida pela empresa farmacêutica Abbott Laboratories, que a lançou no mercado em 2008. Mas, antes de ser aprovada para uso médico, o fospropofol passou por uma longa jornada de pesquisa e desenvolvimento.

Tudo começou na década de 1970, quando os cientistas da Abbott começaram a investigar um composto chamado propofol, que havia sido descoberto por outra empresa farmacêutica. O propofol é um anestésico muito eficaz, mas tem alguns efeitos colaterais indesejados, como dor no local da injeção e náusea.

Então, os pesquisadores da Abbott começaram a trabalhar em uma forma de melhorar o propofol, eliminando seus efeitos colaterais. Eles criaram o fospropofol, uma versão modificada do propofol que é mais solúvel em água e, portanto, menos dolorosa quando injetada. Além disso, o fospropofol tem um tempo de ação mais curto, o que significa que o paciente acorda mais rapidamente após a anestesia.

Ao longo dos anos, o fospropofol foi submetido a estudos clínicos e testes para garantir sua segurança e eficácia. Em 2008, foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA), órgão regulador de medicamentos nos Estados Unidos, para uso em anestesia geral.

O fospropofol é administrado por via intravenosa e é usado principalmente em hospitais e clínicas para procedimentos cirúrgicos que requerem anestesia geral. Ele age no sistema nervoso central, produzindo um efeito sedativo e hipnótico, o que significa que o paciente fica relaxado e adormecido durante o procedimento.

Embora o fospropofol tenha sido aprovado apenas em 2008, ele já é amplamente utilizado em todo o mundo e tem sido considerado um avanço importante no campo da anestesia. Seus efeitos colaterais são mínimos e ele é considerado seguro e eficaz para a maioria dos pacientes.

Em resumo, o fospropofol é uma droga importante e útil que foi descoberta e desenvolvida pela Abbott Laboratories. Sua história de pesquisa e desenvolvimento é um exemplo de como a ciência e a medicina trabalham juntas para melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas.

Indicações de uso - Fospropofol

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Fospropofol:

  • Para indução e manutenção da anestesia geral em pacientes adultos saudáveis ​​submetidos a cirurgias e procedimentos diagnósticos invasivos.
  • Indicado para pacientes com idade entre 18 e 65 anos.
  • Pode ser usado em combinação com outros agentes anestésicos.
  • Não deve ser usado em pacientes com hipersensibilidade ao fospropofol ou a qualquer outro componente da fórmula.
  • Pode causar sonolência, tontura e náusea após a administração.
  • Deve ser administrado por um profissional de saúde treinado e em ambiente hospitalar.
  • Exige monitoramento contínuo dos sinais vitais do paciente durante a administração.
  • Pode causar depressão respiratória, por isso deve ser utilizado com cautela em pacientes com doenças respiratórias pré-existentes.
  • Deve ser armazenado em temperatura ambiente e protegido da luz e umidade.
  • Pode interagir com outros medicamentos, como benzodiazepínicos e opioides, por isso é importante informar ao médico sobre todos os medicamentos em uso antes da administração.

Efeitos Colaterais - Fospropofol

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Fospropofol

  • Náusea
  • Vômito
  • Tontura
  • Dor de cabeça
  • Sonolência
  • Confusão mental
  • Agitação
  • Insônia
  • Alterações na pressão arterial
  • Alterações na frequência cardíaca
  • Alterações respiratórias
  • Alterações no nível de consciência
  • Reações alérgicas
  • Distúrbios do sistema nervoso central
  • Distúrbios gastrointestinais
  • Distúrbios cardiovasculares
  • Distúrbios respiratórios
  • Distúrbios renais
  • Distúrbios hepáticos
  • Distúrbios musculoesqueléticos
  • Distúrbios hematológicos
  • Distúrbios endócrinos
  • Distúrbios imunológicos
  • Distúrbios psiquiátricos

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Fospropofol não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Fospropofol?

  • Não deve ser utilizado por pacientes com hipersensibilidade ao fospropofol ou a outros componentes da fórmula;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com insuficiência renal grave;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com insuficiência hepática grave;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com miastenia gravis;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com hipersensibilidade a fármacos do grupo dos benzodiazepínicos;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com alergia a ovo, soja ou amendoim, pois o fospropofol pode conter traços desses alérgenos;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com doenças cardiovasculares graves, como insuficiência cardíaca, angina instável ou arritmias graves;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com histórico de abuso de álcool ou outras drogas;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com dificuldade em respirar ou que necessitam de suporte ventilatório;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com glaucoma de ângulo fechado;
  • Não deve ser utilizado por pacientes com grave comprometimento da função cerebral ou pressão intracraniana elevada.

Como Usar Fospropofol

Fospropofol, também conhecido como Lusedra, é um agente anestésico de curta duração que é administrado por via intravenosa. Ele é geralmente utilizado para a indução e manutenção da anestesia durante procedimentos cirúrgicos ou para sedação durante procedimentos médicos, como endoscopia. O fospropofol é administrado por um profissional de saúde treinado, geralmente um anestesiologista ou enfermeiro anestesista, em um ambiente hospitalar ou clínica. A dosagem e a administração do medicamento são cuidadosamente monitoradas para garantir que a pessoa receba a quantidade adequada para alcançar o nível desejado de sedação ou anestesia. Antes de receber fospropofol, é importante informar ao médico sobre qualquer condição médica pré-existente, alergias a medicamentos ou outras drogas que esteja tomando. Após a administração, o paciente é monitorado de perto para garantir uma recuperação segura e sem complicações. Devido à natureza potente do fospropofol, seu uso é restrito a ambiente médico e deve ser administrado apenas por profissionais de saúde qualificados.

Média de Preço do Fospropofol - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Fospropofol em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 600,00
  • EUA: $150,00
  • Euro: €130,00

Os preços do Fospropofol podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Fospropofol?

Fospropofol é um sedativo

As informações do Fospropofol são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese