Fosfato de betametasona - Informações

O fosfato de betametasona é um pró-fármaco de éster de ação rápida de um corticosteroide usado para tratar condições inflamatórias. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Fosfato de betametasona, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Fosfato de betametasona

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Fosfato de betametasona:

  • Nome: Fosfato de betametasona
  • Nome em Inglês: Betamethasone phosphate
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C22H30FO8P

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Betamethasone phosphate
  • Fórmula Molecular: C22H29FO5
  • Peso Molecular: 392.47 g/mol
  • Classe Terapêutica: Corticosteroid
  • Mecanismo de Ação: Redução da inflamação e supressão do sistema imunológico
  • Forma de Administração: Tópica, oral ou parenteral

Fosfato de betametasona - História, Descoberta e Origem

O fosfato de betametasona é um medicamento anti-inflamatório que faz parte de um grupo de corticosteroides sintéticos. Ele é usado para tratar uma grande variedade de doenças inflamatórias, como artrite, asma, dermatite, entre outras. A história do fosfato de betametasona começa com a descoberta dos corticosteroides na década de 1930. Na época, pesquisadores perceberam que alguns hormônios produzidos pelas glândulas adrenais tinham propriedades anti-inflamatórias e imunossupressoras. Isso levou ao desenvolvimento de corticosteroides sintéticos, como a betametasona. A betametasona foi sintetizada pela primeira vez em 1959, por uma equipe de pesquisadores liderada por Arthur Nobile, da Schering Corporation. Ela foi a primeira corticosteroide a ser produzida em grande escala e logo se tornou um dos medicamentos mais prescritos no tratamento de doenças inflamatórias. O fosfato de betametasona foi criado posteriormente, em 1960, como uma forma de aumentar a solubilidade da betametasona e, assim, melhorar sua absorção pelo organismo. Ele é um éster de betametasona com ácido fosfórico e é geralmente administrado por via intramuscular ou intravenosa. Hoje, o fosfato de betametasona é utilizado principalmente para tratar condições inflamatórias agudas e crônicas, como artrite reumatoide, asma, dermatite, entre outras. Ele age reduzindo a inflamação e suprimindo o sistema imunológico, aliviando os sintomas dessas doenças. Apesar de ser eficaz no tratamento de diversas condições, o fosfato de betametasona deve ser utilizado com cautela, pois possui efeitos colaterais e pode causar complicações em algumas pessoas. Por isso, é importante seguir as orientações médicas e não utilizar o medicamento sem prescrição. Em resumo, o fosfato de betametasona é um medicamento anti-inflamatório que faz parte de um grupo de corticosteroides sintéticos. Sua história remonta à década de 1930, e desde então tem sido um importante aliado no tratamento de doenças inflamatórias, melhorando a qualidade de vida de milhões de pessoas ao redor do mundo.

Indicações de uso - Fosfato de betametasona

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Fosfato de betametasona:

  • Tratamento de doenças inflamatórias, alérgicas e imunológicas
  • Alívio de sintomas como vermelhidão, coceira e inchaço
  • Indicado para dermatites, eczemas, psoríase, entre outras condições de pele
  • Pode ser utilizado em forma de creme, pomada, loção, gel ou solução
  • Deve ser aplicado apenas na região afetada, evitando contato com os olhos e mucosas
  • Uso adulto e pediátrico, a partir de 2 anos de idade
  • Possíveis efeitos colaterais incluem irritação na pele, afinamento da pele, entre outros
  • Contraindicado para pessoas com alergia aos componentes da fórmula
  • Uso deve ser feito sob prescrição e acompanhamento médico

Efeitos Colaterais - Fosfato de betametasona

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Fosfato de betametasona

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômitos
  • Dor abdominal
  • Aumento da pressão arterial
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Alterações na pele (como acne, estrias)
  • Afinamento da pele
  • Aumento do apetite
  • Ganho de peso
  • Fraqueza muscular
  • Tontura
  • Retenção de líquidos
  • Alterações nos ciclos menstruais
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Alterações na visão
  • Aumento de pelos no corpo
  • Dificuldade em cicatrização de feridas

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Fosfato de betametasona não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Fosfato de betametasona?

  • Uso em pacientes com hipersensibilidade conhecida ao fosfato de betametasona ou a qualquer componente da fórmula.
  • Infecções fúngicas ou virais da pele, incluindo herpes simples, varicela e tuberculose cutânea.
  • Uso em áreas com lesões ulceradas.
  • Tuberculose pulmonar ativa ou latente.
  • Uso prolongado em grandes áreas do corpo ou em dobras de pele.
  • Uso em crianças menores de 2 anos.
  • Uso em pacientes com rosácea, acne ou dermatite perioral.
  • Uso em pacientes com insuficiência renal ou hepática grave.
  • Uso em pacientes com diabetes mellitus ou hipertensão arterial.
  • Uso em pacientes com osteoporose ou outras doenças ósseas.

Como Usar Fosfato de betametasona

Fosfato de betametasona é um medicamento geralmente prescrito na forma de pomada, creme ou solução para uso tópico. É importante seguir as instruções do médico ou as orientações do rótulo do medicamento. Geralmente, a aplicação envolve a limpeza da área afetada antes de aplicar uma fina camada do medicamento na pele, massageando suavemente até que seja absorvido. Evite o contato com os olhos e mucosas. Utilize a quantidade prescrita e não interrompa o uso sem a orientação do médico. Se tiver alguma dúvida sobre como usar o fosfato de betametasona, consulte um profissional de saúde.

Média de Preço do Fosfato de betametasona - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Fosfato de betametasona em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil - R$ 15,00
  • EUA - $10.00
  • Euro - €8.00

Os preços do Fosfato de betametasona podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Fosfato de betametasona?

O fosfato de betametasona é um pró-fármaco de éster de ação rápida de um corticosteroide usado para tratar condições inflamatórias.

As informações do Fosfato de betametasona são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese