Fluticasona - Informações

A Fluticasona é um corticosteroide indicado no tratamento de dermatoses responsivas a corticosteroides, asma e DPOC. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Fluticasona, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Fluticasona

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Fluticasona:

  • Nome: Fluticasona
  • Nome em Inglês: Fluticasone
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C22H27F3O4S

Informações Avançadas:

  • Nome químico: (6α,11β,16α,17α)-6,9-difluoro-11,17-dihydroxy-16-methyl-3-oxoandrosta-1,4-diene-17-carbothioic acid S-fluoromethyl ester
  • Formula molecular: C22H27F3O4S
  • Peso molecular: 444.52 g/mol
  • Classe terapêutica: Corticosteroide
  • Mecanismo de ação: Atua como um agonista de receptores de glucocorticoides, inibindo a liberação de mediadores pró-inflamatórios
  • Forma de administração: Inalatório, nasal ou tópico

Fluticasona - História, Descoberta e Origem

A fluticasona é um medicamento pertencente à classe dos corticosteroides, utilizado para tratar condições inflamatórias e alérgicas como asma, rinite alérgica e dermatite. Este medicamento é um corticosteroide sintético que age no organismo como um anti-inflamatório potente.

A história da fluticasona começa na década de 1970, quando pesquisadores da empresa farmacêutica GlaxoSmithKline desenvolveram um composto químico chamado flúor beclometasona. Esse composto apresentava propriedades anti-inflamatórias e foi utilizado para tratar doenças respiratórias como a asma.

No entanto, a flúor beclometasona apresentava alguns efeitos colaterais indesejados, como a supressão do sistema imunológico e a retenção de líquidos. Por isso, os pesquisadores continuaram trabalhando para aprimorar o composto e desenvolver uma versão mais eficaz e com menos efeitos colaterais.

Foi então que, em 1981, a fluticasona foi sintetizada. Essa nova substância possuía uma estrutura química modificada, que permitia uma maior afinidade com os receptores de corticosteroides no organismo, tornando-a mais potente que a flúor beclometasona.

A fluticasona foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em 1990 para o tratamento da asma. Desde então, este medicamento tem sido utilizado com sucesso no tratamento de diversas condições inflamatórias e alérgicas, tornando-se um dos corticosteroides mais prescritos em todo o mundo.

Além do tratamento da asma, a fluticasona também é utilizada no tratamento da rinite alérgica, uma condição inflamatória que afeta o nariz e os seios da face. A rinite alérgica é causada por uma reação exagerada do sistema imunológico a substâncias alergênicas, como ácaros, pólen e pelos de animais.

Outra indicação da fluticasona é no tratamento da dermatite, uma condição inflamatória da pele que pode ser causada por alergias, infecções, irritações ou doenças autoimunes. A aplicação tópica da fluticasona ajuda a reduzir a inflamação e os sintomas da dermatite, como coceira, vermelhidão e descamação.

Em resumo, a fluticasona é um medicamento de extrema importância no tratamento de condições inflamatórias e alérgicas, proporcionando alívio dos sintomas e melhor qualidade de vida para milhões de pessoas em todo o mundo.

Indicações de uso - Fluticasona

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Fluticasona:

  • Tratamento de asma
  • Prevenção de ataques de asma
  • Controle de sintomas de rinite alérgica
  • Redução de inflamação e edema nas vias aéreas
  • Alívio de sintomas como falta de ar, tosse e chiado no peito
  • Pode ser usado em crianças a partir de 4 anos de idade
  • Recomendado para uso diário
  • Deve ser administrado por inalação
  • Pode ser usado em combinação com outros medicamentos para asma
  • Indicado para pacientes com asma persistente

Efeitos Colaterais - Fluticasona

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Fluticasona

  • Dor de cabeça
  • Irritação na garganta
  • Secura nasal
  • Espirros
  • Tosse
  • Náusea
  • Vômito
  • Dor de estômago
  • Alterações no paladar
  • Alterações nos batimentos cardíacos
  • Visão embaçada
  • Sangramento nasal
  • Alergia na pele
  • Alterações no humor
  • Insônia
  • Perda de apetite
  • Aumento da pressão arterial
  • Tontura
  • Fadiga
  • Retenção de líquidos

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Fluticasona não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Fluticasona?

  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipersensibilidade conhecida à fluticasona ou a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Deve ser utilizado com cautela em pacientes com tuberculose pulmonar ativa ou latente, infecções fúngicas, virais ou bacterianas não controladas, insuficiência hepática grave, glaucoma de ângulo aberto, catarata, osteoporose, diabetes mellitus, hipertensão arterial, doença cardiovascular, hipotiroidismo, distúrbios convulsivos ou distúrbios psiquiátricos;
  • Não deve ser utilizado em crianças menores de 4 anos de idade.

Como Usar Fluticasona

A fluticasona é um medicamento que geralmente é inalado através de um inalador de dose medida. Para usar corretamente, siga as instruções do seu médico. Geralmente, o processo envolve os seguintes passos: 1. Retire a tampa do inalador e agite-o suavemente. 2. Expire completamente e coloque o bocal na boca, formando um selo com os lábios. 3. Comece a inalar e, ao mesmo tempo, pressione o inalador para liberar a dose do medicamento. 4. Após inalar completamente, remova o inalador da boca e segure a respiração por cerca de 10 segundos, se possível, para permitir que o medicamento seja absorvido. Lembre-se sempre de seguir as instruções do seu médico ou do folheto informativo que acompanha o medicamento. Em caso de dúvidas, consulte um profissional de saúde.

Média de Preço do Fluticasona - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Fluticasona em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 50,00
  • EUA: $15,00
  • Euro: €10,00

Os preços do Fluticasona podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Fluticasona?

A Fluticasona é um corticosteroide indicado no tratamento de dermatoses responsivas a corticosteroides, asma e DPOC.

As informações do Fluticasona são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese