Fenol - Informações

O fenol é um antisséptico e desinfetante usado em diversas situações. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Fenol, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Fenol

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Fenol:

  • Nome: Fenol
  • Nome em Inglês: Phenol
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C6H6O

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Fenol
  • Formula molecular: C6H6O
  • Peso molecular: 94.11 g/mol
  • Classe terapêutica: Antisséptico
  • Mecanismo de ação: Desnaturação de proteínas
  • Forma de administração: Tópica

Fenol - História, Descoberta e Origem

Fenol é um composto químico que possui a fórmula molecular C6H6O. Ele é um ácido fraco, altamente corrosivo e tóxico, também conhecido como ácido carbílico ou ácido fênico. Sua origem está ligada ao alcatrão de hulha, uma substância derivada do carvão mineral.

O fenol foi descoberto em 1834 pelo químico alemão Friedrich August Kekulé, que o isolou pela primeira vez de resíduos de alcatrão de hulha. No entanto, só foi possível identificar sua estrutura química em 1865, quando o químico alemão Adolf von Baeyer determinou que o fenol era um composto aromático.

Uma das aplicações iniciais do fenol foi como antisséptico, sendo utilizado principalmente em hospitais para desinfetar ferimentos e instrumentos cirúrgicos. No entanto, com o avanço da indústria química, o fenol passou a ser utilizado em diversos processos industriais, como na produção de plásticos, resinas, tintas, explosivos e medicamentos.

Além disso, o fenol também é utilizado como matéria-prima na produção de outros compostos químicos, como o ácido salicílico, utilizado na fabricação de medicamentos como a aspirina. Ele também é um importante reagente em diversas reações orgânicas, como a síntese de álcoois, cetonas e ácidos carboxílicos.

Apesar de sua ampla utilização, o fenol é considerado um composto químico perigoso, devido à sua alta toxicidade. Ele pode causar irritação na pele e nas mucosas, além de ser corrosivo para os tecidos. Por isso, é necessário tomar cuidado ao manuseá-lo e utilizá-lo apenas em ambientes controlados e com equipamentos de proteção adequados.

Em resumo, o fenol é um composto químico de grande importância na indústria e na medicina, mas que requer cuidados no seu manuseio devido à sua toxicidade. Sua origem está ligada ao alcatrão de hulha, e sua descoberta e estrutura foram determinadas por químicos alemães durante o século XIX.

Indicações de uso - Fenol

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Fenol:

  • Desinfetante
  • Antisséptico
  • Conservante
  • Matéria-prima para produção de resinas
  • Produção de medicamentos para tratamento de doenças de pele
  • Produção de corantes e pigmentos
  • Produção de plásticos e fibras sintéticas
  • Tratamento de água

Efeitos Colaterais - Fenol

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Fenol

  • Irritação na pele
  • Queimaduras
  • Dor ou desconforto no local de aplicação
  • Vermelhidão e inchaço na pele
  • Sensibilidade ao sol
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Náusea
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Dificuldade para respirar
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Alterações na pressão arterial
  • Confusão mental
  • Convulsões
  • Coma
  • Danos ao fígado e rins
  • Reações alérgicas graves

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Fenol não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Fenol?

  • Não deve ser usado em pacientes com hipersensibilidade ao fenol ou a qualquer outro componente da fórmula
  • Não deve ser usado em pacientes com doenças hepáticas ou renais graves
  • Não deve ser usado em pacientes com distúrbios do sistema nervoso central, como epilepsia ou esquizofrenia
  • Não deve ser usado em pacientes com histórico de reações alérgicas a anestésicos locais
  • Não deve ser usado em áreas com lesões ou inflamações
  • Não deve ser usado em crianças, mulheres grávidas ou lactantes sem recomendação médica
  • Pode interagir com outros medicamentos, por isso é importante informar ao médico sobre todos os remédios em uso

Como Usar Fenol

O fenol pode ser usado de várias maneiras, dependendo da aplicação desejada. No entanto, é importante seguir as instruções de segurança ao lidar com fenol, como usar equipamento de proteção, ventilação adequada e seguir as orientações do rótulo do produto. Para usos específicos do fenol, consulte as instruções do fabricante ou um profissional qualificado para orientação.

Média de Preço do Fenol - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Fenol em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 15,00
  • EUA: $5,00
  • Euro: €4,00

Os preços do Fenol podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Fenol?

O fenol é um antisséptico e desinfetante usado em diversas situações.

As informações do Fenol são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese