Estavudina - Informações

A estavudina é um dideoxinucleosídeo usado no tratamento da infecção pelo HIV. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Estavudina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Estavudina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Estavudina:

  • Nome: Estavudina
  • Nome em Inglês: Stavudine
  • Nome Genérico: Stavudine
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C10H12N2O4

Informações Avançadas:

  • Nome químico: 2',3'-didehydro-3'-deoxythymidine
  • Fórmula molecular: C10H12N2O4
  • Peso molecular: 224.213 g/mol
  • Classe terapêutica: Antiviral
  • Mecanismo de ação: Inibidor da transcriptase reversa do HIV
  • Forma de administração: Via oral, geralmente em cápsulas ou comprimidos

Estavudina - História, Descoberta e Origem

A estavudina, também conhecida como d4T, é um medicamento antirretroviral utilizado no tratamento da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). Ela faz parte da classe de medicamentos chamados de inibidores de transcriptase reversa nucleosídeos (NRTIs), que atuam bloqueando a ação da enzima transcriptase reversa do HIV, impedindo assim a replicação do vírus.

O desenvolvimento da estavudina teve origem na década de 1980, quando os cientistas começaram a estudar compostos que pudessem inibir a ação da transcriptase reversa do HIV. Em 1991, a primeira versão da droga foi aprovada pelo Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos. No entanto, essa primeira versão apresentava alguns efeitos colaterais graves, como neuropatia periférica e pancreatite, o que levou ao desenvolvimento de uma nova formulação mais segura.

A versão atual da estavudina foi aprovada em 1994 e se tornou uma das drogas mais utilizadas no tratamento da infecção pelo HIV em todo o mundo. Além de ser eficaz no controle da replicação do vírus, a estavudina também é bem tolerada pelos pacientes, apresentando poucos efeitos colaterais em comparação com outros medicamentos antirretrovirais.

Apesar de ser uma droga importante no tratamento do HIV, a estavudina não é mais recomendada como terapia de primeira linha, devido ao surgimento de outras drogas mais eficazes e com menos efeitos colaterais. No entanto, ela ainda é utilizada em combinação com outros antirretrovirais em pacientes que não respondem bem a outras terapias.

Em resumo, a estavudina é um medicamento antirretroviral importante no tratamento da infecção pelo HIV, desenvolvido a partir de estudos sobre a ação da enzima transcriptase reversa. Apesar de não ser mais a primeira opção de tratamento, ela continua sendo uma opção eficaz e bem tolerada por muitos pacientes. É mais um avanço na luta contra o HIV e uma esperança para aqueles que vivem com essa doença.

Indicações de uso - Estavudina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Estavudina:

  • Tratamento de infecção pelo vírus HIV
  • Redução da carga viral no organismo
  • Combate à replicação do vírus
  • Prevenção de complicações relacionadas à AIDS
  • Indicado para pacientes com HIV positivo
  • Pode ser usado em conjunto com outros medicamentos antirretrovirais
  • Uso oral, em comprimidos ou solução
  • Deve ser utilizado sob orientação médica
  • Pode causar efeitos colaterais, como náuseas, vômitos e diarreia
  • Não deve ser utilizado por gestantes ou mulheres em fase de amamentação

Efeitos Colaterais - Estavudina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Estavudina

  • Náusea
  • Vômito
  • Diarreia
  • Fadiga
  • Dor abdominal
  • Tontura
  • Dor de cabeça
  • Aumento de gases
  • Insônia
  • Alterações no paladar
  • Erupções cutâneas
  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Aumento da sensibilidade à luz
  • Alterações nos níveis de açúcar no sangue

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Estavudina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Estavudina?

  • Danos hepáticos
  • Insuficiência renal
  • Intolerância à lactose
  • Gravidez
  • Amamentação
  • Hipersensibilidade à estavudina ou a outros componentes do medicamento

Como Usar Estavudina

A estavudina pode ser administrada por via oral, seguindo as instruções do médico ou do rótulo do medicamento. Geralmente, é recomendado tomar o medicamento com o estômago vazio, pelo menos meia hora antes das refeições ou duas horas depois. É importante seguir rigorosamente as orientações do médico e nunca interromper o tratamento sem consultar um profissional de saúde. Também é fundamental ler atentamente as informações fornecidas pela bula ou pela embalagem do medicamento. Sempre consulte um médico ou profissional de saúde antes de usar este medicamento.

Média de Preço do Estavudina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Estavudina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 40,00
  • EUA: $ 10.00
  • Euro: € 8.00

Os preços do Estavudina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Estavudina?

A estavudina é um dideoxinucleosídeo usado no tratamento da infecção pelo HIV.

As informações do Estavudina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese