Esculina - Informações

A esculina é uma substância química utilizada em laboratórios para a detecção de bactérias gram-negativas. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Esculina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Esculina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Esculina:

  • Nome: Esculina
  • Nome em Inglês: Esculin
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C15H16O9

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: __________
  • Formula Molecular: __________
  • Peso Molecular: __________
  • Classe Terapêutica: __________
  • Mecanismo de Ação: __________
  • Forma de Administração: __________

Esculina - História, Descoberta e Origem

A esculina é um composto orgânico presente em diversas plantas, como a casca de salgueiro e a semente de castanha-da-índia. Ela é classificada como uma cumarina, que é um tipo de substância que pode ser encontrada em diversas plantas e tem propriedades medicinais.

A história da esculina começa com o uso da casca de salgueiro pelos antigos egípcios, que já a utilizavam para tratar dores e febres. Porém, foi apenas no século XIX que os cientistas conseguiram isolar a esculina da casca de salgueiro e descobriram suas propriedades medicinais.

Com o passar dos anos, a esculina foi sendo estudada e utilizada para tratar diversas doenças, principalmente as relacionadas ao sistema circulatório. Ela é conhecida por ter propriedades anticoagulantes, anti-inflamatórias e vasodilatadoras, o que a torna eficaz no tratamento de problemas como varizes, flebites e tromboses.

Além disso, a esculina também é utilizada para tratar problemas de pele, como eczema e psoríase, pois ajuda a melhorar a circulação sanguínea e a regeneração das células da pele.

Atualmente, a esculina é encontrada em diversas formas, como comprimidos, pomadas e cremes, e é amplamente utilizada na medicina natural. Porém, é importante ressaltar que seu uso deve ser feito com orientação médica, pois em altas doses pode causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos e hemorragias.

Em resumo, a esculina é uma substância natural com propriedades medicinais importantes, que tem sido utilizada há séculos para tratar diversas doenças. Seu uso adequado pode trazer benefícios para a saúde, mas é essencial seguir as orientações médicas para evitar possíveis efeitos colaterais.

Indicações de uso - Esculina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Esculina:

  • Substância química natural derivada da cumarina, encontrada em plantas como o esculápio e o feno-grego
  • Usada como um indicador de pH, pois sua cor muda dependendo do pH do meio em que está presente
  • Pode ser utilizada como um anticoagulante natural, inibindo a ação de enzimas que promovem a coagulação do sangue
  • Tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, podendo ser utilizada no tratamento de inflamações e doenças crônicas
  • É um agente antifúngico, podendo ser utilizado no tratamento de infecções causadas por fungos
  • Pode ser usada como um aditivo alimentar, pois é uma substância natural e não tóxica para o consumo humano
  • É utilizada na produção de cosméticos, como cremes e loções, devido às suas propriedades hidratantes e antioxidantes
  • Tem ação analgésica, podendo ser utilizada no alívio de dores musculares e articulares
  • Pode ser usada como um repelente natural, afastando insetos e outros animais que podem causar danos às plantas
  • É um composto presente em medicamentos fitoterápicos, sendo utilizado no tratamento de diversas doenças

Efeitos Colaterais - Esculina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Esculina

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Tontura
  • Desconforto gastrointestinal
  • Perda de apetite
  • Irritação na pele
  • Aumento da sensibilidade à luz
  • Reações alérgicas

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Esculina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Esculina?

  • Não deve ser utilizado por pessoas com hipersensibilidade à esculina ou a qualquer outro componente da fórmula.
  • Não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou em período de amamentação.
  • Pessoas com histórico de doenças hepáticas ou renais devem consultar um médico antes de utilizar o produto.
  • Não é recomendado o uso em crianças menores de 12 anos sem orientação médica.
  • Pessoas com histórico de alergias ou reações adversas a medicamentos devem consultar um médico antes de utilizar o produto.

Como Usar Esculina

A esculina é uma substância utilizada em laboratórios para detectar a presença de açúcares em amostras biológicas. Para usá-la, siga as instruções fornecidas pelo fabricante, que normalmente incluem a preparação de uma solução de esculina e a adição da amostra a ser testada. É importante seguir as precauções de segurança ao lidar com substâncias químicas e sempre utilizar equipamento de proteção adequado. Caso tenha dúvidas sobre o uso da esculina, é recomendado consultar um profissional qualificado.

Média de Preço do Esculina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Esculina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 25,00
  • EUA: $15,00
  • Euro: €10,00

Os preços do Esculina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Esculina?

A esculina é uma substância química utilizada em laboratórios para a detecção de bactérias gram-negativas.

As informações do Esculina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese