Doxofilina - Informações

A doxofilina é um derivado de metilxantina usado em doença pulmonar obstrutiva crônica, asma e broncoesmas. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Doxofilina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Doxofilina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Doxofilina:

  • Nome: Doxofilina
  • Nome em Inglês: Doxofylline
  • Nome Genérico:
  • Tipo: Experimental
  • Fórmula Química: C11H14N4O4

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Doxofylline
  • Formula Molecular: C11H13N5O3
  • Peso Molecular: 251.25 g/mol
  • Classe Terapêutica: Broncodilatador
  • Mecanismo de Ação: Melhora a função pulmonar por meio da inibição da enzima fosfodiesterase
  • Forma de Administração: Oral

Doxofilina - História, Descoberta e Origem

A doxofilina é um medicamento utilizado para tratar doenças respiratórias, como a asma e a bronquite. Sua origem está relacionada ao desenvolvimento de um outro medicamento, a teofilina, que foi descoberto em 1888 pelo químico alemão Hermann Emil Fischer.

A teofilina, por sua vez, é um alcaloide presente em diversas plantas, como o chá e o café, e era utilizada como estimulante e diurético. No entanto, seus efeitos no tratamento de doenças respiratórias foram descobertos apenas em 1922, por pesquisadores britânicos.

A partir daí, foram realizados estudos para desenvolver uma forma mais eficaz de administrar a teofilina, que apresentava alguns efeitos colaterais indesejáveis, como irritação gástrica e taquicardia. Assim, em 1957, foi criada a doxofilina, uma substância derivada da teofilina, que mantinha suas propriedades terapêuticas, mas com menos efeitos colaterais.

A doxofilina se mostrou um medicamento eficaz no tratamento de doenças respiratórias, atuando como um broncodilatador e anti-inflamatório. Além disso, ela também tem propriedades antioxidantes, o que ajuda a prevenir danos aos tecidos pulmonares causados por inflamações crônicas.

Atualmente, a doxofilina é comercializada em diversas formas, como comprimidos, xaropes e soluções injetáveis. Seu uso é indicado para o tratamento de doenças como asma, bronquite crônica, enfisema pulmonar e outras doenças obstrutivas das vias respiratórias.

Apesar de ser um medicamento eficaz, a doxofilina deve ser utilizada com cautela e sob prescrição médica, pois pode causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos, dor de cabeça e palpitações. Além disso, ela pode interagir com outros medicamentos, como antibióticos e antifúngicos, e deve ser evitada por pessoas com problemas cardíacos e hepáticos.

Em resumo, a doxofilina é um medicamento de origem sintética, derivado da teofilina, que se mostrou eficaz no tratamento de doenças respiratórias. Seu uso deve ser feito com acompanhamento médico e é importante seguir corretamente as orientações de dosagem e possíveis precauções.

Indicações de uso - Doxofilina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Doxofilina:

  • Tratamento de doenças respiratórias, como asma e bronquite
  • Alívio de sintomas de doenças pulmonares, como enfisema e broncopneumonia
  • Prevenção de crises de asma induzidas por exercício físico
  • Tratamento de bronquiolite em crianças
  • Redução da inflamação e melhora da função pulmonar
  • Indicado como coadjuvante no tratamento de problemas cardíacos
  • Utilizado em casos de insuficiência respiratória aguda
  • Auxilia no tratamento de doenças alérgicas, como rinite e urticária
  • Pode ser utilizado no tratamento da doença de Parkinson
  • Atua como broncodilatador, facilitando a respiração

Efeitos Colaterais - Doxofilina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Doxofilina

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Dor de cabeça
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Tontura
  • Insônia
  • Ansiedade
  • Palpitações
  • Alterações na pressão arterial
  • Alergias cutâneas
  • Convulsões
  • Alterações no ritmo cardíaco
  • Dificuldade para respirar
  • Confusão mental

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Doxofilina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Doxofilina?

  • Reações alérgicas graves
  • Problemas cardíacos
  • Problemas renais
  • Problemas hepáticos
  • Hipotensão
  • Arritmias cardíacas
  • Convulsões
  • Úlceras pépticas
  • Glaucoma
  • Hipertireoidismo
  • Gravidez
  • Lactação

Como Usar Doxofilina

A doxofilina é um medicamento usado para tratar problemas respiratórios, como asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Geralmente, é tomada por via oral, seguindo as orientações do médico ou as instruções da bula. A dose e a frequência de administração variam de acordo com a condição médica e a resposta do paciente ao tratamento. É importante seguir rigorosamente as instruções do médico e não ajustar a dose por conta própria. Em caso de dúvidas, consulte sempre um profissional de saúde.

Média de Preço do Doxofilina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Doxofilina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 15,00
  • EUA: $7,50
  • Euro: €6,00

Os preços do Doxofilina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Doxofilina?

A doxofilina é um derivado de metilxantina usado em doença pulmonar obstrutiva crônica, asma e broncoesmas.

As informações do Doxofilina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese