Dinitrato de isossorbida - Informações

O dinitrato de isossorbida é um vasodilatador usado para tratar a angina na doença arterial coronariana. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Dinitrato de isossorbida, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Dinitrato de isossorbida

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Dinitrato de isossorbida:

  • Nome: Dinitrato de isossorbida
  • Nome em Inglês: Isosorbide dinitrate
  • Nome Genérico: Isosorbide dinitrate
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C6H8N2O8

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Isosorbide dinitrate
  • Formula molecular: C6H8N2O8
  • Peso molecular: 236.14 g/mol
  • Classe terapêutica: Vasodilatador
  • Mecanismo da ação: Estimula a formação de óxido nítrico, que relaxa os músculos do coração e dos vasos sanguíneos
  • Forma de administração: Via oral, sublingual, ou intravenosa

Dinitrato de isossorbida - História, Descoberta e Origem

O dinitrato de isossorbida é um medicamento utilizado no tratamento de doenças cardiovasculares, como angina de peito e insuficiência cardíaca. Ele pertence à classe dos nitratos orgânicos e é conhecido por sua ação vasodilatadora.

Sua história começa no século XIX, quando o químico italiano Ascanio Sobrero descobriu a nitroglicerina, uma substância altamente explosiva. No entanto, a nitroglicerina também possuía propriedades vasodilatadoras, o que a tornava um potencial medicamento para o tratamento da angina de peito.

No entanto, devido à sua instabilidade e potencial explosivo, a nitroglicerina não era uma opção segura para uso médico. Foi então que o médico britânico William Murrell descobriu que a combinação da nitroglicerina com ácido nítrico produzia uma substância mais estável e segura, o dinitrato de isossorbida.

O dinitrato de isossorbida foi introduzido no mercado em 1925 e desde então tem sido amplamente utilizado no tratamento da angina de peito. Ele age dilatando os vasos sanguíneos, aumentando o fluxo de sangue e oxigênio para o coração, aliviando assim os sintomas da angina.

Além disso, o dinitrato de isossorbida também pode ser utilizado no tratamento da insuficiência cardíaca, pois sua ação vasodilatadora ajuda a reduzir a sobrecarga do coração e melhorar a função cardíaca.

Atualmente, o dinitrato de isossorbida é um medicamento de baixo custo e amplamente disponível, sendo considerado um medicamento essencial pela Organização Mundial da Saúde. No entanto, é importante ressaltar que seu uso deve ser feito apenas sob prescrição médica, pois seu uso inadequado pode causar efeitos colaterais, como dores de cabeça, tontura e hipotensão.

Em resumo, o dinitrato de isossorbida é um medicamento importante no tratamento de doenças cardiovasculares, tendo uma história interessante e uma origem ligada à descoberta da nitroglicerina. Seu uso adequado e sob orientação médica pode trazer benefícios significativos para pacientes com angina de peito e insuficiência cardíaca.

Indicações de uso - Dinitrato de isossorbida

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Dinitrato de isossorbida:

  • Tratamento de angina de peito;
  • Prevenção de dores no peito associadas à doença arterial coronariana;
  • Alívio de dores no peito causadas por esforço físico;
  • Tratamento de insuficiência cardíaca congestiva;
  • Prevenção de dores no peito após infarto do miocárdio;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Redução da pressão arterial;
  • Auxílio no tratamento da hipertensão arterial;
  • Prevenção de dores de cabeça causadas pela enxaqueca;
  • Alívio de dores no peito causadas por espasmos dos vasos sanguíneos;

Efeitos Colaterais - Dinitrato de isossorbida

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Dinitrato de isossorbida

  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Náusea
  • Vômito
  • Rubor facial
  • Palpitações
  • Redução da pressão arterial
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Dificuldade para respirar
  • Dor no peito
  • Fraqueza muscular
  • Sensação de desmaio
  • Visão turva

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Dinitrato de isossorbida não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Dinitrato de isossorbida?

  • Reação alérgica ao dinitrato de isossorbida ou a qualquer um dos seus componentes
  • Pressão arterial baixa
  • Infarto agudo do miocárdio
  • Insuficiência cardíaca
  • Glaucoma de ângulo fechado
  • Anemia
  • Doenças do fígado ou rins
  • Uso de medicamentos para disfunção erétil, como o sildenafil, tadalafil ou vardenafil

Como Usar Dinitrato de isossorbida

Dinitrato de isossorbida é geralmente usado para prevenir episódios de angina. Geralmente é administrado por via oral, seguindo a recomendação do médico em relação à dosagem e frequência. Também pode ser administrado em forma de adesivo transdérmico. É importante seguir todas as instruções médicas e não alterar a dosagem sem consultar um profissional de saúde.

Média de Preço do Dinitrato de isossorbida - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Dinitrato de isossorbida em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 35,00 (BRL)
  • EUA: $12,00 (USD)
  • Euro: €10,00 (EUR)

Os preços do Dinitrato de isossorbida podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Dinitrato de isossorbida?

O dinitrato de isossorbida é um vasodilatador usado para tratar a angina na doença arterial coronariana.

As informações do Dinitrato de isossorbida são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese