Clortalidona - Informações

A clortalidona é um diurético utilizado para tratar hipertensão ou edema causado por insuficiência cardíaca, insuficiência renal, cirrose hepática, terapia estrogênica e outras condições. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Clortalidona, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Clortalidona

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Clortalidona:

  • Nome: Clortalidona
  • Nome em Inglês: Chlorthalidone
  • Nome Genérico: Chlorthalidone
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C14H11ClN2O4S

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: 2-chloro-5-(1-hydroxy-3-oxo-1-isoindolinyl)benzenesulfonamide
  • Fórmula Molecular: C14H11ClN2O4S
  • Peso Molecular: 338.77 g/mol
  • Classe Terapêutica: Diuretic, antihypertensive
  • Mecanismo de Ação: Inibição da reabsorção de sódio nos túbulos distais renais
  • Forma de Administração: Oral

Clortalidona - História, Descoberta e Origem

A Clortalidona é um medicamento diurético, ou seja, que aumenta a eliminação de água e sal pelo organismo através da urina. Foi desenvolvida na década de 1950 pelo químico suíço Bernhard Joos e aprovada para uso médico em 1959.

Sua origem está relacionada com a descoberta de outro diurético, a hidroclorotiazida, que foi desenvolvido a partir de compostos relacionados com a sulfonamida, um tipo de antibiótico sintético. A Clortalidona é um derivado da hidroclorotiazida, apresentando uma estrutura química muito semelhante, mas com algumas modificações que a tornam mais potente e com uma duração de ação mais prolongada.

Seu mecanismo de ação consiste em bloquear a reabsorção de sódio e cloreto nos túbulos renais, o que leva a uma maior eliminação desses eletrólitos na urina. Isso resulta em uma diminuição da quantidade de água retida pelo organismo e, consequentemente, uma redução da pressão arterial.

A Clortalidona é indicada para o tratamento de hipertensão arterial, edema (inchaço) associado a doenças cardíacas, hepáticas ou renais, e também para reduzir a formação de cálculos renais. É considerada um medicamento seguro e bem tolerado pela maioria dos pacientes, porém pode causar efeitos colaterais como tontura, fraqueza, cãibras musculares e alterações nos níveis de potássio no sangue.

Atualmente, a Clortalidona é um dos diuréticos mais prescritos no mundo e é comercializada por diversos laboratórios farmacêuticos em diferentes países. Seu uso deve ser sempre acompanhado e orientado por um médico, pois a dosagem e a duração do tratamento podem variar de acordo com a condição clínica de cada paciente.

Indicações de uso - Clortalidona

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Clortalidona:

  • Tratamento de hipertensão arterial
  • Redução da retenção de líquidos
  • Prevenção de insuficiência cardíaca
  • Tratamento de edemas
  • Redução da pressão arterial em pacientes com hipertensão
  • Prevenção de derrames cerebrais
  • Tratamento de doenças renais
  • Indicado para pacientes com doenças cardíacas
  • Melhora da circulação sanguínea
  • Redução do inchaço nas pernas e tornozelos

Efeitos Colaterais - Clortalidona

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Clortalidona

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômitos
  • Tontura
  • Fraqueza
  • Sensação de desmaio
  • Batimentos cardíacos irregulares
  • Dor abdominal
  • Confusão mental
  • Diarreia
  • Coceira na pele
  • Rash cutâneo
  • Aumento da sensibilidade ao sol
  • Visão turva
  • Boca seca
  • Perda de apetite
  • Dificuldade para dormir
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Insônia

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Clortalidona não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Clortalidona?

  • Não deve ser usado em pacientes com hipersensibilidade conhecida à Clortalidona ou a qualquer componente da fórmula;
  • Pacientes com insuficiência renal grave (clearance de creatinina <30 mL/min) não devem usar este medicamento;
  • Pacientes com anúria (ausência de produção de urina) não devem usar este medicamento;
  • Pacientes com hiponatremia (baixos níveis de sódio no sangue) não devem usar este medicamento, a menos que seja clinicamente necessário e sob supervisão médica;
  • Este medicamento também é contra-indicado em pacientes com hipopotassemia (baixos níveis de potássio no sangue) não corrigida;
  • Pacientes com hipersensibilidade à sulfonamida, tiazidas ou diuréticos relacionados também devem evitar o uso deste medicamento;
  • Este medicamento não é recomendado para uso em crianças.

Como Usar Clortalidona

A clortalidona é um medicamento que normalmente é prescrito para ajudar a reduzir a pressão arterial elevada e tratar o inchaço devido à retenção de líquidos. Geralmente, a dose e a frequência de administração são indicadas pelo médico, e o paciente deve seguir essas instruções cuidadosamente. É importante tomar a clortalidona exatamente como prescrito, geralmente uma vez ao dia, com ou sem alimentos. Também é essencial manter um acompanhamento médico regular para monitorar a eficácia do medicamento e quaisquer efeitos colaterais. Sempre consulte um profissional de saúde para obter orientações personalizadas sobre como usar a clortalidona.

Média de Preço do Clortalidona - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Clortalidona em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 17,50
  • EUA: $12.00
  • Euro: €10.00

Os preços do Clortalidona podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Clortalidona?

A clortalidona é um diurético utilizado para tratar hipertensão ou edema causado por insuficiência cardíaca, insuficiência renal, cirrose hepática, terapia estrogênica e outras condições.

As informações do Clortalidona são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese