Clorpromazina - Informações

A clorpromazina é um antipsicótico fenotiazínico utilizado para tratar náuseas, vômitos, ansiedade pré-operatória, esquizofrenia, transtorno bipolar e graves problemas comportamentais em crianças. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Clorpromazina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Clorpromazina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Clorpromazina:

  • Nome: Clorpromazina
  • Nome em Inglês: Chlorpromazine
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C17H19ClN2S

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: 2-chloro-2-(4-methyl-1-piperazinyl)phenothiazine
  • Fórmula Molecular: C17H19ClN2S
  • Peso Molecular: 318.86 g/mol
  • Classe Terapêutica: Antipsicótico, Antimetic
  • Mecanismo de Ação: Bloqueador dos receptores de dopamina e serotonina
  • Forma de Administração: Oral, injetável

Clorpromazina - História, Descoberta e Origem

A clorpromazina é um medicamento antipsicótico, utilizado no tratamento de transtornos mentais como esquizofrenia, psicose e bipolaridade. Foi descoberta em 1950 pelo químico Paul Charpentier e pelo psiquiatra Jean Delay, na França.

Inicialmente, a clorpromazina foi desenvolvida para ser um antihistamínico, mas os pesquisadores perceberam que ela possuía efeitos tranquilizantes e sedativos. Foi então que começaram a testá-la em pacientes com transtornos mentais e obtiveram resultados positivos, o que levou à sua comercialização em 1952.

A clorpromazina é um medicamento de baixo custo e eficaz, sendo considerada uma das principais descobertas da psiquiatria do século XX. Ela age no sistema nervoso central, bloqueando os receptores de dopamina, um neurotransmissor relacionado a sintomas psicóticos.

Apesar de ser amplamente utilizada, a clorpromazina possui alguns efeitos colaterais, como sonolência, tontura, boca seca e ganho de peso. Além disso, seu uso prolongado pode causar efeitos colaterais mais graves, como discinesia tardia, um distúrbio de movimento que pode se tornar permanente.

Com o avanço da medicina, novos medicamentos antipsicóticos foram desenvolvidos, com menos efeitos colaterais e maior eficácia. No entanto, a clorpromazina ainda é amplamente utilizada em países em desenvolvimento, devido ao seu baixo custo e disponibilidade.

Em resumo, a clorpromazina é um medicamento importante no tratamento de transtornos mentais, tendo sido descoberta por acaso e revolucionado a psiquiatria. Apesar de seus efeitos colaterais, é uma opção acessível e eficaz para muitos pacientes que sofrem de doenças mentais.

Indicações de uso - Clorpromazina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Clorpromazina:

  • Tratamento de transtornos psiquiátricos, como esquizofrenia e transtorno bipolar
  • Controle de náuseas e vômitos
  • Alívio de sintomas de ansiedade e agitação
  • Prevenção de enxaquecas e dores de cabeça
  • Tratamento de hipoatividade da bexiga urinária
  • Redução de tiques e tremores em pacientes com doenças neurológicas
  • Alívio de sintomas de irritação e agressividade em pacientes com demência
  • Indicado para uso em pacientes com distúrbios do sono
  • Pode ser utilizado como sedativo pré-operatório
  • Tratamento de hipertermia maligna

Efeitos Colaterais - Clorpromazina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Clorpromazina

  • Sonolência
  • Boca seca
  • Visão turva
  • Tontura
  • Constipação
  • Náusea
  • Vômito
  • Ansiedade
  • Insônia
  • Inquietação
  • Confusão mental
  • Agitação
  • Alterações no apetite
  • Alterações no peso
  • Sensibilidade à luz
  • Aumento da sensibilidade à temperatura
  • Suor excessivo
  • Diminuição da libido
  • Disfunção erétil
  • Irregularidades menstruais

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Clorpromazina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Clorpromazina?

  • Doença cardíaca
  • Glaucoma
  • Problemas de fígado
  • Problemas renais
  • Problemas de sangramento
  • Problemas de tireoide
  • Alcoolismo
  • Epilepsia
  • Doença de Parkinson
  • Asma
  • Reações alérgicas ao medicamento

Como Usar Clorpromazina

A clorpromazina é um medicamento prescrito e deve ser usado somente conforme orientação do médico. Geralmente é administrada por via oral, com a dosagem e frequência determinadas pelo profissional de saúde. Siga rigorosamente as instruções médicas e nunca altere a dose ou interrompa o uso sem antes consultar o médico. Além disso, leia atentamente a bula para entender os possíveis efeitos colaterais e as precauções necessárias durante o uso.

Média de Preço do Clorpromazina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Clorpromazina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 20,00
  • EUA: $5,00
  • Euro: €4,00

Os preços do Clorpromazina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Clorpromazina?

A clorpromazina é um antipsicótico fenotiazínico utilizado para tratar náuseas, vômitos, ansiedade pré-operatória, esquizofrenia, transtorno bipolar e graves problemas comportamentais em crianças.

As informações do Clorpromazina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese