Cinarizina - Informações

A cinnarizina é um medicamento usado para o tratamento dos sintomas de distúrbios labirínticos, incluindo vertigem, zumbido, nistagmo, náusea e vômito. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Cinarizina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Cinarizina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Cinarizina:

  • Nome: Cinarizina
  • Nome em Inglês: Cinnarizine
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C26H28N2

Informações Avançadas:

  • Nome químico: 1-(difenilmetil)-4-dietilaminoetil-piperazina di-hidrocloride
  • Formula molecular: C26H28ClN3
  • Peso molecular: 407.972 g/mol
  • Classe terapêutica: Antivertiginoso, antiemético, vasodilatador cerebral
  • Mecanismo de ação: Bloqueador dos canais de cálcio e das histaminas H1
  • Forma de administração: Comprimidos

Cinarizina - História, Descoberta e Origem

A cinarizina é um medicamento utilizado para tratar problemas de circulação sanguínea, como tonturas, vertigens e labirintite. Ele pertence à classe dos antihistamínicos e tem propriedades vasodilatadoras, ou seja, ajuda a dilatar os vasos sanguíneos e melhorar a circulação.

A história da cinarizina começa na década de 1960, quando foi desenvolvida pelo laboratório belga Janssen Pharmaceutica. Inicialmente, ela foi utilizada para tratar enxaquecas e prevenir enjoo em viagens de barco. Porém, com o passar do tempo, foi descoberto que ela também tinha efeitos benéficos para problemas de circulação.

O mecanismo de ação da cinarizina é complexo e ainda não é totalmente compreendido. Sabe-se que ela bloqueia a ação da histamina, uma substância inflamatória que pode causar vasodilatação e aumentar a permeabilidade dos vasos sanguíneos. Além disso, a cinarizina também tem ação sobre os receptores de serotonina, um neurotransmissor relacionado ao controle do humor e do sono.

A cinarizina foi aprovada para uso médico em 1971 e, desde então, tem sido amplamente utilizada em todo o mundo. Ela está disponível em diversas formas, como comprimidos, cápsulas e gotas, e pode ser encontrada em diferentes dosagens, dependendo da indicação e da gravidade do problema a ser tratado.

Além de seus efeitos no sistema circulatório, a cinarizina também pode ter efeitos positivos em outras condições de saúde. Estudos têm mostrado que ela pode ser útil no tratamento de zumbido no ouvido, doença de Menière e até mesmo no tratamento de alguns tipos de demência.

Apesar de ser considerada um medicamento seguro e bem tolerado, a cinarizina pode ter alguns efeitos colaterais, como sonolência, boca seca e ganho de peso. Por isso, é importante seguir as orientações médicas e informar ao profissional de saúde caso ocorra qualquer reação indesejada durante o tratamento.

Em resumo, a cinarizina é um medicamento importante no tratamento de problemas de circulação e tem uma história interessante desde seu desenvolvimento até sua ampla utilização em diferentes condições de saúde. Seu mecanismo de ação ainda é motivo de estudo, mas seus efeitos benéficos são inegáveis e continuam sendo uma opção valiosa para o tratamento de diversas condições médicas.

Indicações de uso - Cinarizina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Cinarizina:

  • Tratamento de vertigem, tontura e labirintite
  • Prevenção de enxaqueca
  • Alívio de náuseas e vômitos causados por movimentos
  • Tratamento de zumbido no ouvido
  • Indicado para pacientes com doença de Ménière
  • Pode ser utilizado em casos de labirintopatias, como otosclerose e neurite vestibular
  • Pode ser usado em conjunto com outros medicamentos para tratar a vertigem
  • Pode ser usado em crianças acima de 5 anos de idade
  • É um medicamento seguro e eficaz para o tratamento de distúrbios do equilíbrio
  • Pode ser encontrado em diferentes formas, como comprimidos, gotas ou solução injetável

Efeitos Colaterais - Cinarizina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Cinarizina

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Tontura
  • Cefaleia
  • Fadiga
  • Boca seca
  • Dor abdominal
  • Alterações de apetite
  • Alterações de visão
  • Sonolência
  • Irritabilidade
  • Confusão mental
  • Insônia
  • Prisão de ventre
  • Dor de estômago
  • Erupções cutâneas
  • Alterações no equilíbrio
  • Alterações de humor
  • Pesadelos
  • Vertigem

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Cinarizina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Cinarizina?

  • Não administrar em caso de alergia à cinarizina ou a qualquer outro componente da fórmula;
  • Não administrar em pacientes com glaucoma de ângulo estreito ou hipersensibilidade à luz;
  • Não administrar em pacientes com doenças hepáticas graves;
  • Não administrar em pacientes com hipotensão grave (pressão arterial baixa);
  • Não administrar em pacientes com distúrbios do sistema nervoso central, como epilepsia ou doença de Parkinson, sem supervisão médica;
  • Não administrar em conjunto com medicamentos que causam sonolência ou depressão do sistema nervoso central, como álcool, tranquilizantes, sedativos ou antidepressivos;
  • Não administrar em pacientes com síndrome de apneia do sono;
  • Não administrar em pacientes com distúrbios do ritmo cardíaco ou insuficiência cardíaca grave;
  • Não administrar em pacientes com problemas renais graves;
  • Não administrar em pacientes com história de acidente vascular cerebral (AVC) ou doença cerebrovascular.

Como Usar Cinarizina

A cinarizina é um medicamento utilizadom geralmente para tratar distúrbios do equilíbrio, tonturas e vertigens. Geralmente, a dose recomendada é de 25-75mg por dia, dividida em 1-3 doses. É importante seguir a orientação do médico e ler a bula do medicamento para entender como usar corretamente. Se tiver dúvidas sobre a dosagem ou o uso da cinarizina, é importante consultar um médico ou farmacêutico para obter orientações adequadas.

Média de Preço do Cinarizina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Cinarizina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 30,00
  • EUA: $10,00
  • Euro: €8,00

Os preços do Cinarizina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Cinarizina?

A cinnarizina é um medicamento usado para o tratamento dos sintomas de distúrbios labirínticos, incluindo vertigem, zumbido, nistagmo, náusea e vômito.

As informações do Cinarizina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese