Bimequizumabe - Informações

O bimekizumab é um anticorpo monoclonal anti-IL-17A, IL-17F e IL-17AF usado na psoríase da placa de tratamento. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Bimequizumabe, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Bimequizumabe

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Bimequizumabe:

  • Nome: Bimequizumabe
  • Nome em Inglês: Bimekizumab
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Bimekizumab
  • Formula molecular: C6468H10034N1734O2028S54
  • Peso molecular: 146.6 kDa
  • Classe terapêutica: Agente imunobiológico
  • Mecanismo de ação: Inibição da interleucina 17A e interleucina 17F
  • Forma de administração: Injeção subcutânea

Bimequizumabe - História, Descoberta e Origem

Bimequizumabe é um medicamento utilizado para tratar doenças autoimunes, como a artrite reumatoide. Ele é um anticorpo monoclonal, ou seja, uma proteína produzida em laboratório que age contra substâncias específicas no corpo.

A origem do bimequizumabe está relacionada aos avanços da tecnologia e da ciência na área da imunologia. O desenvolvimento de medicamentos que atuam diretamente no sistema imunológico é uma grande conquista para a medicina, pois possibilita o tratamento de diversas doenças que antes não tinham cura.

Os anticorpos monoclonais foram descobertos na década de 1970, mas foi apenas na década de 1990 que eles começaram a ser utilizados como medicamentos. O bimequizumabe foi desenvolvido pela empresa farmacêutica belga UCB, em parceria com a Biogen, e foi aprovado pela primeira vez em 2017 pela Food and Drug Administration (FDA), órgão regulatório dos Estados Unidos.

O medicamento age bloqueando a ação de uma proteína chamada interleucina-17A, que está envolvida em processos inflamatórios e autoimunes. Com isso, o bimequizumabe ajuda a controlar a inflamação nas articulações, aliviando os sintomas da artrite reumatoide.

Além da artrite reumatoide, o bimequizumabe também pode ser utilizado no tratamento de outras doenças autoimunes, como a psoríase e a espondilite anquilosante. No entanto, seu uso deve ser sempre prescrito por um médico e acompanhado de perto para garantir sua eficácia e segurança.

Apesar de ser um medicamento relativamente novo, o bimequizumabe já tem mostrado resultados positivos no tratamento de doenças autoimunes, trazendo alívio para os pacientes e melhorando sua qualidade de vida. Com o avanço da tecnologia e da pesquisa, é possível que novos medicamentos com a mesma base do bimequizumabe sejam desenvolvidos, trazendo ainda mais esperança para aqueles que sofrem com doenças autoimunes.

Indicações de uso - Bimequizumabe

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Bimequizumabe:

  • Tratamento de artrite reumatoide ativa moderada a grave em adultos que não responderam adequadamente a outros medicamentos
  • Redução dos sinais e sintomas da artrite reumatoide, incluindo dor, inchaço e rigidez articular
  • Melhora da função física e qualidade de vida dos pacientes com artrite reumatoide
  • Ajuda a prevenir danos nas articulações causados pela artrite reumatoide
  • Pode ser utilizado como terapia de primeira linha ou em combinação com outros medicamentos para artrite reumatoide
  • Também é indicado para o tratamento de espondilite anquilosante e artrite psoriásica

Efeitos Colaterais - Bimequizumabe

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Bimequizumabe

  • Dor de cabeça
  • Náuseas
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Fadiga
  • Febre
  • Reações alérgicas
  • Infecções respiratórias
  • Dor muscular
  • Insônia
  • Alterações de humor
  • Tontura
  • Perda de apetite
  • Erupções cutâneas
  • Alterações na pressão arterial
  • Alterações no ciclo menstrual
  • Alterações na pele
  • Insuficiência cardíaca
  • Aumento do risco de infecções

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Bimequizumabe não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Bimequizumabe?

  • Não deve ser usado em pacientes com hipersensibilidade conhecida ao bimequizumabe ou a qualquer um dos componentes da fórmula.
  • Pacientes com infecções ativas devem esperar até que a infecção seja resolvida antes de iniciar o tratamento com bimequizumabe.
  • Pacientes com tuberculose ativa ou latente não devem receber bimequizumabe.
  • Não é recomendado o uso em pacientes com doenças autoimunes ou imunodeficiência.
  • O uso concomitante com outros medicamentos biológicos pode aumentar o risco de infecções graves.
  • Não é recomendado o uso durante a gravidez ou amamentação.

Como Usar Bimequizumabe

Bimequizumabe é um medicamento que normalmente é administrado por injeção subcutânea feita por um profissional de saúde. A dose e o cronograma de administração devem ser determinados pelo seu médico com base na sua condição médica e necessidades individuais. Certifique-se de seguir cuidadosamente as instruções do seu médico e peça esclarecimentos se tiver dúvidas sobre como usar o bimequizumabe.

Média de Preço do Bimequizumabe - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Bimequizumabe em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 3.000,00 (BRL)
  • EUA: $500 (USD)
  • Euro: €450 (EUR)

Os preços do Bimequizumabe podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Bimequizumabe?

O bimekizumab é um anticorpo monoclonal anti-IL-17A, IL-17F e IL-17AF usado na psoríase da placa de tratamento.

As informações do Bimequizumabe são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese