Astemizol - Informações

Astemizol é um antihistamínico de segunda geração usado para tratar sintomas de alergia. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Astemizol, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Astemizol

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Astemizol:

  • Nome: Astemizol
  • Nome em Inglês: Astemizole
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C28H31FN4O

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: 1-[(4-fluorophenyl)methyl]-N-(1-oxotriphenyl-2-ethyl-1-ethenyl-ethyl)-1H-benzimidazole-2-ethanamine
  • Fórmula Molecular: C28H31FN4O
  • Peso Molecular: 458.578 g/mol
  • Classe Terapêutica: Anti-histamínico
  • Mecanismo de Ação: Antagonista dos receptores de histamina H1
  • Forma de Administração: Oral

Astemizol - História, Descoberta e Origem

Astemizol é um medicamento utilizado para tratar alergias, como rinite alérgica e urticária. Foi desenvolvido na década de 1970 por uma empresa farmacêutica chamada Janssen Pharmaceutica e foi introduzido no mercado em 1983.

A história do astemizol começa com a descoberta de um composto chamado terfenadina, que também é um antialérgico. A Janssen Pharmaceutica estava pesquisando compostos químicos que poderiam ser usados ​​para tratar alergias e encontrou a terfenadina. No entanto, a terfenadina causava alguns efeitos colaterais, como sonolência e problemas cardíacos.

Em 1977, os pesquisadores da Janssen Pharmaceutica descobriram um novo composto, o astemizol, que tinha uma estrutura química semelhante à terfenadina, mas sem os efeitos colaterais indesejados. Eles realizaram vários estudos clínicos e descobriram que o astemizol era eficaz no tratamento de alergias e tinha menos efeitos colaterais do que a terfenadina.

O astemizol foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em 1983 e foi comercializado sob o nome comercial de Hismanal. Logo se tornou um medicamento popular para tratar alergias, especialmente porque era considerado mais seguro do que outros medicamentos antialérgicos disponíveis no mercado na época.

Em 1990, o astemizol foi aprovado para uso em vários países europeus e também se tornou um sucesso no mercado europeu. No entanto, em 1997, a FDA emitiu um alerta sobre o astemizol, devido a relatos de problemas cardíacos em pacientes que tomavam o medicamento. Isso levou a uma revisão da segurança do astemizol e, eventualmente, à retirada do medicamento do mercado em 1999.

Desde então, o astemizol foi substituído por outros medicamentos antialérgicos mais seguros, como a loratadina e a fexofenadina. No entanto, o astemizol ainda é usado em alguns países, como a Índia e a China, e é considerado um medicamento eficaz para o tratamento de alergias. Além disso, pesquisas estão sendo realizadas para desenvolver uma nova formulação de astemizol que seja mais segura e eficaz.

Em resumo, o astemizol foi um medicamento inovador no tratamento de alergias, mas foi retirado do mercado devido a preocupações com a segurança. No entanto, sua história e origem continuam a ser uma parte importante da evolução dos medicamentos antialérgicos e pode haver um futuro para o astemizol com novas pesquisas e desenvolvimentos.

Indicações de uso - Astemizol

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Astemizol:

  • Medicamento utilizado no tratamento de alergias, como rinite, urticária e dermatite
  • Também pode ser indicado para controlar sintomas de alergias alimentares e picadas de insetos
  • Atua como um anti-histamínico, bloqueando a ação da histamina no organismo
  • Pode ser usado para aliviar coceira, espirros, coriza, vermelhidão e outros sintomas alérgicos
  • É comercializado em forma de comprimidos ou xarope
  • Deve ser utilizado apenas com prescrição médica e seguindo as orientações do profissional
  • Não é recomendado para pessoas com problemas no fígado, gravidez, lactação e crianças menores de 2 anos
  • Pode causar efeitos colaterais como sonolência, tontura, boca seca e náuseas
  • Não deve ser combinado com outros medicamentos sem orientação médica
  • Em caso de overdose, pode causar problemas cardíacos e convulsões

Efeitos Colaterais - Astemizol

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Astemizol

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômito
  • Perda de apetite
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Fadiga
  • Tontura
  • Dificuldade para dormir
  • Visão turva
  • Boca seca
  • Sensação de fraqueza
  • Dor muscular
  • Erupções cutâneas
  • Coceira
  • Reações alérgicas
  • Confusão mental
  • Problemas respiratórios
  • Arritmias cardíacas

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Astemizol não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Astemizol?

  • Não deve ser usado em pacientes com história de alergia ao astemizol ou a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Não deve ser utilizado em pacientes com problemas cardíacos, como arritmias ou insuficiência cardíaca grave;
  • Não é recomendado para pacientes com problemas no fígado ou nos rins;
  • Não deve ser usado em pacientes com glaucoma de ângulo fechado;
  • Não é indicado para uso em crianças menores de 12 anos;
  • Deve ser evitado em pacientes idosos, pois podem apresentar maior sensibilidade aos efeitos colaterais do medicamento;
  • Pode causar sonolência e tontura, portanto, deve-se evitar dirigir ou operar máquinas durante o tratamento;
  • Pode interagir com outros medicamentos, como antidepressivos, antifúngicos e antibióticos, por isso é importante informar ao médico sobre todos os medicamentos em uso antes de iniciar o tratamento com astemizol.

Como Usar Astemizol

Astemizol, também conhecido pelo nome comercial Hismanal, é um medicamento anti-histamínico utilizado para tratar alergias, como rinite alérgica, e outras condições alérgicas. Este medicamento é geralmente administrado na forma de comprimidos ou xarope, conforme prescrito pelo médico. A dose e a frequência do medicamento variam de acordo com a gravidade da condição e a resposta do paciente ao tratamento. Como qualquer medicamento, é importante seguir as instruções do médico ou as informações da bula, e não exceder a dose prescrita. Além disso, é fundamental informar o médico sobre possíveis reações adversas ou interações com outros medicamentos. É importante ressaltar que o uso deste medicamento deve ser feito sob orientação médica, uma vez que pode causar efeitos colaterais e interações com outros medicamentos. Sempre consulte um médico antes de iniciar qualquer tratamento com Astemizol.

Média de Preço do Astemizol - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Astemizol em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 15,00
  • EUA: $10,00
  • Euro: €8,50

Os preços do Astemizol podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Astemizol?

Astemizol é um antihistamínico de segunda geração usado para tratar sintomas de alergia.

As informações do Astemizol são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese