Amlodipina - Informações

A amlodipina é um bloqueador de canais de cálcio usado para tratar a hipertensão e a angina. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Amlodipina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Amlodipina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Amlodipina:

  • Nome: Amlodipina
  • Nome em Inglês: Amlodipine
  • Nome Genérico: Amlodipine
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C20H25ClN2O5

Informações Avançadas:

  • Nome químico: (RS)-3-ethyl 5-methyl 2-[(2-aminoethoxy)methyl]-4-(2-chlorophenyl)-6-methyl-1,4-dihydropyridine-3,5-dicarboxylate
  • Fórmula molecular: C20H25ClN2O5
  • Peso molecular: 408.88 g/mol
  • Classe terapêutica: Bloqueadores dos canais de cálcio
  • Mecanismo de ação: Bloqueio dos canais de cálcio tensionados
  • Forma de administração: Via oral

Amlodipina - História, Descoberta e Origem

A amlodipina é um medicamento utilizado para tratar a hipertensão arterial e a angina de peito. Ele pertence à classe dos bloqueadores dos canais de cálcio, que atuam dilatando os vasos sanguíneos e diminuindo a resistência vascular periférica, o que ajuda a controlar a pressão arterial.

A história da amlodipina começa com a descoberta de um composto químico chamado nitrendipina, que foi desenvolvido na década de 1970 por uma empresa farmacêutica suíça chamada Ciba-Geigy (atualmente conhecida como Novartis). A nitrendipina foi o primeiro bloqueador dos canais de cálcio a ser comercializado e foi utilizado principalmente para tratar a hipertensão arterial.

No entanto, a nitrendipina apresentava alguns efeitos colaterais indesejados, como dores de cabeça e tonturas, o que limitava seu uso. Então, na década de 1980, pesquisadores da Pfizer, uma empresa farmacêutica americana, iniciaram estudos para desenvolver um novo medicamento que fosse mais eficaz e apresentasse menos efeitos colaterais.

E foi assim que surgiu a amlodipina. Ela foi sintetizada pela primeira vez em 1982 e passou por rigorosos testes clínicos antes de ser aprovada para uso em 1991. Seu mecanismo de ação é semelhante ao da nitrendipina, mas ela é mais seletiva e tem uma ação mais prolongada. Além disso, a amlodipina é considerada um medicamento de segunda geração, pois é mais eficaz e apresenta menos efeitos colaterais do que a nitrendipina.

Desde sua aprovação, a amlodipina tem sido amplamente utilizada no tratamento da hipertensão arterial e da angina de peito, e se tornou um dos medicamentos mais prescritos em todo o mundo. Ela está disponível em diversas formas farmacêuticas, como comprimidos, cápsulas e soluções orais, e pode ser encontrada em diversas marcas comerciais.

Em resumo, a amlodipina é um medicamento que teve sua origem na década de 1980, a partir da pesquisa de novas substâncias para tratar a hipertensão arterial. Seu uso é amplamente difundido e ela tem sido uma importante ferramenta para o controle da pressão arterial elevada e da angina de peito, melhorando a qualidade de vida de milhões de pessoas em todo o mundo.

Indicações de uso - Amlodipina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Amlodipina:

  • Tratamento da hipertensão arterial
  • Tratamento da angina de peito
  • Prevenção de doenças cardiovasculares
  • Redução da pressão arterial em pacientes com insuficiência cardíaca
  • Prevenção de acidentes vasculares cerebrais (AVC)
  • Indicado para pacientes com diabetes tipo 2 e pressão alta
  • Uso em pacientes com doença arterial coronariana
  • Melhora da circulação sanguínea
  • Redução do risco de morte por doenças cardiovasculares
  • Alívio dos sintomas de doença arterial periférica

Efeitos Colaterais - Amlodipina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Amlodipina

  • Edema nos tornozelos e pés
  • Tonturas
  • Dor de cabeça
  • Palpitações
  • Rubor facial
  • Náusea
  • Dor abdominal
  • Fadiga
  • Dor muscular
  • Alterações no humor

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Amlodipina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Amlodipina?

  • Gravidez e amamentação
  • Doenças cardíacas
  • Insuficiência hepática
  • Pressão baixa
  • Reação alérgica prévia à amlodipina

Como Usar Amlodipina

Amlodipina é um medicamento utilizado no tratamento de pressão arterial elevada e angina (dor no peito). O seu uso deve ser conforme indicado pelo médico, geralmente 1 vez ao dia, com ou sem alimentos. Evite interromper o uso sem orientação médica e siga as instruções da bula ou do seu médico. Sempre consulte um profissional de saúde para obter informações específicas sobre o uso da Amlodipina.

Média de Preço do Amlodipina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Amlodipina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 40,00
  • EUA: $15,00
  • Euro: €12,00

Os preços do Amlodipina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Amlodipina?

A amlodipina é um bloqueador de canais de cálcio usado para tratar a hipertensão e a angina.

As informações do Amlodipina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese