Aducanumabe - Informações

O aducanumab é um anticorpo monoclonal indicado no tratamento da doença de Alzheimer. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Aducanumabe, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Aducanumabe

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Aducanumabe:

  • Nome: Aducanumabe
  • Nome em Inglês: Aducanumab
  • Nome Genérico: Aducanumab
  • Tipo: Biotech
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Aducanumab
  • Fórmula Molecular: [inserir fórmula molecular]
  • Peso Molecular: [inserir peso molecular]
  • Classe Terapêutica: [inserir classe terapêutica]
  • Mecanismo de Ação: [inserir mecanismo de ação]
  • Forma de Administração: [inserir forma de administração]
  • Outros: [inserir outras informações relevantes]

Aducanumabe - História, Descoberta e Origem

Aducanumabe é um medicamento desenvolvido pela empresa farmacêutica Biogen para o tratamento da doença de Alzheimer. Essa doença é caracterizada pela degeneração progressiva do cérebro, causando perda de memória e habilidades cognitivas, além de dificuldades de comunicação e comportamento.

A história do Aducanumabe começou em 1996, quando o cientista Roger Nitsch e sua equipe da Universidade de Zurique descobriram que a proteína beta-amiloide estava presente em grande quantidade no cérebro de pacientes com Alzheimer. Eles acreditavam que essa proteína era a principal responsável pela formação de placas amiloides, que são características da doença.

Com base nessa descoberta, a Biogen iniciou pesquisas para desenvolver um medicamento que pudesse reduzir a quantidade de proteína beta-amiloide no cérebro. Após anos de estudos e testes clínicos, o Aducanumabe foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em junho de 2021, tornando-se o primeiro tratamento aprovado para a doença de Alzheimer em quase 20 anos.

O Aducanumabe é um anticorpo monoclonal que tem como alvo a proteína beta-amiloide, ajudando a remover as placas amiloides do cérebro. Ele é administrado por meio de infusões intravenosas mensais e é recomendado para pacientes com Alzheimer em estágio inicial, que apresentam acúmulo de proteína beta-amiloide em exames cerebrais.

Apesar de ser uma grande conquista para a comunidade médica e para os pacientes com Alzheimer, o Aducanumabe ainda é motivo de controvérsia. Alguns especialistas questionam a eficácia do medicamento, que ainda precisa de mais estudos para comprovar sua eficácia e segurança a longo prazo.

De qualquer forma, o Aducanumabe representa um avanço importante no tratamento da doença de Alzheimer, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Espera-se que, com o tempo, mais pesquisas e descobertas possam levar a novos tratamentos e, quem sabe, até a cura dessa doença tão devastadora.

Indicações de uso - Aducanumabe

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Aducanumabe:

  • Tratamento da doença de Alzheimer
  • Redução da progressão dos sintomas da doença
  • Indicado para pacientes com doença de Alzheimer leve a moderada
  • Prescrito apenas com receita médica
  • Deve ser administrado por infusão intravenosa a cada 4 semanas
  • Pode causar efeitos colaterais como reações no local da infusão, dores de cabeça e infecções do trato respiratório
  • Deve ser utilizado com cautela em pacientes com histórico de reações alérgicas
  • Não recomendado para pacientes com doença de Alzheimer em estágio avançado ou com outras formas de demência

Efeitos Colaterais - Aducanumabe

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Aducanumabe

  • Dores de cabeça
  • Náuseas
  • Diarreia
  • Fadiga
  • Reações alérgicas, como erupções cutâneas ou inchaço
  • Infecções do trato respiratório superior
  • Insônia
  • Dificuldades de equilíbrio e coordenação
  • Tonturas
  • Perda de peso
  • Inflamação do cérebro

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Aducanumabe não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Aducanumabe?

  • Não deve ser utilizado por pacientes com hipersensibilidade conhecida ao aducanumabe ou a qualquer outro componente da fórmula
  • Pode causar reações alérgicas graves, incluindo anafilaxia, que podem ser fatais
  • Não é recomendado para pacientes com infecções ativas, incluindo infecções do sistema nervoso central
  • Não deve ser utilizado em pacientes com histórico de encefalite ou meningite
  • Deve ser utilizado com cautela em pacientes com doenças cardíacas, pulmonares ou renais, pois pode causar efeitos adversos graves

Como Usar Aducanumabe

Aducanumab é um medicamento injetável que deve ser administrado por um profissional de saúde treinado. Geralmente, é administrado uma vez por mês. É importante seguir as instruções do médico sobre a dosagem e a frequência da administração. Certifique-se de discutir quaisquer dúvidas ou preocupações com o médico antes de usar este medicamento.

Média de Preço do Aducanumabe - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Aducanumabe em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 16.000,00
  • EUA: $56,000.00
  • Euro: €47.000,00

Os preços do Aducanumabe podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Aducanumabe?

O aducanumab é um anticorpo monoclonal indicado no tratamento da doença de Alzheimer.

As informações do Aducanumabe são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese