Acrivastina - Informações

A acrivastina é um agente anti -histamínico usado para o alívio sintomático da rinite alérgica sazonal, como espirros, rinorreia, prurido, lacrimação e congestão nasal. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Acrivastina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Acrivastina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Acrivastina:

  • Nome: Acrivastina
  • Nome em Inglês: Acrivastine
  • Nome Genérico: Acrivastine
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C22H24N2O2

Informações Avançadas:

  • Nome químico: 2-[(4E)-4-(acridin-9-ylmethylidene)piperidin-1-yl]ethyl acetate
  • Formula molecular: C22H24N2O2
  • Peso molecular: 348.44 g/mol
  • Classe terapêutica: Antihistamínico
  • Mecanismo da ação: Antagonista H1
  • Forma de administração: Via oral

Acrivastina - História, Descoberta e Origem

A Acrivastina é um medicamento antialérgico, utilizado para tratar os sintomas de alergias sazonais e perenes, como rinite alérgica, urticária e coceira na pele. É um anti-histamínico de segunda geração, que age bloqueando a ação de uma substância chamada histamina, responsável pelos sintomas alérgicos.

A história da Acrivastina começa nos anos 80, quando foi desenvolvida pela empresa farmacêutica alemã Hoechst AG. Inicialmente, o medicamento era comercializado apenas na Europa, sob o nome de Semprex, e era utilizado para tratar os sintomas de alergia respiratória, como coriza, espirros e congestão nasal.

No final dos anos 90, a Hoechst AG se fundiu com outras empresas para formar a Sanofi-Aventis, que passou a comercializar a Acrivastina em outros países, incluindo os Estados Unidos, onde o medicamento é vendido com o nome de Semprex-D.

Com o passar dos anos, a Acrivastina ganhou popularidade e se tornou um dos medicamentos mais prescritos para o tratamento das alergias. Além de sua eficácia no alívio dos sintomas, a Acrivastina também se destaca por ter menos efeitos colaterais em comparação com outros anti-histamínicos de primeira geração, como a difenidramina.

Em 2010, a Sanofi-Aventis vendeu os direitos de comercialização da Acrivastina para a empresa farmacêutica americana Meda Pharmaceuticals, que hoje é responsável pela produção e distribuição do medicamento em todo o mundo.

Além de seu uso no tratamento de alergias, a Acrivastina também pode ser encontrada em combinação com outros medicamentos, como pseudoefedrina, para tratar os sintomas de resfriados e gripes.

Em resumo, a Acrivastina é um medicamento antialérgico de segunda geração, que oferece alívio eficaz e com menos efeitos colaterais para os sintomas de alergias sazonais e perenes. Sua história é marcada por décadas de pesquisa e desenvolvimento, e seu uso continua a ajudar milhões de pessoas em todo o mundo a lidar com os incômodos das alergias.

Indicações de uso - Acrivastina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Acrivastina:

  • Medicamento antialérgico;
  • Indicado para o tratamento de sintomas de rinite alérgica, como espirros, coriza, congestão nasal e coceira no nariz;
  • Também é utilizado para tratar sintomas de urticária, como coceira e vermelhidão na pele;
  • Pode ser utilizado em adultos e crianças a partir de 12 anos;
  • Deve ser administrado por via oral, em comprimidos de 8 mg;
  • Pode ser encontrado em forma de medicamento de marca ou genérico;
  • O efeito do medicamento começa a ser sentido em cerca de 1 hora após a administração e dura até 24 horas;
  • É importante seguir a dosagem e a frequência recomendadas pelo médico;
  • Pode causar efeitos colaterais como sonolência, dor de cabeça e boca seca;
  • Não deve ser utilizado por pessoas com hipersensibilidade à acrivastina ou a outros componentes da fórmula;
  • Em caso de dúvidas ou efeitos colaterais, é importante consultar um médico ou farmacêutico.

Efeitos Colaterais - Acrivastina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Acrivastina

  • Enjoo
  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Boca seca
  • Náusea
  • Diarreia
  • Tontura
  • Insônia
  • Vômito
  • Constipação
  • Perda de apetite
  • Sonolência
  • Visão turva
  • Formigamento ou dormência
  • Erupções cutâneas
  • Dificuldade para urinar
  • Alterações no paladar
  • Confusão mental
  • Batimentos cardíacos acelerados

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Acrivastina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Acrivastina?

  • Gravidez
  • Lactação
  • Crianças com menos de 12 anos
  • Hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos componentes da fórmula

Como Usar Acrivastina

Acrivastina é um medicamento anti-histamínico usado para aliviar os sintomas de alergias, como espirros, corrimento nasal, coceira nos olhos e nariz, além de erupções cutâneas. Siga as instruções do seu médico ou da bula do medicamento para a dosagem correta e a frequência de uso. Geralmente, é tomado por via oral, com ou sem alimentos. Evite o consumo de bebidas alcoólicas enquanto estiver usando este medicamento, pois pode aumentar o risco de efeitos colaterais. Se tiver alguma dúvida sobre o uso da Acrivastina, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Média de Preço do Acrivastina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Acrivastina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 40,00
  • EUA: $30,00
  • Euro: €25,00

Os preços do Acrivastina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Acrivastina?

A acrivastina é um agente anti -histamínico usado para o alívio sintomático da rinite alérgica sazonal, como espirros, rinorreia, prurido, lacrimação e congestão nasal.

As informações do Acrivastina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese