Ácido arsenoso - Informações

O ácido arsenoso é um composto químico comumente utilizado como agente de preservação de madeira. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Ácido arsenoso, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Ácido arsenoso

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Ácido arsenoso:

  • Nome: Ácido arsenoso
  • Nome em Inglês: Arsenous acid
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: AsH3O3

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Ácido arsênico
  • Formula molecular: H3AsO3
  • Peso molecular: 118.94 g/mol
  • Classe terapêutica: Agente quimioterápico
  • Mecanismo de ação: Inibição de enzimas envolvidas no metabolismo celular
  • Forma de administração: Oral, intravenosa

Ácido arsenoso - História, Descoberta e Origem

O ácido arsenoso, também conhecido como ácido arsenioso ou ácido arsenoso (III), é um composto químico inorgânico formado por um átomo de arsênio e três átomos de oxigênio, com fórmula química H3AsO3. É um ácido fraco, que se dissocia em íons H+ e íons arsenito (AsO3^3-).

O ácido arsenoso é considerado um dos ácidos mais tóxicos conhecidos, sendo extremamente perigoso para a saúde humana e para o meio ambiente. Sua toxicidade se deve à presença do arsênio, um elemento químico altamente tóxico e carcinogênico. O arsênio é encontrado naturalmente no solo, mas também pode ser liberado no meio ambiente através de atividades humanas, como a mineração e a queima de combustíveis fósseis.

A história do ácido arsenoso remonta à antiguidade, quando era utilizado em medicamentos para tratar diversas doenças, como a malária e a sífilis. No entanto, com o avanço da ciência, foi descoberto que o arsênio presente no ácido arsenoso causava mais danos à saúde do que benefícios.

Na indústria, o ácido arsenoso é utilizado na produção de pesticidas, herbicidas e inseticidas. No entanto, seu uso tem sido cada vez mais restrito devido à sua alta toxicidade e ao impacto negativo que pode causar ao meio ambiente.

Além disso, o ácido arsenoso também é utilizado em processos de galvanização, na produção de vidros e cerâmicas, e como componente em tintas e corantes. No entanto, em todos esses usos, é necessário tomar precauções rigorosas para evitar a exposição ao ácido, já que ele pode ser absorvido pelo corpo humano através da pele, inalação ou ingestão.

Uma vez dentro do organismo, o ácido arsenoso pode causar danos graves aos órgãos, como o fígado, os rins e o sistema nervoso. Por isso, é importante que o manuseio e o descarte do ácido arsenoso sejam feitos de forma responsável e seguindo todas as normas de segurança.

Em resumo, o ácido arsenoso é um composto químico altamente tóxico, com uma longa história de uso na medicina e na indústria. No entanto, devido aos graves efeitos que pode causar à saúde e ao meio ambiente, seu uso tem sido cada vez mais restrito e controlado. É importante que as pessoas estejam cientes dos riscos associados ao ácido arsenoso e tomem medidas para minimizar sua exposição a esse composto químico perigoso.

Indicações de uso - Ácido arsenoso

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Ácido arsenoso:

  • Utilizado como herbicida
  • Pode ser usado como conservante de madeira
  • Pode ser utilizado em processos de galvanização
  • Indicado para tratamento de intoxicação por arsênico
  • Pode ser utilizado no tratamento de certas doenças de pele
  • É utilizado na produção de vidros, tintas e corantes
  • Pode ser usado como agente redutor em processos industriais
  • Indicado para controle de pragas em plantações
  • Pode ser utilizado no tratamento de água
  • É utilizado na produção de produtos químicos, como ácido sulfúrico e ácido nítrico

Efeitos Colaterais - Ácido arsenoso

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Ácido arsenoso

  • Dor abdominal
  • Náusea
  • Vômito
  • Diarreia
  • Perda de apetite
  • Pele pálida
  • Suor excessivo
  • Palpitações
  • Fraqueza muscular
  • Convulsões
  • Dificuldade respiratória
  • Alterações no sistema nervoso central
  • Danos renais
  • Danos hepáticos
  • Alterações na pressão arterial

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Ácido arsenoso não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Ácido arsenoso?

  • Não deve ser utilizado em pacientes com hipersensibilidade conhecida ao ácido arsenoso ou a qualquer um dos componentes da fórmula.
  • Pode ser perigoso para mulheres grávidas ou lactantes, pois pode ser transferido para o feto ou para o leite materno.
  • Não deve ser utilizado em pacientes com insuficiência renal ou hepática grave.
  • Deve ser utilizado com cautela em pacientes com problemas cardíacos ou pulmonares.
  • Pode interagir com outros medicamentos, como anti-hipertensivos e anticoagulantes, por isso é importante informar ao médico sobre todos os medicamentos em uso.
  • Pode causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal, tontura, dor de cabeça, entre outros.

Como Usar Ácido arsenoso

O ácido arsenoso é um composto químico que pode ser utilizado para várias aplicações, mas é importante destacar que é uma substância tóxica e não deve ser manuseada sem os devidos cuidados e conhecimento adequado de segurança. O ácido arsenoso foi historicamente usado como um agente venenoso, mas atualmente é utilizado em algumas aplicações industriais, como na produção de produtos químicos e na fabricação de vidro e esmalte. O uso de ácido arsenoso para qualquer finalidade deve ser estritamente regulamentado e controlado devido à sua toxicidade. Em casos de exposição ao ácido arsenoso, é crucial procurar assistência médica imediatamente, pois a ingestão, inalação ou contato com a pele pode ser extremamente perigosa. Se estiver tratando de alguma aplicação específica do ácido arsenoso, recomenda-se consultar um químico ou profissional de saúde que possa fornecer orientações precisas e seguras sobre seu uso. E, como sempre, é fundamental seguir as regulamentações e diretrizes de segurança ao lidar com substâncias químicas perigosas.

Média de Preço do Ácido arsenoso - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Ácido arsenoso em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 50,00
  • EUA: $ 15,00
  • Euro: € 10,00

Os preços do Ácido arsenoso podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Ácido arsenoso?

O ácido arsenoso é um composto químico comumente utilizado como agente de preservação de madeira.

As informações do Ácido arsenoso são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese