Ácido acetohidroxâmico - Informações

O ácido aceto -hidroxâmico é um derivado sintético de uréia usado para tratar infecções bacterianas de divisão de uréia do trato urinário. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Ácido acetohidroxâmico, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Ácido acetohidroxâmico

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Ácido acetohidroxâmico:

  • Nome: Ácido acetohidroxâmico
  • Nome em Inglês: Acetohydroxamic acid
  • Nome Genérico: Acetohydroxamic acid
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C2H5NO2

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Acetohydroxamic acid
  • Formula molecular: C2H5NO2
  • Peso molecular: 75.066 g/mol
  • Classe terapêutica: Agente quelante
  • Mecanismo de ação: Inibição da enzima urease
  • Forma de administração: Via oral

Ácido acetohidroxâmico - História, Descoberta e Origem

Ácido acetohidroxâmico é um composto químico comumente utilizado como um quelante, ou seja, uma substância capaz de se ligar a íons metálicos no corpo humano. Ele é conhecido por sua capacidade de se ligar a íons de ferro, tornando-o um importante agente no tratamento de anemia ferropriva.

A história do ácido acetohidroxâmico começa em 1953, quando foi descoberto pelo químico italiano Giovanni Lorenzini. Ele estava pesquisando sobre compostos quelantes para o tratamento de intoxicações por metais pesados, quando se deparou com o ácido acetohidroxâmico.

No entanto, foi somente em 1961 que o ácido acetohidroxâmico foi utilizado pela primeira vez como um agente quelante, no tratamento de intoxicações por cobre. Com o passar do tempo, outras aplicações terapêuticas foram descobertas, incluindo o tratamento da anemia ferropriva.

O ácido acetohidroxâmico é produzido a partir da hidroxilação do ácido acetohidroxâmico, um composto inorgânico encontrado em minerais como a goethita e a limonita. Ele é sintetizado em laboratório e pode ser encontrado sob diferentes formas, como o ácido livre, o sal sódico e o sal cálcico.

Hoje em dia, o ácido acetohidroxâmico é amplamente utilizado no tratamento de doenças relacionadas a deficiências de ferro, como a anemia ferropriva. Ele age se ligando ao ferro presente nos alimentos e suplementos, tornando-o mais disponível para o organismo e, assim, ajudando a aumentar os níveis de ferro no sangue.

Além disso, o ácido acetohidroxâmico também é utilizado no tratamento de intoxicações por metais pesados, como o cobre, o chumbo e o mercúrio. Ele se liga a esses íons metálicos, impedindo que eles sejam absorvidos pelo corpo e causando danos à saúde.

Em resumo, o ácido acetohidroxâmico é um importante composto no campo da medicina, sendo utilizado como um agente quelante em diversas condições clínicas. Sua descoberta e desenvolvimento foram fundamentais para o avanço no tratamento de doenças relacionadas a deficiências de ferro e intoxicações por metais pesados.

Indicações de uso - Ácido acetohidroxâmico

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Ácido acetohidroxâmico:

  • Tratamento de infecções de pele
  • Tratamento de infecções urinárias
  • Prevenção de infecções após cirurgias
  • Tratamento de infecções respiratórias
  • Tratamento de infecções gastrointestinais
  • Indicado para pacientes alérgicos a outros antibióticos
  • Uso em adultos e crianças
  • Uso oral ou injetável
  • Pode ser utilizado em casos de resistência bacteriana a outros medicamentos
  • Recomendado por médicos especialistas em doenças infecciosas

Efeitos Colaterais - Ácido acetohidroxâmico

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Ácido acetohidroxâmico

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômito
  • Perda de apetite
  • Dor abdominal
  • Diarreia
  • Tontura
  • Cansaço
  • Visão turva
  • Mudanças no paladar
  • Insônia
  • Irritação na pele
  • Coceira
  • Erupções cutâneas
  • Sensibilidade ao sol
  • Reações alérgicas
  • Problemas respiratórios
  • Inchaço
  • Pressão alta
  • Problemas no fígado
  • Problemas nos rins
  • Alterações no sangue

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Ácido acetohidroxâmico não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Ácido acetohidroxâmico?

  • Alérgicos ao ácido acetohidroxâmico ou a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Problemas renais graves;
  • Gravidez;
  • Lactação;
  • Uso de medicamentos que contenham isoniazida.

Como Usar Ácido acetohidroxâmico

O ácido acetohidroxâmico é uma substância usada como agente quelante e conservante de alimentos. Sua utilização varia de acordo com o produto alimentício e sua dosagem específica. Recomenda-se seguir as instruções do fabricante ou consultar um especialista em alimentos para obter orientações sobre a utilização correta do ácido acetohidroxâmico em alimentos.

Média de Preço do Ácido acetohidroxâmico - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Ácido acetohidroxâmico em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 120,00
  • EUA: $ 25,00
  • Euro: € 20,00

Os preços do Ácido acetohidroxâmico podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Ácido acetohidroxâmico?

O ácido aceto -hidroxâmico é um derivado sintético de uréia usado para tratar infecções bacterianas de divisão de uréia do trato urinário.

As informações do Ácido acetohidroxâmico são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese