Acebutolol - Informações

O Acebutolol é um antagonista seletivo do receptor β1 usado para o tratamento de hipertensão e batimentos prematuros ventriculares em adultos. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Acebutolol, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Acebutolol

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Acebutolol:

  • Nome: Acebutolol
  • Nome em Inglês: Acebutolol
  • Nome Genérico: Acebutolol
  • Tipo: Small Molecule
  • Fórmula Química: C18H28N2O4

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: Acebutolol
  • Formula Molecular: C18H28N2O4
  • Peso Molecular: 336.43 g/mol
  • Classe Terapêutica: Beta-Blocker seletivo
  • Mecanismo de Ação: Bloqueio dos receptores beta-adrenérgicos
  • Forma de Administração: Oral

Acebutolol - História, Descoberta e Origem

Acebutolol é um medicamento da classe dos betabloqueadores, utilizado para tratar condições como hipertensão arterial, angina e arritmias cardíacas. Ele foi desenvolvido na década de 1970 por uma equipe de cientistas franceses liderados por Pierre Potier. A história do acebutolol começa com a descoberta dos betabloqueadores, um grupo de medicamentos que agem bloqueando os receptores beta-adrenérgicos no corpo. Esses receptores estão presentes em vários órgãos, incluindo o coração, e sua estimulação pode causar aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial. A primeira geração de betabloqueadores foi desenvolvida na década de 1960 e incluía medicamentos como o propranolol e o atenolol. No entanto, esses medicamentos tinham alguns efeitos colaterais indesejáveis, como a redução da frequência cardíaca e a constrição dos vasos sanguíneos, o que podia causar problemas em pacientes com doenças cardíacas. Foi então que a equipe de Pierre Potier decidiu desenvolver um betabloqueador mais seletivo, que agisse principalmente nos receptores beta-1, presentes no coração. Assim, eles criaram o acebutolol, que foi lançado no mercado em 1975 com o nome comercial de Sectral. O acebutolol se mostrou eficaz no tratamento da hipertensão arterial e da angina, com menos efeitos colaterais em comparação com os betabloqueadores de primeira geração. Ele também se mostrou útil no tratamento de arritmias cardíacas, como a fibrilação atrial. Com o tempo, outros betabloqueadores mais seletivos foram desenvolvidos, mas o acebutolol continua sendo uma opção de tratamento importante para algumas condições cardíacas. Ele está disponível em comprimidos e pode ser usado sozinho ou em combinação com outros medicamentos para controlar a pressão arterial e os batimentos cardíacos. Hoje em dia, o acebutolol é vendido sob vários nomes comerciais em todo o mundo, e é considerado um medicamento seguro e eficaz para o tratamento de doenças cardiovasculares. Seu desenvolvimento foi um marco na história dos betabloqueadores e contribuiu para melhorar a qualidade de vida de milhões de pessoas em todo o mundo.

Indicações de uso - Acebutolol

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Acebutolol:

  • Para que serve:
    • Tratamento da hipertensão arterial;
    • Prevenção de angina de peito;
    • Prevenção de arritmias cardíacas.
  • Indicações:
    • Pessoas com pressão arterial elevada;
    • Pessoas com histórico de angina de peito;
    • Pessoas com histórico de arritmias cardíacas;
    • Pessoas com doenças cardíacas, como insuficiência cardíaca;
    • Pessoas com doenças renais;
    • Pessoas com doenças hepáticas;
    • Pessoas com diabetes;
    • Pessoas com problemas de tireoide;
    • Mulheres grávidas ou amamentando (com indicação e acompanhamento médico).

Efeitos Colaterais - Acebutolol

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Acebutolol

  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Náusea
  • Dor abdominal
  • Tontura
  • Baixa pressão arterial
  • Palpitações
  • Insônia
  • Visão turva
  • Dor no peito
  • Vertigem
  • Prisão de ventre
  • Erupções cutâneas
  • Diarreia
  • Impotência

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Acebutolol não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Acebutolol?

  • Reação alérgica ao acebutolol ou a outros beta-bloqueadores
  • Bradicardia (frequência cardíaca lenta)
  • Insuficiência cardíaca não controlada
  • Bloqueio cardíaco de segundo ou terceiro grau
  • Doença do nó sinusal (distúrbio do ritmo cardíaco)
  • Asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)
  • Hipotensão (pressão arterial baixa)
  • Problemas graves de circulação sanguínea periférica
  • Insuficiência hepática (disfunção do fígado)
  • Insuficiência renal (disfunção dos rins)

Como Usar Acebutolol

O acebutolol é um medicamento beta-bloqueador usado para tratar condições como hipertensão e certos problemas cardíacos. Geralmente, é tomado por via oral, conforme indicado pelo médico. Siga as instruções da prescrição médica e nunca altere a dosagem sem consultar um profissional de saúde. Evite interações com outros medicamentos e siga as recomendações de nutrição e estilo de vida fornecidas pelo seu médico. Em caso de dúvidas, consulte sempre um médico ou farmacêutico.

Média de Preço do Acebutolol - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Acebutolol em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

Os preços do Acebutolol podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Acebutolol?

O Acebutolol é um antagonista seletivo do receptor β1 usado para o tratamento de hipertensão e batimentos prematuros ventriculares em adultos.

As informações do Acebutolol são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese