Abatacepto - Informações

O Abatacept é um medicamento antirreumático modificador da doença (DMARD) usado no tratamento de condições reumáticas, como artrite reumatoide ou psoriática, e para a profilaxia da doença aguda do enxerto versus hospedeiro. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre Abatacepto, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do Abatacepto

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre Abatacepto:

  • Nome: Abatacepto
  • Nome em Inglês: Abatacept
  • Nome Genérico: Abatacept
  • Tipo: Biotech
  • Fórmula Química:

Informações Avançadas:

  • Nome químico: Abatacept
  • Formula molecular: C234H144N20O84S6
  • Peso molecular: 7246.9 g/mol
  • Classe terapêutica: Agente imunossupressor
  • Mecanismo de ação: Inibição da coestimulação de células T
  • Forma de administração: Injeção subcutânea ou intravenosa

Abatacepto - História, Descoberta e Origem

Abatacepto é um medicamento imunossupressor utilizado no tratamento de doenças autoimunes, como a artrite reumatoide. Ele é um anticorpo monoclonal recombinante, ou seja, é produzido em laboratório a partir de técnicas de engenharia genética. O princípio ativo do Abatacepto é o CTLA-4 (citotoxic T-lymphocyte-associated protein 4), uma proteína que regula a atividade das células do sistema imunológico.

A história do Abatacepto tem início na década de 1980, quando os pesquisadores Jeffrey Bluestone e Charles Janeway descobriram a importância da proteína CTLA-4 na regulação do sistema imunológico. Eles perceberam que essa proteína era responsável por inibir a ativação das células T, que são as principais responsáveis pela resposta imunológica do organismo.

A partir dessa descoberta, os cientistas começaram a desenvolver formas de bloquear a ação do CTLA-4 como uma forma de tratar doenças autoimunes, nas quais o sistema imunológico ataca as próprias células do corpo. Após anos de pesquisa, em 1996, foi aprovado o primeiro medicamento baseado nessa proteína, o Ipilimumabe, utilizado no tratamento do melanoma, um tipo de câncer de pele.

Em 2005, o Abatacepto foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA), órgão regulador dos Estados Unidos, para o tratamento da artrite reumatoide. Desde então, ele tem sido utilizado como uma opção de tratamento para pacientes que não respondem bem a outros medicamentos imunossupressores, como o metotrexato.

O Abatacepto é administrado por via intravenosa, geralmente a cada 2 ou 4 semanas, dependendo da dose prescrita pelo médico. Ele age bloqueando a ação do CTLA-4, impedindo que as células T sejam ativadas e ataquem as articulações, reduzindo a inflamação e a dor causadas pela artrite reumatoide.

Apesar de ser um medicamento eficaz, o Abatacepto pode causar alguns efeitos colaterais, como náuseas, dor de cabeça, infecções respiratórias e reações no local da injeção. Por isso, seu uso deve ser sempre acompanhado e monitorado por um médico especialista.

Em resumo, o Abatacepto é um medicamento importante no tratamento de doenças autoimunes, que teve sua origem a partir da descoberta da proteína CTLA-4 e que tem ajudado a melhorar a qualidade de vida de muitos pacientes ao redor do mundo.

Indicações de uso - Abatacepto

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de Abatacepto:

  • Tratamento da artrite reumatoide;
  • Redução dos sintomas da artrite psoriásica;
  • Tratamento da espondilite anquilosante;
  • Prevenção de rejeição em transplantes de órgãos;
  • Tratamento da artrite idiopática juvenil;
  • Redução de inflamações e dor nas articulações;
  • Melhora na qualidade de vida de pacientes com doenças autoimunes;
  • Indicado para adultos e crianças acima de 6 anos;
  • Pode ser utilizado em combinação com outros medicamentos;
  • Administração por via intravenosa ou subcutânea;

Efeitos Colaterais - Abatacepto

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do Abatacepto

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Dor muscular
  • Coceira
  • Fraqueza

Vale lembrar que os efeitos colaterais do Abatacepto não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - Abatacepto?

  • Não administrar em pacientes com infecções graves.
  • Não administrar em pacientes com tuberculose ativa.
  • Não administrar em pacientes com doenças autoimunes.
  • Não administrar em pacientes com alergia conhecida ao abatacepto ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

Como Usar Abatacepto

O abatacepto é um medicamento que geralmente é administrado por injeção subcutânea ou intravenosa, conforme prescrito pelo médico. Geralmente, a dose e a frequência de administração são determinadas pelo médico, com base na condição do paciente. Siga sempre as instruções do médico e do rótulo do medicamento para garantir o uso correto do abatacepto. Se tiver dúvidas sobre como usar o medicamento, consulte o médico ou o profissional de saúde.

Média de Preço do Abatacepto - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do Abatacepto em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 2.000,00
  • EUA: $2,500.00
  • Euro: €2.200,00

Os preços do Abatacepto podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é Abatacepto?

O Abatacept é um medicamento antirreumático modificador da doença (DMARD) usado no tratamento de condições reumáticas, como artrite reumatoide ou psoriática, e para a profilaxia da doença aguda do enxerto versus hospedeiro.

As informações do Abatacepto são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese