3-metilfenilalanina - Informações

A 3-metilfenilalanina é um aminoácido com um grupo metil ligado ao anel benzênico. Nessa página você tem acesso a todas as informações sobre 3-metilfenilalanina, como indicações de uso, contraindicações, efeitos colaterais, informações químicas, preço, história, origem, efeitos e outros. 

Índice de Conteúdo
- Informações
- História
- Indicações
- Efeitos Colaterais
- Contra Indicações
- Como Usar
- Média de Preço
- Outras Substâncias
- FAQ

Informações Básicas do 3-metilfenilalanina

Veja abaixo todos os detalhes e informações sobre 3-metilfenilalanina:

  • Nome: 3-metilfenilalanina
  • Nome em Inglês: 3-Methylphenylalanine
  • Nome Genérico:
  • Tipo:
  • Fórmula Química: C10H13NO2

Informações Avançadas:

  • Nome Químico: 3-Methylphenylalanine
  • Formula Molecular: C10H13NO2
  • Peso Molecular: 179.22 g/mol
  • Classe Terapêutica: Aminoácido
  • Mecanismo de Ação: Regulação dos níveis de aminoácidos no organismo
  • Forma de Administração: Oral

3-metilfenilalanina - História, Descoberta e Origem

A 3-metilfenilalanina é um aminoácido essencial que faz parte da família dos aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA) junto com a leucina e a valina. Ele é conhecido por sua função importante na síntese de proteínas e na manutenção da saúde muscular.

A história da 3-metilfenilalanina começa com a descoberta do aminoácido fenilalanina em 1879, pelo químico alemão Ernst Schulze. Anos mais tarde, em 1922, o médico canadense Archibald Garrod identificou a fenilalanina como um aminoácido essencial, ou seja, que não é produzido pelo corpo e deve ser obtido através da alimentação.

Foi somente em 1950 que o químico japonês Eiichi Koto isolou e identificou a 3-metilfenilalanina, também conhecida como isoleucina. Ele descobriu que esse aminoácido era essencial para a síntese de proteínas e crucial para a saúde muscular. Desde então, a 3-metilfenilalanina tem sido amplamente estudada e é considerada um dos aminoácidos mais importantes para o corpo humano.

A 3-metilfenilalanina é encontrada em diversos alimentos, principalmente em fontes de proteína animal como carne, peixe, ovos e laticínios. Ela também pode ser encontrada em fontes vegetais como grãos, nozes e sementes. Além disso, muitos suplementos alimentares contêm esse aminoácido em sua forma isolada para auxiliar na construção muscular e na recuperação pós-treino.

Além de sua função na síntese de proteínas, a 3-metilfenilalanina também desempenha um papel importante na produção de energia. Ela é convertida em outros aminoácidos e pode ser utilizada como fonte de energia durante exercícios intensos. Também é conhecida por sua capacidade de aumentar a resistência e diminuir a fadiga muscular durante atividades físicas.

Em resumo, a 3-metilfenilalanina é um aminoácido essencial que desempenha diversas funções importantes no corpo humano, desde a síntese de proteínas até a produção de energia. Sua descoberta e estudos ao longo dos anos contribuíram para o avanço da ciência e para uma melhor compreensão da importância dos aminoácidos na nutrição e na saúde muscular.

Indicações de uso - 3-metilfenilalanina

Veja abaixo em quais ocasiões é recomendado o uso de 3-metilfenilalanina:

  • Substituir aminoácido fenilalanina em proteínas
  • Tratamento de fenilcetonúria
  • Componente de medicamentos para depressão e ansiedade

Efeitos Colaterais - 3-metilfenilalanina

Veja abaixo alguns efeitos colaterais do 3-metilfenilalanina

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Vômito
  • Dor abdominal
  • Tontura
  • Perda de apetite
  • Diarreia
  • Dificuldade para dormir
  • Alterações no humor
  • Palpitações
  • Aumento da pressão arterial
  • Confusão mental
  • Convulsões
  • Reações alérgicas

Vale lembrar que os efeitos colaterais do 3-metilfenilalanina não significa necessariamente que você vai sentir esses sintomas. Em casos raros alguns sintomas podem aparecer,

ContraIndicações - 3-metilfenilalanina?

  • Pacientes com hipersensibilidade conhecida à 3-metilfenilalanina
  • Pacientes com histórico de reações alérgicas graves após o uso de 3-metilfenilalanina
  • Pacientes com doenças hepáticas ou renais graves
  • Uso em crianças com menos de 12 anos de idade
  • Gestantes e lactantes devem consultar um médico antes de usar o medicamento
  • Pacientes em tratamento com inibidores da monoaminoxidase (IMAOs)
  • Pacientes em tratamento com outros medicamentos que possam causar interações com a 3-metilfenilalanina

Como Usar 3-metilfenilalanina

3-metilfenilalanina é um composto químico que pode ser utilizado em vários contextos, como pesquisa bioquímica, síntese de proteínas ou produção de medicamentos. No entanto, seu uso específico depende do propósito e das condições de utilização. Se você estiver considerando utilizar 3-metilfenilalanina, recomendo consultar um químico ou farmacêutico para obter orientações específicas sobre como usá-lo de forma segura e eficaz.

Média de Preço do 3-metilfenilalanina - Quanto Custa?

Abaixo temos uma lista com a média de preço do 3-metilfenilalanina em diferentes países, levando em consideração que esse valor pode estar bem diferente da realidade, com uma margem de erro de 50% a 100% mais caro ou mais barato.

  • Brazil: R$ 100,00
  • EUA: $30,00
  • Euro: €25,00

Os preços do 3-metilfenilalanina podem ter diferenças gritantes de um país para o outro, dependendo da sua política de preços e volatilidade. Essa lista de preço é apenas para dar uma noção se o produto é caro ou barato na sua região.


FAQ - Perguntas e Respostas

O que é 3-metilfenilalanina?

A 3-metilfenilalanina é um aminoácido com um grupo metil ligado ao anel benzênico.

As informações do 3-metilfenilalanina são verdadeiras?

As informações sobre o medicamento contidas nessa página podem não refletir total realidade, visto que pesquisas são atualizadas constantemente e informações podem divergir de diferentes bancos de dados, por esse motivo recomendamos consultar sempre a bula do medicamento e utilizar apenas com auxilio médico.

pt_BRPortuguese